THE CULT CFFC

THE CULT CFFC

Total de visualizações de página

Loading...
Loading...

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Biografia The cult























Ian Robert Astbury :

nasceu no dia 14 de maio de 1962 em Heswall - Chesire um subúrbio de Liverpool, Uma das mais importantes e famosas cidades do reino unido , cenário de fatos históricos e berço de grandes nomes da musica como os BEATLES , o maior fenômeno da musica pop rock mundial , filho de Robert Leighton Astbury, oficial da marinha mercante britânica , Robert é de origem Inglesa e criado na região de Liverpool condado de Merseyside, e de Judith Lindsay , Uma jovem que veio de Glasgow, Escócia , terra dos higlands e do scotch whisky , Lindsay tinha tbm raízes na Irlanda . O casal teve 3 filhos , Brian astbury e Lesley astbury e Ian astbury .

´´Eu definitivamente sou uma criança Celta´´
Dizia Ian astbury

A família de Ian , deslocava-se para cidades das mais distantes , devido a profissão do pai que viajava para os 4 cantos do mundo a bordo de navios mercantes britânicos ,
Ian cresceu no distrito de Birkenhead e Merseyside , Nessa época o garoto astbury passeava por Liverpool com a mãe durante as compras da casa qdo foram surpreendidos, por um show dos BEATLES bem informal em praça publica , gratuita apresentação , Lindsay astbury ficou impressionada de ver seu filho pequeno , fascinado em ver o grupo tocar, o garoto Ian pede a mãe que lhe deixasse ouvir os beatles ; certo dia a mãe flagra o , muito novo ainda , cantarolando uma musica dos beatles[ HEY JUDE ] enqto ouvia uma radio local com um pandeiro da mãe na mão , indicando qual seria o futuro do seu tão novo garoto .
Ian astbury conta que tinha umas Tias mais velhas dele , que amavam os Beatles e o faziam escutar a banda e cantavam as canções famosas de cor .

Com nove ou dez anos Ian não se lembra bem , ouviu o THE DOORS pela primeira vez , qdo os pais sintonizavam a radio Luxemburgo , e aquele som marcaria para sempre sua vida .
Robert astbury decide que a família deveria se mudar para o Canadá , um pais bem mais promissor que a Inglaterra da época .
Com 11 anos, Ian ganha seu primeiro disco de vinil LIFE ON MARS ? DAVID BOWIE ( single de Hunk dory ] fato que causou profunda mudança em sua vida , ele conta que até mandou pintar uma faixa azul no cabelo para impressionar os garotos da escola, a família se muda para Hamilton em Ontário no CANADÁ , a 40 milhas sul de Toronto , no Canadá ,
Ian tem seu primeiro contato com a comunidade Indígena norte americana , a escola que ele estudava era bilíngüe onde se aprendia além do Inglês o Francês que Ian domina até hoje , mas o garoto de origem humilde do Reino unido não se dava com seus colegas de sala e preferia se enturmar com garotos indígenas da escola e comunidade , onde além de participar de brincadeiras e costumes típicos das tribos monhawks locais , ele tbm praticava o Futebol de que tanto gostava , nessa época Ian absorveu muita coisa dos costumes indígenas que se tornaria uma parte de sua vida futura e artístico-musical .

Devido a total ausência do pai , a família passava por grandes problemas financeiros e mesmo a mãe sendo professora,a renda da família , era pouca e com pouco mais de 12 anos , o garoto Ian , resolve procurar um emprego para ajudar a família e vai trabalhar em um restaurante ;
e durante essa fase Ian passa por um problema que ele sò revelaria ao mundo decadas depois qdo ele já estaria famoso e conhecido , o desprotegido garoto britânico tinha sofrido abuso sexual por parte do gerente do restaurante em que trabalhava , fato que marcaria de forma muito negativa toda sua vida , Perguntado por que ele não denunciou na época , Ian diz que tinha muito medo e além da ameaça de perder o emprego.

Por volta dos 14 anos , Ian descobre que sua mãe estava com câncer , e que provavelmente ele não viveria muito , a Mãe pede pra voltar para Escócia pra poder fazer um tratamento perto dos familiares, e pouco tempo depois a família retorna para o Reino unido e se mudam para Glasgow onde os avós por parte de mãe os ajudariam a se readaptar e dariam toda ajuda e atenção a Lindsay que estava muito doente ,
Ian já com 16 anos, a pedido do pai a família retorna para Inglaterra , para região de Liverpool onde Ian astbury começa a se apaixonar pelo rock de bandas como :

T REX-DAVID BOWIE-BEATLES-ROXY MUSIC-NEW YORK DOLLS-NAZARETH-IGGY POP-SEX PISTOLS , CRASS, DAMNED e as tradicionais bandas de rock como LED ZEPPELIN – CREAM ,JANIS JOPLIN , DOORS , BLACK SABBATH –WHO –JIMI HENDRIX etc

`` a filosofia da época era ter uma guitarra , aprender 3 acordes e formar uma banda´´

`` parece cilchê , mas nos éramos realmente muito pobres na época e a musica era o que me fazia esquecer das tristezas e me fazia seguir adiante ´´
Ian astbury

Nessa época a rebeldia dos jovens britânicos se traduzia no movimento punk do qual o jovem astbury fazia parte como um legitimo integrante ,e o som que Ian mais ouvia na época era :
The Clash, Siouxie & Banshees, Ramones, The Damned ,Generation x , The Stranglers e de uma banda em particular chamada CRASS que marcou a vida dele , Nesse período Ian astbury fez parte de sua primeira banda de rock-punk chamada

SEND NO FLOWERS :

band (1981-83), feat; Lyn Sangster (gtr,voc), Jake Wakstein (drms) (both later of Kit), Paul Sangster (bass), Timmo O’Shea (gtr) (later of High Five), Alan Wills (perc) (also Wild Swans) who played live only , Ian astbury não chegou a gravar com eles , apenas participou dos ensaios e shows em garagens .

Um pouco antes do Send no flowers ,

Ian astbury fez parte de um grupo de jovens punks o CRASS :

foi formada oficialmente em 1978 pelo baterista Penny Rimbaud e vocalista Steve Ignorant, apesar desses dois já trabalharem juntos compondo desde 1977. Estes integrantes faziam parte de uma "comuna" composta por mais ou menos uma dezena de indivíduos de mesma orientação intelectual. A Crass foi das primeiras bandas a incorporar ativismo e idealismo político anarcopunk em suas músicas e shows. Foi também pioneira do estilo faça-você-mesmo na composição de seus trabalhos, slogan que orientaria toda contra-cultura punk, que então surgia.

PENNY RIMBAUD baterista , poeta e artista plástico e anarquista
Penny cujo nome verdadeiro era Jeremy John Ratter (born 8 June 1943, Northwood, Middlesex, England , que criou a banda CRASS em 77 ,
a comunidade pregava a contra cultura o direito dos animais , o feminismo , o movimento punk , o anti-racismo a anti-guerra a anarquia , Além de ian astbury , o mascote da turma faziam parte do grupo :
Penny Rimbaud (drums) • Gee Vaucher (artwork, films) • Steve Ignorant (voice) • N. A. Palmer (guitar) • Phil Free (guitar) • Pete Wright (bass) • Eve Libertine (voice) • Joy De Vivre (voice) • Mick Duffield (films) • John Loder (engineer)
Ian astbury [roadie]

Jeremy rater o Penny Rimbaud , já era famoso por ter ganhado dos BEATLES uma premiação por produzir a capa do single I WANNA HOLD YOUR HAND , ja que Penny era formado pela escola de arte nos anos 60. Hoje é possivel ver Penny recebendo o premio das mãos dos Beatles em video no Youtube , durante o programa READY STEADY GO , na época Jeremy ratter ainda não era punk e tinha um visual comportado…


O nome CRASS foi inspirado em uma canção do David bowie mais precisamente Ziggy stardust .
Penny rimbaud além de ter ensinado ian astbury a tocar bateria , foi quem o apresentou alguns poetas do movimento Beat como ALLAN GINSBERG e ARTUR RIMBAUD que o influenciaria para sempre.

´´Eles tinham um estilo de vida comunitário e o lema de vida era anarquia , amor e paz , algo como o Velvet underground punk , após os shows compratilhavamos tudo que tínhamos , roupas , comida de tudo entre a gente e a platéia tbm , foram uma grande influencia para mim ´´

Ian astbury sobre o Crass


Nessa época Ian foi ao seu primeiro concerto de rock de um grupo famoso , da banda NAZARETH ,escoceses que influenciaram o AC DC e uma levada de bandas e na época abria os show do DEEP PURPLE , o Nazareth era ligado ao THE SENSATIONAL ALEX HARVEY BAND outra banda que Ian gostava muito , Astbury assistiu a banda no GLASGOW APOLLO em 1978.

Ian passa a se drogar e a se meter em brigas , aos 16 anos Ian astbury foi atropelado por um carro provavelmente durante suas arruaças , ele teve uma gravissima lesão na perna e teve que abandonar o futebol que tanto gostava de jogar, essa sua fratura o iria trazer serios problemas futuros .

A pedido do pai Robert ,

Ian astbury se alista nas forças armadas inglesas com 17 anos , mas não se adapta de maneira nenhuma ao regime militar , e resolve sair após pouco mais de 28 dias levando apenas seus uniformes e coturnos , já fora do exercito Ian astbury tem a noticia mais triste da sua juventude ,
sua bela e querida mãe Lindsay falece devido ao câncer , provavelmente provocado por cigarros
A dor é tanta que o marido Robert astbury faz uma tentativa de suicídio , Ian resolve adotar o nome da mãe na sua futura carreira e passa a se chamar IAN LINDSAY , a dor é maior pelo fato que mãe falece justamente no seu aniversario de 17 anos.
Ian passa a viver em varias regiões como WEST YORKSHIRE , LEEDS , MANCHESTER e BRADFORD e tbm em BELFAST na IRLANDA onde tinha parentescos e durante esse período Ian se da conta que o futuro musical dos anos 80 estava surgindo , e bandas de conhecidos dele pululavam aos montes no reino unido como :
SIMPLE MINDS –U2 -JOY DIVISION-BAUHAUS , SIOUXIE & BANSHES , GENERATION X ,
recuperado da perna Ian , passa a excursionar com o CRASS por vários festivais de punk pelo Reino unido e em BELFAST ele faz um bico de ROADIE para uma promissora banda irlandesa que surgia ? nada mais nada menos que o U2 , que mais tarde elogiariam seu trabalho no the cult, a Irlanda era uma pais perigoso na época devido aos conflitos , Um pais ocupado , uma zona de guerra relembra Ian astbury.

Ian conta que qdo retornou para a Inglaterra , a dona do apto que ele alugava , pegou toda sua roupa , seus livros e seus desenhos e pinturas , trocou a fechadura da porta e ainda por cima colocou fogo em todas as coisas deles , provavelmente por falta de pagamento , mas Ian tbm conta que ele emprestou o apto pra um amigo sem avisar a dona , e ele fez uma festa com barulho e a proprietária ficou muito brava e os expulsassam , Ian dormiu em rodoviárias , vagões de trem , praças até que alugasse outro local .

Ian trabalhava em um bar e fazia bicos durante as apresentações das bandas ,e apesar da morte da mãe, vivia feliz nos arredores de Liverpool , cidade que o pai e os avós paternos sempre viveram e que segundo ele , o povo tinha um senso de humor contagiante ,
o pouco dinheiro que ganhava segundo ele , era gasto com , o seu minúsculo apartamento ,
cervejas , cigarros e se sobrasse algo ? alguns feijões e pão , o que justificava sua magreza na época .

Ian alugava um apartamento de 1 quarto por aproximadamente 10 libras por semana , mas recebia 18 libras por semana de um auxilio desemprego do Governo da Rainha , ainda sobrava 8 libras pra cerveja e o cigarro , relembra Ian astbury , tinha perdido um emprego por estar bêbado em serviço , mas logo conseguiu outro de silk screen de camisetas

Vivendo em Bradford , Ian astbury resolve montar sua primeira banda oficial com um nome e visual inspirados nos cultos e costumes dos índios norte americanos o SOUTHERN DEATH CULT, uma banda que se enquadrava como sendo do movimento POSITIVE PUNK ou GHOTIC PUNK , já que o movimento PUNK tinha culminado com o fim dos SEX PISTOLS ,
O gênese desta banda encontra-se no início de 1979, em Bradford (a quando o baterista Aky (Aki Nawaz Querish - você consegue imaginar um punk paquistanês?) e mais dois amigos, Johana e Tim Calvey, dEm 79 Joahana , Tim Calvin e o paquistanês Aky montaram o [ Plastic bucket and abortions ] , mais tarde Aky querendo dar mais seriedade a banda se colocou como empresário e contratou Mick isles na guitarra e Mick brady nos vocais e passaram a se chamar VIOLATION , depois veio David buzz burroughs , até que aparece o jovem Ian Lindsay para um teste de vocalista ,

Ian conta que foi fazer um ensaio no porão da casa dos caras e cantou algumas musicas do Sex pistols e ele foi escolhido par sua primeira banda oficial .O SOUTHERN DEATH CULT foi na verdade uma dissidência da banda VIOLATION , que tinha Mick brady nos vocais , e tinham duas canções proprias : "Boys in Blue" and "Assault & Battery´´ eles já faziam shows com o The clash . e passa a fazer parte da nova banda cuja formação ,contava com :


Ian Astbury (vocais), David Burrows (guitarra), Barry Jepson (baixo) e Aky Nawaz Quereshi (bateria). Com o baterista paquistanês a banda começa a tocar no underground e começa a despertar interesse na cena local , eles estréiam em outubro de 81 em BRADFORD UK , a banda excursiona de abril a dezembro de 82 pelo reino unido ;

Eles tocam em um grande festival junto do New order ; Ian lembra que durante um breve período ele chegou a dormir de favor em um quarto emprestado pelos caras do New order , sobreviventes do Joy division, durante uma passagem por Manchester ,

a banda resolve gravar seus primeiros registros em estúdio , os singles FAT MAN ,THE GIRL , FALSE FACES e MOYA aquela que seria uma das mais famosas canções de sua vida , fazendo shows em CHELSEA-LEEDS , mas cidades mais importantes como LONDRES passaram a fazer parte dos shows do SDC .

Durante o show em Bradford em dezembro de 82 o fã Ally petit , relembra que esbarrou sem querer no pé de Ian astbury e ele disse ´´ Não toque em mim ´´ , com uma arrogância digna de um rock star , sem a mínima noção de que se tornaria um , algum dia distante ;
SDC tocava por um ingresso que custava 2 libras esterlinas,

a banda é convidada a abrir os shows dos lendários BAUHAUS , grupo liderado por PETER MURPHY [banda gótica de grande destaque na época ] , os Bauhaus excursionavam com a modelo e vocalista NICO , que tinha participado do VELVET UNDERGROUND & NICO de LOU REED e JOHN CALE ,
a belíssima alemã NICO , tinha sido amante de JIM MORRISON dos THE DOORS qdo vivia na trupe do artista ANDY WARHOL em ny city , Ian astbury já era um grande admirador da banda norte americana THE DOORS no radio , visto que tinham uma sonoridade totalmente ao contrario do punk rock , mas que era muito respeitada por todos eles , e ao saber que a cantora NICO foi amiga pessoal de Jim morrison , Bob Dylan, Mick Jagger , Lou reed e de uma série de personagens famosos , deixava Ian astbury maravilhado ,

reza a lenda que mesmo a NICO não estando mais tão bonita como na época de Jim Morrison , Ian astbury teve um rápido flerte com ela , durante a excursão BAUHAUS –SDC no inicio dos 80.



Já tocando para públicos bem maiores como em LONDRES para duas mil pessoas , eles foram convidados pela gravadora CBS a participar , e tocam em festivais com bandas como NEW ORDER –BAUHAUS e abrem shows pro lendário THE CLASH a segunda banda britânica mais importante para o punk depois dos SEX PISTOLS , durante um festival em BERLIN na ALEMANHA ,

Astbury acaba conhecendo um jovem guitarrista de Manchester que se tornaria seu maior parceiro de vida

O SDC , toca no festival com varias bandas entre elas o THEATRE OF HATE cujo guitarrista :

WHILLIAN HENRY DUFFY nascido em 12 de maio de 61 , BILLY DUFFY é natural do

HULME distrito de MANCHESTER UK , Filho de Willian´´ BILL ´´Duffy e de Elisabeth Duffy ,

Billy começou a tocar guitarra aos 13 anos na bandinha da escola , já que os Beatles influenciaram toda uma geração de jovens da Inglaterra a montar uma banda , Billy poderia se considerar um grandioso guitarrista , e de ter participado de varias bandas do cenário britânico , Ian pede a Duffy que qdo voltassem ao reino unido que os 2 deveriam abandonar sua bandas e montassem uma nova .

O Southern death cult toca durante os 2 meses de 1983 fazendo shows concorridos , inclusive fazendo uma cover de VINCE TAYLOR –SHAKING ALL OVER , uma espécie de ELVIS PRESLEY britânico , que foi coverizado por vários famosos , e que era imitado por um garoto britânico BILLY IDOL
[ Billy idol era líder da banda Generation x fundada em 76 e que já fazia muito sucesso com a geração de Ian astbury e todos os pos-punks da época , Billy idol se tornaria depois um padrinho para o THE CULT, além de Billy idol , tocava Tony James e o guitarrista JAMES STEVENSON que tocaria com o cult 14 anos depois ] ,

Vince taylor era amigo da NICO , e autor da musica Brand new cadilac , coverizada com sucesso pelo THE CLASH banda que o SOUTHERN DEATH CULT abria shows,
O líder do T-REX e ídolo de Ian astbury , MARC BOLAN tinha um programa na tv BOLAN SHOW TV , Ian adorava ver o Generation x e as bandas da época durante o programa .

´´O grupo é apenas uma extensão de nós , das nossas experiências , eu por exemplo sou apaixonado pela musica tribal dos índios da America do norte , aquilo não data de hoje , para o publico corresponde a uma moda do momento , não queremos ter rótulos ,e nem limites , é bom qdo nos comparam a 4 , 5 bandas diferentes , estimulantes , criativos em uma atmosfera especifica ´´

Ian sobre o Southern death Cult na época

Billy duffy jovem guitarrista amador de Manchester , uma das mais importantes cidades do reino unido ,
Tocava em bandas como STUDIO SWEETHEARTS onde eles gravaram 2 singles
[ i believe e it isn´t me ] onde billy mesmo tendo 16 anos solava sua guitarra com uma maestria única ,e totalmente superior aos guitarristas de bandas locais
,

Billy fez parte dos SLAUTHER & THE DOGS ,e depois no SLAUGHTER em 78 e parte de 79 ,

ANDY BLADE GROUP em 1979 ,e no LONESOME NO MORE de 80 até 81.

Billy duffy era amigo de um famoso DJ LONDRINO de nome BOY GEORGE [ famoso e controverso musico POP ], Boy george disse a Billy que a banda THEATRE OF HATE precisava de um guitarrista e após as apresentações foi convidado a fazer parte do THEATRE OF HATE junto do líder KIRK BRANDON e do baterista NIGEL PRESTON , antes disso BILLY DUFFY ensinava guitarra ao garoto JOHNY MARR que mais tarde seria integrante de uma banda famosa em Machester city ,

Billy fez parte da lendária banda THE NOSEBLEEDS oriunda dos ED BANGER & NOSEBLEEDS , juntamente com STEPHEN PATRICK MORRISSEY [o Morrissey fundador dos THE SMITHS ] que presidia o fã clube oficial dos NEW YORK DOLLS , eles chegaram a gravar 2 singles raríssimos com MORRISEY nos vocais , parte com billy duffy na guitarra e outrora com VINY REILLY nas guitarras que mais tarde fundaria o DURUTI COLUMNI . Billy duffy grava algum material com as bandas que fez parte,
e com o theatre of hate ,

Já na cena londrina Ian astbury resolve abandonar seus 3 colegas de SOUTHERN DEATH CULT para fundar uma banda nova com o guitarrista BILLY DUFFY , Anos depois a gravadora resolveu lançar em so vinil os 2 singles do SOUTHERN DEATH CULT e algumas gravações ao vivo .

Os 3 integrantes do SDC fundaram posteriormente bandas como , GETTING IN THE FEAR , STIMULATOR e FUNDAMENTAL uma banda de RAP ISLAMICO do paquistanes AKI NAWAZ .

´´O southern death Cult acabou porque estávamos trabalhando uns contra os outros , no inicio nos só queríamos estar em uma banda , era a única coisa a fazer no momento e nós fizemos , achamos que tínhamos habilidades , qdo comecei a questionar o que era realmente o southern death Cult , não gostei e senti que estávamos restringindo uns aos outros , e pelas ultimas gravações deu pra saber que ficou um lixo ´´

Ian astbury sobre o fim do Southern death Cult

Com billy duffy na guitarra , Ian astbury nos vocais e guitarra eles resolvem convidar 2 musicos de uma banda da cena o RITUAL , o baterista de origem africana RAYMOND TAYLOR SMITH que veio de um dos paises mais pobres do mundo SERRA LEOA , e o guitarrista :

JAMIE STEWART Jamie Stewart (born 31 January -1964 in Harrow, Greater London, England)

Jamie stewart seria o baixista e tecladista da banda . O RITUAL anteriormente chegou a gravar algum material de estúdio e lançou alguns singles como Kangooro court e Mind disease .

A banda gravou musicas como brothers Grimm, Ghost Dance, Horse Nation e Christians e outras que foram modificadas no ano seguinte e foram utilizadas na futura caminhada do grupo .

´´Qdo Ian astbury me ouviu tocando Jimi Hendrix e ele sorriu , foi paixão a primeira vista ´´


´´Ian astbury foi visitar o pai dele no Canadá e eu fui de férias a primeira vez a NY city e pensei que se algum dia quiséssemos conquistar a America , teriamos que mudar o nome da banda ´´

Billy duffy na época do Death Cult

A banda resolve tirar o nome Southern , e passam a se chamar DEATH CULT e a banda passa a fazer show por todo o reino unido de julho até novembro de 1983; o baterista Raymondo com problemas com a imigração sai do DEATH CULT , e passa a tocar na clandestinidade até ser deportado para Africa.
Em seu lugar entra o baterista :


NIGEL PRESTON (born July 1959, London, England )

que tocava em bandas do circuito e tinha sido baterista do Sex gang children e posteriormente TOH antiga banda de billy duffy . A troca de bateristas aconteceu em setembro de 83, o grande hit que impulsionava o death cult era a belissima GOD´ZOO ,

E em plena tour com critica favorável de publico e da imprensa local , em 13 de janeiro de 84, a banda é convidada a participar do mais famoso programa da tv o
THE TUBE comandado por JOOLS HOLAND e a banda resolve retirar do nome DEATH devido ao aspecto negativo , e se apresentam com o definitivo nome
THE CULT ,
Ian disse na época :

´´somos mais vida do que morte´´



e reduziram o funesto nome anterior inspirado em um ritual indígena ,já com varias composições prontas para seu primeiro álbum de estúdio , a banda passa a ser comentadissima no circuito londrino , BILLY DUFFY que trabalhava numa loja de roupas de LONDRES junto do MIKE PETERS fundador do THE ALARM fornece as roupas esquisitissimas que a banda vestia que culminou , com um famoso premio de banda mais mal vestida da INGLATERRA por uma famosa revista local ZIG ZAG . Da SITUATION 2 ,
banda é contratada pela gravadora BEGGARS BANQUET que lança não só os singles do DEATH CULT , mas tbm produz com JOHN BRAND o seu primeiro disco de estúdio completo :DREAMTIME

gravado no Rockfield studios no pais de Gales ,precedido pelo single SPIRITWALKER que chegou no primeiro lugar da parada independente da época , o disco é muito bem aceito pela critica e pelo publico e é comentado tbm fora do
reino unido e passa ser a sensação alternativa da época , por que misturava um pouco de punk , gótic rock , belas melodias , climas de rock que remetiam a Doors , beatles ,
led zeppelin e grandes bandas , e através das guitarras ainda tímidas de Billy ,
já anunciavam que a banda iria se tornar no futuro.
Pela primeira vez o cult passou a fazer shows fora do reino unido em 84 eles excursionam para Itália, Canadá, França, Suécia , Alemanha e fazem seus primeiros shows no estados unidos , que segundo Ian , apesar dos teatros serem lindos , os shows eram super vazios , por que ninguém conhecia bem a banda e eles faziam um som ainda diferente para o padrão norte americano, durante a passagem pelos Eua , o cult teve como banda de abertura a banda PSI COM do Perry Farrel que futuramente montaria o JANES ADICTION , PORNO FOR PYROS e outros.

No meio do ano o cult já mais famoso contratam o produtor dos ROLLING STONES –CHRIS KINSEY e eles lançam um SINGLE que seria o primeiro grande hit mundial da banda a psicodélica , poderosa e dançante RESSURECTION JOE , onde a banda além de guitarras mais agressivas , acrescenta uma pitada de eletrônica qdo remixa essa faixa em outra versão e sua antiga GOD´ZOO , que já tocava em rádios mais famosas e descoladas da época , Qdo o primeiro álbum DREAMTIME foi lançado as primeiras cópias trouxeram de brinde , o disco ao vivo DREAMTIME LIVE AT LYCEUM que foi gravado ao vivo em LONDRES no lendário teatro onde BRAM STOCKER escreveu o romance DRACULA ,
o show ao vivo do dia 20 de maio de 1984 que posteriormente virou cd e vídeo-dvd traz um the cult já escolado e com uma performance brilhante , Ian bebendo vinho branco no palco , agradece a presença das pessoas ligadas a banda como seu irmão Brian astbury que era roadie do THE CULT ,
Ian empunha uma fender telecaster em algumas musicas e billy duffy pela primeira vez no the cult , faz um solo de blues rock na faixa Bone bag , um lado b do álbum dreamtime , em Gimmick a Michele ebberling namorada de billy duffy na época faz os backing vocals no show e no álbum de estúdio .

´´Nos sentimos que a banda evoluiu muito desde o Death Cult e quisemos o vídeo
ao vivo , não como algo comercial , mas como um presente para os fãs ´´


´´Nós até então , não tínhamos dinheiro nenhum , e agora passamos a ter apoio da gravadora Beggars banquet, e o que mais queremos agora é lançar um vídeo e single de uma nova canção nossa RESSURETION JOE , algo com uma pitada de Funk como o Frankie goes to Hollywood faz ´´

´´Nós precisamos muito ter um vídeo-clipe , afinal todos os clubes na América tocam vídeos e nós precisamos nos adequar ao mercado de lá ´´

´´Seria muito bom que exibissem vídeos de musica de gente nova como a gente , e não ficar insistentemente passando clipes de gente velha como o Rod Stewart , a BBC só passa vídeos de psicologia e documentários , eu não estou interessado nisso ´´

´´Eu acredito que nós temos toda força pra ultrapassar o cinismo que vive o momento musical atual , produziremos musica boa , vamos esquecer de política ou
pseudo-intelectualismo , há pouco escrevemos letras e musicas muito boas para serem lançadas , eu sei por que eu faço parte disso´´



Ian astbury filosofando sobre o Cult em inicio de carreira

Novembro de 84 entrevista pra Mick Sinclair –Beatbox


A banda toca além das musicas do primeiro álbum do the cult , musicas do Death cult e Moya do SDC, e durante a tour de 84 eles são matérias de revista em todo mundo e ganham destaque entre os góticos e alternativos como uma banda sensação assim como The cure , The smiths, Echo and bunnymen, Sister of mercy e outros colegas ingleses ;

durante o ano de 84 e no inicio de 85 o cult já tinha composto outras musicas bem mais pesadas e imponentes para um futuro álbum ,
Em shows pela Europa no incio de 85 o cult já apresentava suas surpresas como :
THE SNAKE- NUMBER 13-SHE SELLS SANCTUARY , NIRVANA-ALL SOULS AVENUE e outras novas musicas devidamente gravadas em estúdio com o produtor dos Rolling Stones Chis Kinsey , em março de 85 a banda lança seu novo single
She sells sanctuary que é um estouro nas rádios de todo planeta inclusive no Brasil , onde chegou a ser lançada na versão VINIL-SINGLE nacional , que é uma verdadeira raridade entre colecionadores , com um visual hippie , psicodélico e flower power a banda se destaca no cenário da época , e logo em seguida eles entram em estúdio para gravar seu novo álbum LOVE ; Em maio de 85 durante um show em Londres no Alice in wonderland a banda toca além das musicas novas , Hey Joe –jimi hendrix e
I can´t explain-who e I wanna be your dog dos Stooges .


O baterista NIGEL PRESTON estava causando um serie de problemas a banda , devido ao seu abuso de drogas e álcool e seu temperamento explosivo , durante shows nos eua no Texas , onde o consumo de metanfetaminas eram liberadas nas farmácias a banda se esbaldava desse medicamento, e Nigel sempre dava trabalho , na Europa ele chegou a bater a van da banda qdo ele resolveu dirigir pelas ruas da Alemanha já alto de bebidas e drogas, Nigel foi pego roubando o cartão de credito dos integrantes da banda durante shows na Europa já que já tinha estourado o limite do seu , e a banda resolve bota-lo para fora por causa dos transtornos causados pelo baterista , Nigel sai e vai tocar no THEATRE OF HATE ex banda de Billy duffy .
Em julho e agosto de 85 sob o comando do produtor STEVE BROWN
[ abc-wham –freedy mercury-the alarm-the pogues-elton John , boomtown rats –sex pistols] no JACOB STUDIOS & OLYMPIC STUDIOS de LONDRES a banda grava aquele que seria sua obra prima o álbum LOVE ,
Nigel preston e substituído pelo experiente baterista

MARK BRZEZICKI June 21, 1957 LONDRES

[ Big country –Pete and Simon townshend-Procol harum-Roger daltrey –Whitesnake –Phil collins –Rick astley ] o novo batera toca em todas as faixas exceto She sells , gravada originalmente por Nigel preston , mas quem aparece no vídeo clipe de divulgação é o londrino MARK BRZEZICKI ,
Love é uma surpresa no cenario da época dominado de um lado por bandas de Heavy metal como Iron –judas-scorpions e por outro lado uma leva de bandas da new wave , mas o cult aparece do nada resgatando um som esquecido na década de 60 com nítidas e visíveis influencias de Jimi hendrix-Led zeppelin-Doors –Janis joplin-Beatles com muita psicodelia e nuances hippies :

"Em meio ao clima obscuro que rondava as bandas na Inglaterra naquela época lançamos este disco, LOVE foi uma luz em toda essa escuridão"

´´Eu creio que Nigel preston deveria sofrer de algum distúrbio maníaco-depressivo e precisava de um sério tratamento e seu futuro seria incerto ´´


Ian astbury na época , segunda frase em 96 .

´´Ian astbury estava indo na direção dos THE DOORS , JIMI HENDRIX e JANIS JOPLIN qdo fizemos o Love ´´

´´Tudo era muito louco e psicodélico , Ian vestido de índio pele vermelha , aquela sonoridade retrô , se não fosse o The Alarm , teria me matado , afinal eles assumiram na imprensa britânica serem ainda piores que nós ´´

´´ As ultimas musicas que fizemos foi justo as mais pesadas Fênix e Love , e foi muito simples eu fiz alguns riffs pesados e com balanço , e Mark brezezick mandando ver de maneira incrível na bateria , eu pensei , Putz que sonzeira boa ´´

Billy duffy na época

´´ A gota dágua com o baterista Nigel preston , foi qdo fomos apresentar ao vivo em uma TV européia e ele mal parava em pé ? Deveriam ter impedido isso os empresários do Cult , despedi-lo não foi nada agradável ´´

Relembra Jamie Stewart

A banda estoura com o novo disco , e lança mais dois belos singles RAIN e REVOLUTION , que tbm tem divulgação em vídeo e a nova sensação do rock na Inglaterra e em todo mundo , O álbum love impressiona pelos encartes , cheios de símbolos e psicodelia , faixas belíssimas sem exceção , Jamie stewart alem de fazer um trabalho perfeito no contrabaixo ainda faz os teclados , Billy duffy coloca peso e muita psicodelia na sua guitarra deixando o álbum anterior para traz em termos de sonoridade, Ian no auge da sua voz , canta como uma Fênix ,

Mark faz na bateria um trabalho inimitavel e ainda por cima a banda contrata um duo feminino

THE SOULTANAS para os backing vocals mais que perfeitos do disco que é todo bom .
Os singles vem com faixas bônus tão ou mais lindas que as que entraram no álbum , faixas como Judith –Sunrise-All souls avenue- e a belíssima Little face considerada uma das mais lindas musicas da banda , Billy duffy com sua indefectível guitarra GRETSCH WHITE FALCON com alavancas bigsby faz um trabalho inacreditável que o coloca a frente dos guitarras da época .
Segundo Billy duffy ,ele colocou boss –delays , wah wahs e flangers na sua guitarra e fez efeitos com um arco de violino ,o mesmo que Jimmi page teria usado qdo o Led zeppelin gavou discos no estudio Olympic sound studios , onde gravaram o Love e efeito que nunca guitarrista nenhum imitou .
O cult excursionou de março a dezembro de 85 passando por todos os cantos do mundo , inclusive pelo japão e o hit she sells sanctuary é um fenômeno em todo mundo inclusive em rádios do Brasil , durante os shows da LOVE MAGICAL MISTERY TOUR a banda tinha contratado o baterista :

LEZ WARNER nascido e crescido na região de Fulham –LONDRES ,

seu sonho era seguir os passos de Brian downey baterista do Thin lizzy , e comprou sua primeira batera aos 13 anos , começou tocando na escola secundária e depois se tornou uma lenda entre as bandas locais , teve uma banda de garagem com o filho do BEATLE
JOHN LENNON , JULIAN LENNON juntamente com o filho do LEMMY do MOTORHEAD , além de ter participado de SHAME 69 , HERE AND NOW , JOHNNY THUNDERS e RANDY CALIFORNIA ,

Lez Warner é escalado para aparecer nos dois vídeo clipes e para tocar ao vivo com a banda durante a tour , Varias capas de revista , vídeos piratas e alguns boots o cult se torna uma das maiores bandas de rock gótico psicodélico do mundo da época onde liderava os Sister of mercy , siouxie & banshes , Cure , Duran Duran e o Echo & Bunnymen .


Durante os shows o cult alem das musicas do Love , dreamtime e Dc e Sdc , eles sempre tocavam Wild thing –louie louie uma cover no bizz ,e Lez Warner sempre fazia um belo solo de bateria em fênix a mais pesada musica do álbum love .
Em setembro eles tocam pela primeira vez no Japão em tokyo de volta a Inglaterra ,
o Cult fazia shows a 5 libras ,na véspera do natal de 85 o cult aparece ao vivo na NBC de Nova York durante o programa SATURDAY LIGHT LIVE onde tocam uma versão impecável de She sells sanctuary e de desconhecida banda gótica inglesa o cult passa ser a maior promessa do rock n roll dos anos 80 ,
e a banda tinha excursionado com Duran Duran , Dyvinils , sister of mercy , Big country .

Nessa época Billy duffy nos conta que MORRISEY dos THE SMITHS seu antigo parceiro de THE NOSEBLEEDS em 1977 , qdo os via na Inglaterra , virava o rosto ou trocava de rua , para não ter que cumprimenta-los pelo sucesso , ao contrario do parceiro dele JHONNY MARR fã e amigo do billy duffy .


Com o bolso cheio de dinheiro o cult , já cheio de idéias e musicas novas , resolvem gravar um novo disco agora no ano de 1986 , devido ao sucesso absoluto do disco Love o cult reconvoca STEVE BROWN , eles se trancam no luxuoso estúdio
The Manor em Oxfordshire e gravam 12 musicas , com uma característica interessante ,


o disco trazia a psicodelia do LOVE , mas com um toque a mais de peso , e as guitarras de billy duffy mais carregadas e o vocal de Ian astbury mais agressivo e calejado , talvez de tanto cigarros , drogas , gritaria e a álcool que ele tanto gostava. O disco ficou conhecido como THE MANOR TAPES , ou MANOR SESSION e mais tarde foi intitulado de PEACE , as musicas são tão boas ou melhores que Love , em Groove co a banda tem uma saxofone adicional de JOHN BOY LENNARD parceiro de Billy duffy no Theatre of hate , e os vocais perfeitos das Soultanas nos backings ,
o álbum PEACE tem o peso um degrau acima de LOVE , mas sem escorregar para o hard rock e nem heavy metal , um disco climático , cheios de guitarras com firulas e efeitos de produção , a sonoridade da banda estava muito parecida com as bandas de GREBO ROCK que surgiram na época como o ZODIAC MIND WARP & LOVE REACTION , CRAZY HEAD que abria shows pro Cult na época , WONDERSTUFF de Miles Hunt que 10 anos mais tarde seria parceiro de Billy duffy em um grupo musical ,


´´ Durante as gravações demo do álbum Peace que se tornaria o Electric , Robert plant aparece de surpresa pra dar suas sugestões e opiniões sobre o THE CULT , ele estava no mesmo estúdio gravando com sua banda [seu futuro disco NOW AND ZEN que teria participação de Jimmi Page ] , foi um pontapé no nosso trazeiro que nos encorajou a fazer o Cult seguir a direção do Led Zeppelin ´´

Relembra Jamie Stewart em entrevista para
Pat gilbet da Record collector london 1996






E a banda recomeça a tour 1986 em janeiro tocando no programa de radio JANICE LONG SHOW gravado nos studios dos ROLLING STONES THE MOBILE onde o material vira single do cult , apresentando as novas musicas como love removal machine , conquistador e king contrary man entre outras , até junho de 86 onde varias musicas novas já aparecem no set list e a banda já tem uma roupagem bem mais pesada que a do ano anterior ,
Durante o ano de 86 o cult tinha como banda de abertura a banda dissidente dos SISTER OF MERCY denominados THE SISTERHOODS , formadas pelo vocalista e guitarrista WAYNE HUSSEY e o baixista CRAIG ADAMS , que depois montariam a banda prima irmã do cult THE MISSION UK ,eles abriam os shows do cult e as vezes tocavam juntos em algumas jam sessions , inclusive registrado em disco pirata numa época que pirataria era dificílimo . Electric Ballroom, London (27/02/86), Antes de uma belissima cover de Wishing well do BAD COMPANY , banda muito admirada pelo The cult ,executada pelo The mission de forma sublime .

´´Eu gostaria de apresentar a vcs meus melhores amigos , Billy , Ian , meus ´´blood brothers´´

Wayne hussey ao vivo em 86


O the mission e o cult se unem para uma versão arrasadora de Shelter of the storm ,
inclusive nesse show Ian Astbury faz uma piadinha sobre o Andrew Eldritch [ líder do SISTER OF MERCY ] e rival do THE CULT :

´´Digam ao Andrew que fazemos um som fodido de verdade´´

´´ ANDREW ELDRITCH está calvo , adeus galera´´.
Billy duffy

O Cult é a banda principal do livro GHOTIC ROCK BLACK BOOK de MICK MERCER um escritor conhecedor da cena britânica da época

´´Uma de nossas novas musicas é sobre uma mulher de 48 anos hippie que conheci recentemente que atirou contra os Hell´s angels em 69 , ela é realmente barra pesada´´
diz Ian astbury

Na segunda metade de 86 o cult decide fazer uma viagem para NY city para conhecer as tendências musicais da época nos eua , visando conquistar de vez o mercado norte americano , e eles são indicados a procurar o produtor RICK RUBIN dono da DEF JAM que foi responsável pelo reavivamento do AEROSMITH ao juntar uma banda de rock com o rap do Run DMC ,

Eles conhecem Rick Rubin em uma boite do Canadá , onde são apresentados , Inicialmente o The Cult faria apenas um REMIX de LOVE REMOVAL MACHINE produzido pelo RICK RUBIN , devido ao seu grande sucesso com o Wak this way , mas o resultado foi muito bom e a banda resolveu ir além de um remix , mas gravar o álbum todo .



Hospedados no lendário CHELSEA HOTEL-MANHATTAN do século 18 , preferido de todos os grandes nomes britânicos que desembarcam na Big apple [ Por onde passaram famosos como Madonna , onde viveu Bob Dylan ,onde ao poetas Beat Gregory corso e Allan ginsberg bebiam e filosofavam , Sid vicious and Nancy aprontaram poucas e boas e o preferido de Jimi hendrix , Janis joplin , Jim morrison , Leonard Cohen ,Patti Smith e Willian Burroughs ] , o Cult vai passar uma temporada de férias e farra na capital cultural do mundo .

Com muita grana , já alguma fama e muita vontade de aproveitar a vida o cult apresenta ao RICK RUBIN seu novo trabalho gravado na Inglaterra de propriedade da gravadora BEGGAR´S BANQUET que tinha empenhando bastante dinheiro no sucessor do love , Rick Rubin gostou do material , mas disse para o cult que eles deveriam se adequar a mercado do rock americano e que a psicodelia e tendências góticas não faziam muito sucesso na américa e que eles deveriam sim regravar o seu disco Inglês ,
mas da maneira dele .
Mesmo contrariando a Beggar´s banquett ,o cult topou o desafio e Rick Rubin seria o novo produtor da banda , e eles resolvem gravar em NY o novo disco do cult e prontamente engavetaram o álbum PEACE que por muitos anos se tornou uma lenda para os fãs até que fosse relançado completamente no século 21 pela gravadora no Box RARE CULT com 8 cds inéditos .

Rick aluga o lendário ELECTRIC LADY SOUND STUDIOS de ny city propridade do maior guitarrista de todos os tempos JIMI HENDRIX , e de forma nua e crua o cult regrava as faixas , de acordo com os pedidos de rick Rubin que na época era viciado em AC DC , com um som muito mais pesado que o da Inglaterra ,o cult passa de banda gótico-psicodelica para uma banda de hard rock heavy metal com seu novo disco , Lez Warner coloca todo peso e talento do mundo nas batidas de electric , Ian astbury cantando de maneira inacreditável com uma tonalidade grave e poderosa , cheio de gritos e trejeitos que outrora lembrariam Robert plant , jim morrison, Mick Jagger e Billy idol ,

Jamie Stewart tocando seu baixo com um peso de chumbo e Billy duffy gravando no Maximo volume possível , A banda ficava até a madrugada bebendo e conversando até ir para o estúdio onde gravavam até amanhecer , agora hospedados no Gramercy park ,manhattan em Nova York .

Muitas das faixas saíram parecidíssimas com músicas conhecidas e até chamadas de plágio, como Wild Flower & Rock N’ Roll Singer do ACDC.
Love Removal Machine lembra Start Me Up dos Rolling Stones (diferente da versão original de 85 que não se parecia em nada com a mesma).
Por incrível que pareça, ELECTRIC que remete ao estúdio criado por HENDRIX ,
foi um álbum curto, pesado e sem firulas ou frescuras. Apenas o mais básico e
Rock n’ Roll possível. Um disco que se pode ouvir de cabo a rabo , faixa por faixa. Hoje em dia é quase impossível algo assim seja qual for a banda. Até uma cover dos germânico-canadenses STEPENWOLF foi gravada - "Born to be Wild". A voz de IAN foi propositalmente forçada pra se tornar HEAVY METAL, no sentido mais literal.
Em fevereiro de 87 sai o primeiro single LOVE REMOVAL MACHINE e em ABRIL o álbum pronto
Com ELECTRIC , a banda cai na estrada de fevereiro de 87 até dezembro para divulgar o novo disco , e pela primeira vez o cult cogita em vir a américa do sul conhecer o Brasil , fato que não se concretiza , Em março do mesmo ano , muitos fãs ficaram chocados com o fato da banda abandonar o rock gótico psicodélico dos 2 ultimos discos e descambarem para o rock pesado, os shows eram abertos pela banda Balaam and angels , liderada pelo baixista e vocalista Mark Morris ,
Em maio em um show na california um cara da platéia manda uma garrafa de cerveja em Ian astbury que encerra o show mais cedo eles que abriam os shows de Billy idol , em Vancouver no Canadá o Cult faz show com Billy idol para 14 mil pessoas , dias depois eles tocam em Toronto com o THE POLICE e os TALKING HEADS .


Como a banda precisava soar mais pesada , o baixista JAMIE STEWART retoma seu posto original de guitarrista fazendo as bases para Billy duffy ,
Ian convida um garoto inglês, seu parceiro de skate KID “HAGGIS” CHAOS :
STEPHEN HARRIS nasceu no pais de Gales no Reino unido ,
Kid tinha tocado no Ep High priest of love , da banda GREBO-ROCK (ZODIAC MINDWARP & LOVE REACTION ).
Apresentado para a platéia como “MARAVILHA SEM ROSTO” já que os cabelos a lá RAMONES impediam de ver sua face.
Kid com apenas 17 anos na época fazia loucuras no cult e quase teve uma ulcera estomacal de tanto álcool e drogas , substancias que eram rotineiras e diárias na vida da banda na tour ELECTRIC , Ian bebia tanto que se tornava uma incoveniente para seus parceiros e não era incomun , brigas , desmaios e destruição de instrumentos como guitarras e baterias que deixava o batera Lez , emputecido com o líder da banda .
Durante a tour electric nos estados unidos o cult tinha como banda de abertura os desconhecidos GUNS AND ROSES [que posteriormente se tornariam uma das maiores bandas de hard rock do mundo] O baixista Kid caos , fez amizade com os caras do guns que ao mostrarem a ele uma capa do electric ? perguntaram a Kid qual era ele na capa , e ele disse que so tocava durante os shows como musico contratado , e o garoto Haggis baixista do cult além de fazer uma sólida amizade com a banda , ainda roubava comida e bebidas , que eram a vontade do camarim do cult e repassava aos esfomeados GUNS AND ROSES atitude nunca esquecida por eles.

Ian astbury foi preso no Canadá após um show , acusado de baderna e agressão e ficou numa fria cela de xadrez junto com 12 presos com cara de mal e pinta de malucos doidos para faturarem aquele inglês cabeludo , que mais parecia uma boneca com madeixas lisas e negras , horas depois ricos advogados e billy duffy o libertam sob fiança , o incidente foi em Vancouver no Canadá durante um show no Coliseum theatre com abertura dos Guns and roses ,
Ian e a banda estavam bêbados demais , e Astbury se desentendeu com um segurança por ele ter rasgado uma faixa homenagem a banda feita por um fã , e começou uma briga violenta e as pessoas da plateia começaram a jogar cadeiras e objetos nos policiais e Astbury acabou preso e proibido de entrar no Canadá naquele ano.

´´uma manifestação descontrolada da minha tendencia a auto-destruição , eu estava brincando com uma bomba e ela explodiu na minha cara ´´

´´só a a partir daí que eu comecei a imaginar que haveria maneira melhor de canalizar minhas energias ´´

diz Ian astbury

Em setembro de 87 em são Francisco na Califórnia o lendário produtor BILL GRAHAM passa a produzir os shows do Cult , Graham já tinha trabalhado com um gama de rockeiros como Grateful dead , Janis Joplin etc , Durante esses shows aparecem pra ver o Cult :
Tom petty , Prince e os amigos do Echo and bunnymen , estourados com seu disco THE GAME aparecem para prestigiar os shows do Cult .
Eles são apresentados a Ian Grant ex-produtor do Led Zeppelin e conversam sobre planos futuros juntos ,
Em long beach na Califórnia , eles tocam entre outras covers Purple haze do Hendrix ,
´´hey pessoal o guns and roses não é a única coisa boa que surgiu no rock americano no momento ok ´´ Ian astbury durante o show


Em Austin no Texas com os guns and roses de abertura , Ian astbury já muito bêbado como em todos os shows da tour Electric , ele faz uma bizarra cover de [Mellow Yellow ] do DONOVAN , e improvisam uma TEXAS WOMAN na cover dos doors .
Em new orleans , dançarinas de topless fizeram um participação ao som árabe antes de peace dog levando todo mundo ao delírio , já no final de 87 eles tocavam no set list os lados B , Wolf child blues , zap city e bone bag em uma Versão com 10 minutos com solos belíssimos sem falar de covers de musicas do motorhead, deep purple , the doors , led zeppelin etc , as vezes o batera do Guns and roses STEVEN ADLER dava uma canja em uma das musicas do cult .
Era muito comum em 87 os gunners Axl rose e Steven adler em fotos com camisetas do The cult ;

Gente do naipe de ROB HALFORD, BILLY IDOL, DAVID BOWIE, IGGY POP, ROBERT PLANT, KEITH RICHARDS , IRON MAIDEM e uma série de nomes importantes se encantaram com o disco e elogiaram o trabalho. Tão pesado e tão intrigante vindo de uma banda que não era do ramo.

Por falar em ROBERT PLANT , durante uma pré gravação do ELECTRIC o estúdio
[the Manor studios –oxforshire –Londres em 86 sob a batuta de Steve Brown ]
foi invadido por um senhor com madeixas loiras douradas e olhar cansado , e um roadie pediu para IAN parar a gravação , qdo derrepente eles se deparam com nada mais nada menos do que o LIDER DO LED ZEPPELIN em pessoa no estúdio , Ian tomou um susto ao ver em carne e osso seu maior inspirador na época ,

´´No começo eu realmente não me dei conta de quem era ele ´´


´´Robert plant nos disse que nossa musica estava em estágio de formação e as nossas influências estavam começando a aparecer e que demoraríamos um pouco a nos encontrar musicalmente´´

´´Steve Brown não soube interpretar de onde nossas cabeças e idéias eram , ele não evoluiu com a banda , por isso regravamos o álbum com Rick Rubin ´´

Ian astbury relembrando a cena do ano anterior para revista NME

´´ As musicas estavam muito longas e complicadas no álbum de Steve Brown , e concordamos em refaze-las mais simples e diretas com Rick Rubin ´´

Relembra Jamie Stewart

ROBERT PLANT ainda rasgou seda dizendo que apenas o THE MISSION UK e o THE CULT eram capazes de o fazer sair de casa , já que o rock naquela época estava fraco a seu modo de ver , Plant passou a ser um grande amigo e conselheiro da banda , fato que orgulha muito IAN ASTBURY e o THE CULT , afinal PLANT é sem duvida o melhor vocal de rock pesado de todos os tempos indiscutivelmente .
O vocalista do Led zeppelin ainda convidou Billy duffy para participar de um futuro disco solo dele, o que acabou não acontecendo infelismente.
THE MISSION UK que na época contratou como produtor o JOHN PAUL JONES tecladista e baxista do LED ZEPPELIN , gravou em homenagem ao IAN ASTBURY & CULT a musica BLOOD BROTHERS um lado B , onde ele faz uma homenagem ao seu amigo e parceiro .
A letra da musica dizia :
´´Camaleão , guerreiro, cigano e bravo ...Astbury te amo´´

Em 87 o cult é convidado a participar ao vivo do programa JOAN RIVERS SHOW a apresentadora mais famosa dos eua , justamente no dia do aniversário de
IAN ASTBURY , os 5 jovens entram ao vivo pra conversar com ela , e depois tocarem 2 musicas ao vivo em uma performance arrasadora e pesadíssima para tv dos eua , durante o talk show , Joan interrompe a entrevista e diz a IAN ASTBURY que alguém no telefone queria falar com ele ? era seu Pai BOB ASTBURY ao vivo para parabeniza-lo, e ele vai ao delírio e felicidade , e dá lhe BORN TO BE WILD em seguida ao vivo de ny city.

´´Domingo é o dia dos cristãos descansarem..., como não sou cristão , eu não descanso ´´
´´Hoje é dia de celebrar a vida e os bons tempos ´´

Ian astbury durante um show em Londres-Brixton academy 87


Devido a comparação de Love removal machine com a mais famosa canção dos Stones , Billy duffy é convidado a participar de um futuro disco solo de MICK JAGGER .
The Cult fazendo shows abertura para BILLY IDOL e até DAVID BOWIE a banda atingia um publico maior e diferente .
Em julho de 87 num show na DINAMARCA , após a apresentação do cult junto com o the mission as bandas vão para uma boite em Copenhaguen , e ali o cult se junta ao mission , e eles fazem um set list somente com covers de bandas que curtiam ,Durante a festa percebe-se que eles estão pra lá de bagdad de bebados , mas as covers saem de maneira muito legal :
THE DOORS-HENDRIX-DEEP PURPLE-NAZARETH-ZZ TOP-STOOGES-BAD COMPANY e até uma peculiar versão de FINAL COUNTDOWN da banda EUROPE estourada na época , e o mais curioso ainda que esse bootleg raríssimo existe com esse inacreditável registro musical , algumas musicas são cantadas pelo baixista Craig Adams que mais tarde seria integrante do THE CULT .
Ainda no mês de julho no Felt fórum em NY city , Ian estava tão bêbado durante o show que distribuía cervejas budweiser do palco para os fãs da platéia onde eles tocam todo álbum Electric exceto aphrodisiac jacket , Nesses shows caóticos , além de Born to be wild o Cult costuma encerrar os shows com La woman dos Doors ,

Em 30 de setembro a 3 de outubro de 87 o Cult , entrou em um estúdio Conway recording studios Hollywood , na tentativa de gravar algum matérial com a produção de TOM WERMAN na época produtor do MOTLEY CRUE , a capa desse trabalho acabou sendo usada no The Best of rare Cult , idealizada por Rick griffin , famoso artista gráfico que trabalhou para o Cult e que faleceu em 91.


Gravam Soldier blue, e a faixa TOM PETTY que se tornaria futuramente a faixa Star 8 anos depois , e muitas outras , o Disco ELECTRIC é sucesso tanto de critica como de publico e os shows concorridíssimos apesar da galera gótica inglesa ter ficado irada com o cult os acusando de terem se tornado HEAVY METAL e terem se debandado , fato que foi um gatilho para que uma serie de bandas fizessem o mesmo , projetando o cult como uma banda de tendências mercadológicas do hard rock , cult toca na austrália onde é aclamado como o sucessor do ac dc ,e marca datas no Brasil no fim do ano em são Paulo ,rio e porto alegre pela WTR produções , após alguns shows que deveriam ser feitos no Japão , mas devido ao consumo excessivo de álcool e drogas
Ian astbury após um show repete o ato de quebrar equipamentos e danifica uma bateria SONOR de estimação de LEZ WARNER que fica enfurecido e ameaça sair do cult e processar a banda caso eles não paguem igualitariamente os seus diretos autorais sobre o disco ELECTRIC que ele aparece na capa ,
Astbury é diagnosticado com problemas graves de stress e a vinda deles ao Brasil é adiada , Eles tbm nem vão ao Japão pois a banda cancela a tour .




The Cult entra em um hiato e vira o ano sem shows programados para 88,
LEZ WARNER entra com uma ação judicial contra a banda e acaba ganhando no justiça do reino unido 120 MIL LIBRAS de indenização o equivalente a 340 mil dólares na época , uma verdadeira fortuna ;
[ esse fato deixou os lideres do cult muito chateados a tentados a fazer um jogo desonesto e ruim de não mais manter membros fixos na banda , mais sim contrata-los por temporada , livrando de pagamentos como esse ]
Cada integrante fica livre o ano de 88 para ficar com sua famílias , Jamie stewart vai para o Canadá onde tem família , Billy duffy de volta a Inglaterra e Ian astbury cada vez mais apaixonado pela belíssima cabelereira canadense RENEE BEACH que sempre o acompanhou na tour electric , volta e meia eles qdo se encontram tentam repassar para o estúdio musicas para uma possível disco , Em abril de 88 , Ian astbury resolve passar uma temporada em Paris onde buscaria inspiração para compor as musicas do próximo álbum .
Billy duffy devido ao seu grande sucesso de Love removal machine , é convidado por MICK JAGGER para tocar em seu primeiro álbum solo PRIMITIVE COOL de 88
Aceita a proposta e ao chegar no estudio , ele percebeu que além dele , Mick Jagger convidou um monte de novos guitarristas e a fila era tão grande que ele acabou desistindo,mas tocou com Mick 3 covers dos Rolling Stones entre elas miss you , quem ganhou sua vaga foi VERNON REID do LIVING COLOUR
Nessa época Ian astbury tentou uma aproximação de Mick Jagger , mas foi mal recebido , Mick Jagger não deu nenhuma atenção ao novato IAN ASTBURY , fato que Ian guarda magoas até hoje , mesmo sendo um grande fã dos Rolling Stones .
Interessante é que DAVID BOWIE primeiro cantor que Ian teve um disco , foi super atencioso com ele , qdo se conheceram em 87 qdo o cult abriu um show dele em PARIS , Bowie deu a Ian dicas de roupas e de como ser um rock star e amizade deles perdura-se até hoje .

Ian astbury se envolve em um acidente de SKATE que praticava com o baixista do cult KID ´´HAGGIS´´ CHAOS na época e deslocou a bacia na queda , o que o traria problemas mais tarde...

Em entrevista da época Ian astbury disse


´´estamos arrastando desde fãs do Duran Duran e da Madonna com 14 anos , a fãs de Heavy e trash metal ,Temos recebido cartas de jovens cristão de Dallas que afirmam ter vistos discos voadores a jovens que arrebentaram suas motos em muros após os shows dos Guns and roses , cartas com 4 a 5 paginas ´´

Depois de 6 meses de descanso a banda resolve colocar na prática as novas musicas que tinham feito , como Lez warner tinha saido de forma não amigavel do cult , eles decidem procurar um baterista de renome para o cargo e em
Em junho de 88 a banda entra e um estúdio Track Record em Hollywood e gravam 21 faixas para o futuro álbum da banda , com o baterista ERIC SINGER
Eric Doyle Mensinger (born May 12, 1958 in Cleveland, Ohio),
[badlands –alice Cooper –badlands-black sabbath-drive-Lita ford –Gary moore-Brian may e hoje na lendária banda KISS].


Em setembro de 1988 o cult anuncia uma apresentação surpresa para apenas
1000 fans no SCREAM –L.A. USA onde a banda ainda com o garoto Kid haggis chaos no baixo apresenta o um novo baterista da banda ,o californiano de origem norueguesa : MATT SORUM
Matthew William Sorum (born November 19, 1960, in Mission Viejo, California
Filho de David e Joanne sorum , professora de musica , ambos de raízes vinkings , Matt decidiu se tornar baterista depois de ver o BEATLE , RINGO STAR no programa da TV ED SULLIVAN SHOW , Matt começou em 75 tocando no UNION FLAG ,e depois na banda PROPHECY com o guitarrista Jeff harris , tocou com a banda Chateau , gravou um disco com a
TORI AMOS , com os HAWK , com JEFF HARRIS e foi indicado pelo guitarrista STEVE JONES dos SEX PISTOLS que tinha se mudado para os estados unidos e estava totalmente integrado a cena musical de Hollywood e trabalhando com o IGGY POP ,


O show surpresa foi meio sinistro por que rolava um boato que colocariam uma bomba na bolsa de Ian astbury , com um novo baterista eles tocaram musicas do Cult , algums do Sdc e i wanna be your dog do Iggy pop



´´Esses shows serão apenas por diversão´´

disse Ian na época .

Após o cult apresentar-se poucas vezes na califórnia cada um segue seu rumo ,e Ian astbury comete mais uma crueldade e despede o jovem STEPHEN HARRIS mais conhecido como KID HAGGIS CHAOS que fica desempregado em 88 ,
Muito triste e chateado o garoto recebe um telefonema inacreditável no natal do mesmo ano ?
Os músicos da banda GUNS AND ROSES estavam estouradissimos nos estados unidos com o álbum LIVE LIKE SUICIDE , Os gunners agradecidos do que Kid chaos tinham feito Por eles na tour CULT&GNR , mandaram uma LIMUSINE de LUXO buscar HAGGIS para que ele tivesse um natal e fim de ano regado de muita
comida , bebidas e mulheres ao lado dos gunners agora famosos , Além de tudo eles presentearam Haggis com uma belissima guitarra de luxo e coleção de amplificadores e pedais .
A amizade foi tão sólida entre eles que KID CHAOS chegou a fazer parte do GUNS AND ROSES durante 1 mês enqto o baixista deles DUFF MKAGAN passava lua de mel com sua esposa MANDI BRIX , Haggis agora guitarrista e com o apoio do Guns and roses se lança no mundo do rock norte americano e se junta ao seu parceiro de cult LEZ WARNER no projeto ELECTRIC HELLFIRE CLUB uma especia de sister of mercy , e posteriormente KID CHAOS montaria sua própria banda
THE FOUR HORSEMEN com disco de estúdio e vídeo clipes .
Já com saudade da fama e recuperado da auto destruição provocada pela tour do ano anterior os 3 membros fundadores do THE CULT , resolvem entrar em um estúdio no fim de 88 para gravarem o sucessor do álbum electric , Com o trauma causado pelo baterista Lez Warner eles acham que o novato Matt sorum não seria o ideal para que tocasse no novo disco , e o deixa de fora com alegação que ele não era Inglês , mesmo sendo ele de origem europeia , Matt fica de sobreaviso .
Ian astbury é convidado pelos novayorkinos da banda THE FUZZTONES , para gravar com eles um show ao vivo , onde Ian faz uma cover iguana-camaleônica de
DOWN ON THE STREETS dos IGGY AND STOOGES , lançada posteriormente em áudio e vídeo .

Com muitas idéias e letras novas a banda contrata um famoso e experiente
canadense BOB ROCK Robert Jens Rock, (born 19 April 1954 in Winnipeg, Manitoba),
mega platinado produtor de rock resolve ser o produtor do novo álbum do THE CULT já famoso por produzir Aerosmith-Bom jovi –Motleu crue-cher-blue murder e responsável pela explosão do Metallica e uma infinidade de bandas ,
Resolve levar o cult para o Canadá no seu super estúdio [Little mountain sound studios em Vancouver ] de onde se tira um dos melhores sons de bateria do mundo
Não se sabe por que a pré gravação com Eric Singer na bateria foi arquivada ,
e sucedida com outra gravação do futuro disco , com o baterista CHRIS TAYLOR ex-PAYOLAS , seu parceiro , juntamente com billy duffy nas guitarras , Ian astbury nos vocais e percussão , Jamie stewart no baixo , gaita e teclados a banda grava em 2 meses o novo disco do CULT , Musicas belissimas , climaticas , mais maduras e como uma visão mais ZEPPELINIANA possivel a banda resolve remasterizar e finalizar o tão esperado album , essa versão demo de sonic temple traz pérolas como uma versão de edie com um refrão diferente e uma segunda versão com um belo solo de guitarra e bastante arranjos acústicos , e as musicas executados de forma bem natural , crua como na versão com Eric Singer na bateria , mas agora já com alguma remasterização e efeitos e overdubs , isso ainda em agosto de 88 no estúdio TRACK RECORD em North Hollywood , Califórnia .
Não satisfeito com o resultado dos 2 trabalhos distintos , o Cult resolveu finalizar o álbum no Canadá , Ian astbury que tbm é baterista e aconselhado por Bob rock a contratar para o disco final o baterista norte americano :
Mickey curry Michael Timothy Curry (born 10 June 1956)
que alem de tocar desde os 11 anos , ficou famoso ao fazer parte da banda pop mais lucrativa do Canadá ao lado de BRYAN ADAMS , Mickey curry é um exímio baterista e sem duvida o melhor baterista de estúdio que já tocou no THE CULT e em seu currículo temos
[Hall & Oates, Cher, Tina Turner, Alice Cooper, David Bowie, Elvis Costello, Sam Phillips, Tom Waits, ,Steve Jones, Carly simon, etc] Curry tem como inspiração JOHN BONHAM e transfere isso para o disco do THE CULT , Para os teclados além do baixista Jamie stewart foi contratado
JOHN WEBSTER que trabalhou com Tom Cochrane, Alice Cooper, Aerosmith, Bif Naked, Scorpions, Payolas, Annihilator, Mötley Crüe and Rush.
Durante as gravações do álbum no Canadá , Billy duffy ouviu de um estúdio paralelo ao do cult , um som igual ao do LED ZEPPELIN , ele curioso foi conferir , e era os KINGDOM COME banda tbm produzida por Bob rock que era considerada na época a maior imitadora do Led zeppelin do mundo .
As bandas acabaram fazendo amizades e ficou acertado que eles iriam abrir os show do cult na futura tour além de futuramente alguns membros se cruzarem .
Na faixa NEW YORK city o cult convida o lendário iguana

IGGY POP
(born James Newell Osterberg, Jr. on April 21, 1947) Americano de Michigan e contenporaneo de Jim morrison , Iggy foi lider da banda THE STOOGES e parceiro e irmão espiritual de DAVID BOWIE , Iggy faz um backing cavernoso no refrão de ny city .
Na capa de SONIC TEMPLE cores fortes e o destaque para BILLY DUFFY empunhando uma LES PAUL que se tornou um classico na carreira do Cult,
uma das capas mais "rock n 'roll " da década de 80. O disco é incrivelmente poderoso, um Cult amadurecido com a psicodelia e as melodias de LOVE , e o peso de ELECTRIC; mas sem a crueza do mesmo. Uma banda com nuances de DEEP PURPLE e excessos de LED . Algumas músicas beiram o plágio do Zeppelin como SOUL ASYLUM, que se chamava CASHMER na versão demo, A bônus "Medicine Train" e a bluseira "Automatic Blues" soam mesmo como Led zeppelin ,
O disco é recheado de hits, músicas complexas e ao mesmo tempo belas e cheias de peso e clima. A guitarra de Billy beira a perfeição, JAMIE STEWART como um juiz mantém o equilíbrio perfeito do som dando uma aula de baixo. Sem dúvida nenhuma o maior disco da banda e de toda sua carreira, apesar da crítica e parte dos fãs considerarem LOVE, muitos acham SONIC TEMPLE de longe o melhor. A banda deitando sob os louros da fama e da fortuna, lança uma série de singles e versões diferentes das músicas de Sonic Temple, algumas como lado B.
Lay down your gun é um novo Cult com um pé no blues e ao mesmo tempo como uma sonoridade sincera e poderosa , em Messin up the blues , um the Cult completamente diferente das suas raízes punk góticas , Agora fazendo um blues de raiz com direito a baixo acústico tocado eximiamente por Jamie Stewart que ainda faz a gaita , Billy duffy fazendo um slide em uma guitarra acústica , Chris Taylor na bateria e Ian astbury cantando de forma sarcástica e tranqüila uma homenagem aos seus ídolos do blues que vão de : Elvis Presley , John Lennon , Robert plant , Ozzy , iggy pop , John Lee hooker , Jerry Lee Lewis , Big Joe Turner , Bo didley, chuck Berry , Janis Joplin , Muddy Waters , bob rock , Billy idol .

BLEEDING HEART GRAFITTI que é uma balada prima irmã de EDIE CIAO BABY, Astbury usa sua esposa na época RENNE BEACH pra fazer o papel de Edie no vídeo da mesma gravada em New York City. Com o disco pronto a banda lança 3 singles; FIRE WOMAN - EDIE e SWEET SOUL SISTER com várias versões e capas diferentes. Vídeo clipes e algumas versões extras de singles e cds especiais , o álbum sai com uma menção de agradecimento a ERIC SINGER o baterista da fase inicial do disco em junho de 88,
 

Terminado o álbum e lançado imediatamente no mercado mundial ,o cult contrata como tecladista de palco : MARK TAYLOR [ the alarm- the armory show –Simple minds]

E para a bateria ninguém menos que MATT SORUM , dispensado antes do disco .

São convidados a abrir os shows da banda METALLICA a pediodo de LARS ULRICH um fã declarado do grupo , o cult cai na estrada de fevereiro de 89 até o ultimo dia do ano em Long beach califórnia divulgando por todos os lugares possíveis o mais bem sucedido álbum da carreira da banda SONIC TEMPLE ,
Mark Taylor logo é substituído pelo tecladista : JOHN SINCLAIR

[Cozy powel , Black sabbath,Spinal tap e com o lendário OZZY OSBOURNE onde ele fez sólida carreira ] com vários hits no álbum e sucesso absoluto de publico e critica ,

Em Londres no JAM studios de 25 a 27 de março de 89 , o Cult entra em estúdio com o baterista MATT SORUM e juntos gravam 8 musicas que serviriam de base para o sucessor de sonic temple ,
musicas extremamente bem tocadas como tight lip que viraria full tilt no disco seguinte , spanish gold em duas versões lindas , white é a máxima onde o cult coloca em pratica todas suas boas influencias de the mission a led zeppelin , indian executadas de forma belíssima com um feeling estonteante e com uma performance precisa de Jamie Stewart com destaque para bateria pesada e marcante de Matt sorum , que teria tocado tão bem ou até melhor se tivesse gravado o Sonic temple , as instrumentais serviriam de base para os hits do próximo disco .


Ian astbury e convidado a participar do disco solo da ex-coelhinha da playboy e rockeira DEBBY HARRY líder do BLONDIE , Ian astbury canta em LOVELIGHT faixa do disco
DEF , DUMB AND BLONDIE de 89.

O ex baixista do Cult Kid chaos , lança seu primeiro trabalho solo THE FOUR HORSEMEN produzido por Rick Rubin , e Astbury aparece em alguns shows com a camisa da banda pra apoiar o colega que agora é guitarrista .



Após um show do cult com o Metallica em 21 de julho de 89 em New Jersey , eles combinam de encontrar o Guns and roses em um bar de nova York , mais precisamente no NEW YORK METAL LOUNGE [ SCRAP BAR ] THE LOFT NEW YORK city , Após o show de ambas as bandas na região da BIG APPLE , Bêbados e loucos o The cult se junta ao Guns and roses para uma jam session na madrugada de Nova York city , Axl rose vocal e guitarra , Ian astbury vocal e percussão , Izzy stradlin guitarra , Jamie stewart baixo e Matt sorum bateria , juntos eles reviveram clássicos do Aerosmith , Rolling Stones , Black sabbath, sex pistols e Led zeppelin e alguns blues ; Jamie stewart e Izzy stradlin trocam de instrumentos durante a jam , a noitada que começou por volta das 3 da manha so foi acabar com o dia claro do dia 22 , ambas com shows marcados naquele dia durante a noite. Essa parceria seria decisiva para os gunners um ano depois .
As bandas combinaram de gravar em estúdio o conteúdo dessa Jam session
[mama kin , rock n roll , satisfaction, paranoid etc] em um bootleg perdido chamado
CULT AND ROSES que infelismente nunca caiu nas graças dos fãs.

sobre as jams com os guns and roses Ian astbury diz

´´ a mais engraçada paródia que já ouvi desde o SPINAL TAP ´´´.

Ainda em julho no show de Michigan , Ian dedica american horse ao BRIAN JONES guitarrista dos Stones mortos nos anos 60 , durante esses shows com o Metallica segundo os fãs , a voz de Ian estava péssima assim como sua performance encharcada de bebidas e cigarros .

Hebron Ohio , Ian vomita ao lado do palco provavelmente de tão bêbado ,
Jamie Stewart conta que era comum Ian astbury ser visto nú , completamente bêbado , fazendo graça no parapeito de janelas de hotel de luxo ao lado de Renée beach sua
namorada , tentando imitar Jim Morrison que fazia o mesmo , cena que até foi registrada no filme de Oliver Stone 2 anos depois , Renee beach não viajava sem levar um aquário portátil contendo 2 peixinhos dourados , fato que irritava a banda , durante um show em Seattle , Matt sorum e os caras do Mettallica compraram todos os peixes dourados vivos da cidade , e despejaram em cima do Ian e no palco no final do show do Cult , deixando Renée e a sociedade protetora dos animais completamente furiosa .

Em agosto de 89 em Atlanta na Geórgia , Steve Jones se junta ao Cult e toca algumas musicas durante o show , Jones tbm tocou nos show no Mississipi , já que Ian astbury seria o produtor do seu novo álbum solo que sairia em breve , Em outubro eles fazem show pela Europa juntamente com o Skid row e o Aerosmith e a musica de abertura dos shows do culr era um sampler do filme TAXI DRIVER .

´´Irmãos e irmãs , nós temos o poder ´´

Ian astbury insistentemente nos shows da Sonic temple tour

O hit FIRE WOMAN é a musica mais tocada nos estados unidos no ano e durante o GRAMMY & MTV AWARDS a apresentação do cult executando essa musica é assistido por mais de
100 milhões de pessoas em todo mundo pela tv , que coloca o cult no topo da parada heavy norte americana em julho de 89 o cult é o primeiro na parada e sétimo na européia :


1. the cult [ sonic temple]
2. guns and roses [ appetite for destructions]
3.guns and roses [lies]
4.bryan adams [reckless]
5.new jersey [bon jovi]
6.mr. big
7.skid row
8.badlands
9.poison
10.anderson,bruford,howe,wakeman

Musicas do SONIC TEMPLE comentadas faixa a faixa por ian astbury & Billy duffy :


. Sun king : ´´uma canção rude sobre pessoas rudes , foi composta em paris as margens do rio sena ao por do sol da cidade luz´´

´´ minha inspiraçao parisiense em abril de 88´´

´´ Canção insirida no Rei Luiz 14 , o rei sol , da celebre frase [ O estado sou eu ], um homem decadente que defecava no chão no palácio de Versalles e com sua arrogância coloca serviçais para limpar , uma declaração de masculinidade ´´

. New York city : ´´Sobre um europeu indo a nova York e vendo como tudo é diferente comparando-a a uma besta , um monstro´´

´´Sobre a nossa estadia na big Apple durante a gravação do electric em 87 ,
a cidade 24 horas , dos prédios altos , gasolina , vodka , initerrupta atividade ,
alta criminalidade e sobre o assassinato de John lennon´´


. Fire woman : ´´ nossa musica mais forte , tanto é que é nosso primeiro single , foi composta a um ano atrás´´

´´ sobre uma senhora louca de 67 conhecida como Crazy fire horse lady , dos hells angels´´

. American horse : ´´ Um sonho que Ian teve sobre um cavalo negro com uma bandeira americana , representando os índios, fugindo de um cão feroz ´´

. Soldier blue : ´´Não é sobre soldados americanos e sim sobre qualquer soldado , mandado pra destruir qualquer pais so pra depois provar que tinha razão , Canção inspirada em uma homônima da cantora nativa Buffie Saint Marie ´´

. Medicine train : ´´ e sobre filosofia do rock ´n ´roll viver rápido , essas coisas ´´

´´ de onde o titulo Sonic temple vem ´´


. Sonic temple : ´´ Seria um lugar onde as pessoas poderiam descansar , ter seu próprio lugar , fazerem o que quiser sem encheção ´´


. Wake up time for freedom : ´´ Baseado no livro Medo e amor em Las Vegas , uma mistura de sonho e realidade interligados ´´

´´Qdo casais, o homem ou mulher , que acordam suados após o sonho e mentem para o parceiro sobre o seu sonho real de verdade , e gostariam que o sonho fosse realidade´´

´´ uma amavel declaração da minha própria liberdade´´

. Edie ciao baby : ´´Sobre uma garota de New York , que se perdeu nas drogas e foi perdida por Andy warhol que a usou e depois jogou fora ´´

´´Essa musica é da época da gravação do electric , tinha vários amigos do mundo da moda e um deles me fez assistir o filme CIAO MANHATTAN com a edie sedgwick que me fascinou´´

´´Ian astbury realmente entrou na cena da big Apple durante as gravações de electric e conheceu a fundo a história de edie , mas a musica não é so realmente pra ela ´´

. Automatic blues : ´´ Fala da frieza das pessoas , uma coisa meio automática antagônica ao blues daí a relação ´´

. Sweet soul sister : ´´ Sobre como a sociedade européia esta ficando americanizada , foi composta em paris em abril de 88, varias imagens pululavam na minha cabeça , com referencias ao Star splanged banner e para que as pessoas fiquem livres pra interpretar minhas canções´´

´´ Como a frança e os parisenses são relutantes em aceitar os costumes norte americanos ´´


*EDIE SEDGWICK

Edith Minturn "Edie" Sedgwick (April 20, 1943 – November 16, 1971)Santa barbara california usa.
Edie era uma garota rica , atriz , modelo e socialite que integrava a troupe do artista plastico Andy warhol , ganhou o premio ´´garota do ano 1965´´ Um dos seus antepassados foi o primeiro advogado nos eua a ganhar a liberdade de uma escrava negra , Em foi um dos que declaram a liberdade dos estados unidos durante a Independencia dos eua , ela fez parte da FACTORY ARTISTS de Andy warhol e foi amante de Jim morrison , Bob dylan e de uma serie de famosos , participou de inumeros filmes entre eles CIAO MANHATTAN que inspirou o cult a compor Edie ciao baby ,
Edie morreu de uma overdose de barbitúricos em 71 [ medicamentos sedativos potentes e altamente viciantes ] Os atores de hollywood [KIRA SEDGWICK , ROBERT SEDGWICK e sua irmã JULIA ROBERTS são parentes diretos de EDIE ]

Edie serviu de inspiração para varios artistas :

James Ray and the Performance edie sedgwick
Coventry full of fire
Edie Brickell & New Bohemians little miss S
The Velvet Underground & Nico femme fatale
Bob dylan just like a woman
Rolling stones factory girl
Lloyd Cole and the Commotions grace
Madonna deeper and deeper video
The Dream Academy girl in the million
The Adult Net edie



Sonic temple o mais bem sucedido álbum comercialmente da banda , vende mais de 10 milhões de cópias em todo mundo e mais de 4 milhoes so nos eua.
O Cult lança o SONIC TEMPLE SONG BOOK com prefacio de DEL JAMES biografo dos
Guns and roses , com varias fotos , letras cifradas , pôster exclusivo da banda e arvore genealógica deles desde os 15 anos de idade de Billy duffy até os tempos atuais .


O cult se candidata a abrir a tour STEEL WEELS dos ROLLING STONES mas mais uma vez quem ganha é os LIVING COLOUR protegido deles, a banda que abria os show do Cult em 87 Guns and roses se torna uma dos maiores fenômenos do rock mundial .

´´Para ser sincero sinto um pouco de inveja dos GUNS AND ROSES , afinal eles abriam shows pra gente e estão super famosos agora ´´
disse Billy duffy na época

Em novembro no Wembley arena em Londres eles gravam o vídeo de sweet soul sister e registram o show ao vivo em gravação .
Em 13 de dezembro no Toronto´s skydome com milhares de pessoas o cult faz um show inacreditável que foi registrado em vídeo pirata pela Lucid dreams , Ian astbury feliz da vida dedica o espetáculo a 3 pessoas especiais presentes aquele dia no Canadá , ao seu querido pai ROBERT ASTBURY , sua mulher RENNE BEACH e ao seu ídolo NEIL YOUNG , e assim como todos os shows dessa tour ele falava frases desconexas como :

´´ se vocês me verem caminhando na yonge street [rua onde se vendem flores na cidade ], por favor me parem e me convidem para tomar algo , nem que seja um chá , já que Toronto é meu segundo lar ´´

Para evitar assédio de fãs em hotéis , Ian astbury se hospeda com o pseudônimo de
´´DR NIEL YOUNG´´ e diz que Berlin e Tokyo são suas cidades preferidas no mundo .

Billy duffy é capa de varias revistas de guitarra na época


o cult vira o ano feliz da vida com o faturamento do SONIC TEMPLE e inicia 1990 com muita garra e vontade de faturar apesar de Ian estar super estressado e com muitos kilos a mais do seu peso normal , por estar e consumindo quantidades maciças de álcool , sua silhueta anormal é facilmente reconhecível no vídeo de fire woman no mtv & grammy awards.
Durante os ensaios da banda para os show o cult grava inúmeras musicas que deveriam ser gravadas em um possível álbum , White, indian , spanish gold, lay down your gun etc ficam belíssimas executadas com a banda de sônic temple e o novo baterista matt sorum e gravam participação em vídeo para o programa HARD AND HEAVY

Em um show no Nassau coliseum em New York , Billy duffy faz uma brincadeira que deixa Astbury morrendo de vergonha , Billy levanta a camisa de ian e mostra pra platéia o tamanho da sua nova barriga inchada de tanto beber , Astbury fica puto de raiva e briga com Billy duffy .
Os shows do Cult na fase mais áurea da sua carreira custavam em torno de 17 dólares .

No dia 23 de janeiro de 90 em plena tour SONIC TEMPLE em DAYTON-OHIO ,
Astbury se envolve violentamente com um segurança do show que espancava um fã do cult , Ian desceu do palco para defende-lo e acabou levando uma surra do segurança o que o fez ir para o hospital .

8 dias depois já recuperado da briga Ian no ultimo show de janeiro de 90 Spectrum Theater, Philladelphia, USA - 31.01.1990 se destaca a intro de Sun king em duelo com Matt sorum batendo em um gongo gigante e Jamie Stewart no baixo é o ponto alto do show em uma versão de 9 minutos , Em edie , Billy duffy faz a intro com um violão de 12 cordas fixo e depois passa pra guitarra deixando a musica com um arranjo legal amparado pelos teclados de Sinclair e os backing vocals de Matt sorum e Jamie Stewart , Rain uma intro diferente com baixo e com os teclados , peace dog apesar de guitarra única é compensada pela excelente bateria de Matt sorum que usa e abusa dos cowbells, Sweet soul sister é Jamie Stewart que faz a introdução nos teclados ao vivo eu solo inventivo de Billy duffy carregados de wah wah , em fire woman um stop proposital antes do solo grandioso de Billy com um duelo de instrumentos e muito groove , , Ian astbury faz questão de comemorarem o aniversário de JAMIE STEWART naquele exato dia 31 fazia 26 anos , antes de tocarem she sells sanctuary a musica mais importante da noite .
O guitarrista e vocalista da banda CINDERELA –TOM KEIFFER se junta ao Cult para o biz born to be wild pra lá de bem tocado com os dois vocalistas duelando , duas guitarras no palco uma novidade na tour de sonic temple e o teclado de John Sinclair , arrasadora performance , após a Jam com o vocalista do cinderella a banda termina com uma performance destrutiva de Love removal machine , Ian interrompe o final da musica para um longo discurso com muita conversa fiada e encerra com um caos sonoro produzido pela banda Sorum batendo pesadíssimo , a guitarra solando sem parar , Jamie Stewart faz um mini solo , junto de Matt e Billy duffy e Matt sorum termina o show com um solo a La John bonham .

´´Eu amo vcs seus fodidos , boa noite a todos ´´
´´Mantenham se livres meu fodido povo , sejamos livres´´
Ian astbury Sonic temple tour 1990


Durante o lançamento do álbum na Austrália houve um grande tumulto em Brisbane em frente a Skinny record store onde fãs esperavam para ganhar um album grátis , o tablado cedeu e varias pessoas se machucaram , inclusive o funcionário da gravadora , a policia foi chamada para conter o tumulto.


No dia 2 de fevereiro em BOSTON MASSACHUSSETS a terra do AEROSMITH , toda a banda norte americana aparece para o show do cult , e Liv tyler faz questão de levar seu single de edie ciao baby para autografo e durante o bizz final , o baterista JOEY KRAMER e o baixista TOM HAMILTON se juntam ao cult e juntos executam Born to be wild levando a terra do aerosmith a loucura .

Praticamente um mês após o acontecimento Ian astbury recebe a segunda noticia mais triste de sua vida .
Os membros e empresário do cult decidiram dar a noticia após o fim do show que o pai ROBERT ASTBURY tinha falecido em um acidente de automóvel [ e ainda por cima deprimido por estar com cancer ] , Fato que deixou Astbury totalmente arrasado , tanto com a morte trágica de seu pai qto o fato deles não terem o avisado antes do show em 21 de fevereiro em Atlanta Geórgia .

Nessa época IAN ASTBURY estava sendo produtor de um disco do padrinho do cult o guitarrista do sex pistols STEVE JONES
Stephen Phillip Jones (born 3 September 1955 in Shepherds Bush, London)
o album [ FIRE AND GASOLINE ]
um disco aos moldes de sonic temple que contaria com a participação de Mickey curry na bateria , Terry nails no baixo e vocais de apoio , Steve Jones na guitarra solo e vocais ,
Ian astbury nos vocais de apoio e na percussão e na letra de 2 musicas além da co-produção do álbum , que contaria ainda com a participação nos arqui-inimigos NIKKI SIXX baixista e vocal do MOTLEY CRUE e AXL ROSE líder dos GUNS AND ROSES] , BILLY DUFFY tbm toca guitarra solo na faixa GET READY , o disco é uma aula de hard rock e tão bom qto Sonic temple com musicas boas do começo ao fim , qdo eles fazem uma perfeita cover de Sufragette city- David bowie , Ian compôs as letras de Get ready e leave your shoes one .


Steve Jones e convidado para abrir os show do cult , que desistem de continuar uma segunda etapa da tour sonic temple , e apesar da banda estar no auge da fama , a morte do pai de Ian tira completamente seu gáz , a banda resolve encerrar a tour em shows especiais no inicio de abril mais precisamente no dia 3 , no Universal City, California, Universal Amphitheater
Em um espetáculo especial o cult convida todas as bandas e pessoas que de certa forma estão ligadas a banda para o encerramento da tour , Steve Jones , Billy idol , Iggy pop , Os Guns and roses , four horsemen de Kid chaos , Blind melon de Shannon hoon , Iggy pop , Aerosmith , Skid row que tinha dedicado uma musica do seu álbum ao cult [Youth gone wild ], e um monte de artistas e astros do rock para o encerramento da tour do cult .
Lars ulrich baterista e líder do Metallica , durante os bastidores dos shows aconselhou os caras do GUNS AND ROSES a oferecerem ao baterista do cult MATT SORUM ,uma grande quantia em dinheiro para que ele deixasse o the cult , visto que segundo Lars o the cult iria acabar ali , e que Matt estaria desempregado de novo , sem falar no fato que Ian astbury , menosprezava Matt sorum e o tecladista John Sinclair, o tecladista não aparecia em publico, ficava confinado atrás do palco , o que é uma total falta de respeito ,
Slash e Duff Mkagan após o show do cult no backstage com muita festa e bebidas ofereceram 500 mil dólares para MATT SORUM fazer parte do guns and roses , já que o baterista deles Steven adler , estava seriamente envolvido com heroína e teria que ser mandado embora . Matt sorum aceita na hora o convite da banda que era naquele momento a maior sensação do rock mundial com o lançamento do seu lendário disco APPETTITE FOR DESTRUCTION que vendeu dezenas de milhares de cópias . Ponto final Matt sorum é um Gunner e Astbury ainda preocupado com a morte do Pai , nem liga para a perda e muito menos para o sucesso e dinheiro oriundo do THE CULT .

Lars ulrich do Metallica falando sobre a época que o cult excursionava com eles :

´´comprei uma parada por 20 dólares e qdo cheguei em casa descobri que era orégano e outras ervas , fumamos assim mesmo, Durante uma farra com os caras do THE CULT em uma boite do Canadá , tomamos todas e qdo eu acordei liguei para meu parceiro e perguntei sobre onde estava meu aparelho de celular , uma novidade na época , eles me disseram que eu troquei por uma parada...´´

JAMIE STEWART baixista e fundador da banda aproveita a partida de
Matt sorum e tbm anuncia sua partida , alegando que ele não estava sendo valorizado como deveria na banda , sem poder compor musicas ou ter seu nome nos créditos das canções, já que ele por ser multistrumentista e compositor não estava feliz com sua posição a parte e ele se despede da banda da qual fez parte desde 83.

´´ Nós chegamos a conclusão que éramos uma banda de blues-rock das mais antiquadas , éramos um pastiche de Jimi Hendrix, The Doors , Led Zeppelin , onde Ian era o protagonista e Billy querendo ser o rei do wah wah ´´

Jamie Stewart após sua saída do the Cult .



Jamie stewart foi viver com sua mulher e filha em Bicester no Reino unido , onde virou produtor musical , chegou a gravar um cd solo com a banda MASTERSTROKE onde é vocalista e baixista , em seguida fez parte como baixista do projeto solo :

THE UNTOCHABLES do grande guitarrista ADRIAN SMITH do IRON MAIDEM , até hojes os fãs do cult procuram gravações ou boots com Jamie e o Iron maidem man , tocou guitarra e vocalista da banda7 Year Rabbit Cycle , produziu varias bandas , mas resolveu se afastar do rock é hoje é hoje é diretor de marketing de uma empresa de telefonia canadense SYTEL de grande porte e faturamento .


O cult chega o seu primeiro fim no auge da fama e dinheiro na primeira metade de 1990 , desfalcado de metade da sua formação .


Famosos falam sobre o the cult na época :

Devido ao grande sucesso da banda a repercussão deles era positiva , aqui BONO VOX que em 1980 tinha Ian astbury como seu roadie , e ainda nem sabia que o U2 se tornaria uma das maiores bandas da história do rock expõe sua visão :

"Não podemos esquecer que o Cult fez ressurgir em muito a volta do Led Zeppelin nos anos 80. Eles tinham uma energia e carisma parecidos em palco",

relembra o Bono Vox vocalista do U2
Aqui outro amigo do Cult dando sua opinião :

"O Cult era uma banda que te chamava atenção no palco. Ian todo de preto, sendo acompanhado pela selvagem guitarra de Billy, tocando com toda aquela energia saindo deles. O público era formado por góticos, punks, harders, todo tipo. Tinha gosto para tudo. E você saía simplesmente chapado do ginásio. Parecia que tinha acabado de ver uma cerimônia, um ritual", lembra Ian McCulloch, vocalista do Echo and the Bunnymen.

Ian mcculloch , nasceu 3 anos antes de Astbury , na mesma cidade e cresceram ouvindo as mesmas bandas e compartilhando dos mesmos ídolos como David bowie .

Ian astbury vai para Inglaterra ao consolo do parentes e em seguida volta pra seu segundo lar o Canadá , Billy duffy vai de encontro a seus pais em Manchester, e depois volta para sua recém comprada mansão no elegante distrito de GLENDALE em
LA-HOLLYWOOD onde ele convive em meio a grandes TVs, Seus jipes e motos , livros e revistas antigas sobre o Vietnam e uma piscina que ele quase nunca entra .
Após alguns meses do fim do cult e já mais conformado com a morte do pai o líder do cult , agora denominado de ´´LORD OF THE DARK´´ se muda para um elegante hotel de luxo de Hollywood ,o LE MONDRIAN onde fica trancado em sua suíte double em meios a inúmeros cds escutando desde sons mais obscuros como os
THE RUTLES [ uma banda fictícia paródia dos beatles ] até os mais modernos sons da Europa do momento , Ian estava fascinado como as novas bandas de Manchester como Happy Mondays, Charlatans , Stone roses e as novidades dos Eua .
Ian estava compondo uma musica em homenagem as bandas do Norte da Inglaterra e qdo os Happy Mondays foram gravar em Hollywood , Ian fez questão de conhecer e tirar foto com cada integrante dos Happy Mondays sua banda preferida na época , e os malucos dançantes de madchester nem faziam idéia que seria aquele barbudo de chapéu a la Jim morrison , calças boca de sino e camisa de seda esvoaçante , mas que tinha muita história para contar em meados de 1990.
Na mesma época Billy duffy é convidado pelos amigos da Manchester , Johnny marr seu ex aluno , e Bernard sumner seu amigo de infância e guitarrista e vocalista do
New order e ex-Joy division lendária banda inglesa , eles montaram um super grupo pop-rock-eletro e estavam em Hollywood para divulgação do álbum , o ELECTRONIC ainda conta com a participação do Pet shop boys , Neil tenant e a banda é sucesso e burburinho em todo mundo , Billy duffy a bordo de sua harley davidson completamente bronzeado do sol da califórnia e malhado de academia , ele vai de encontro aos amigos de infância ,na piscina do hotel , lembrar dos velhos tempos , de como o Morrissey era estranho e era chamado de ´´cabeçudo´´ pelos garotos da época e nunca se enturmava com eles, e de como Bernard sumner hoje famosíssimo com sua trajetória no
NEW ORDER [ consagrada banda de eletro-rock] tocava mal qdo era amigo de infância de billy ,

Billy duffy falando com seu ex aluno de guitarra JOHNNY MARR :

´´ Algum tempo que o cult e os Smiths começaram a ter destaque , Ian astbury e eu cruzávamos com Morrissey na WARDOUR STRETS em LONDRES , e ele atravessava a rua para não ter que cumprimentar-nos ? cara estranho ´´


No meio de fotos e cumprimentos e jornalistas , aparece uma figura meio incomun na piscina , mas amigo deles , um antigo Dj de Manchester e ex integrante de uma banda punk Frantic elevators ,Aparece para cumprimenta-los era o líder da banda de Pop-jazz-soul SIMPLY RED
MICK HUCKNALL , que apesar de estranho ao mundo do rock era parceiro dessa turma em Manchester e faz até hoje um sucesso estrondoso e de muita qualidade na sua banda .
Billy dufy recebe um telefonema do seu chefe Ian astbury , dizendo que , ele estava planejando um show do Cult para outubro de 1990 ,e que era para Billy ir se preparando , Ian astbury que era um dos músicos mais engajados e militantes de Hollywood na época ,e passou a fazer contatos de dentro do hotel Le mondrian , por telefone , convidando suas bandas preferidas para participar de um mega festival em San fracisco na Califórnia , que seria nos moldes de woodstock e monterey pop ,
com muitas bandas diferentes e com fins pacíficos , começa os contatos , Ian Astbury que estava meio brigado com os Guns and roses pelo ´´furto´´ de seu baterista , entra em contato com Axl rose e os gunners que aceitam participar do festival em outubro organizado pelo Ian ,
Tudo indica que a briga entre as bandas tinha acabado :

´´ Guns and roses é a única banda na porra do mundo inteiro que ainda tem integridade´´
Dizia Ian astbury trabalhando no seu novo Festival musical multi-bandas .

Ian astbury , liga para maior sensação do rock inglês , uma banda psicodélica que deu origem ao movimento brit pop os jovens de Manchester os STONE ROSES ,
liderados por Ian Brown e o excelente guitarrista John squire, eles aceitam o convite , Iggy pop , soundgardem a melhor banda de Seattle na época , London quireboys , o raper Ice t , Queen latifah , Índigo girls , Charlatans uk, Happy Mondays ,Steve Jones , a lendária Joan baez que tocou no woodstock ,The mission uk ,Lenny kravitz , Public enemy , Michele shocked , Sinead o conor, o grupo indígena American indian dance theatre e muitos artistas e famosos do cinema como Drew barrymore , Nicolas cage
O mega festival que deveria durar mais de 10 horas seguidas de musica e paz era de propriedade de Ian astbury e Bill grahan produtor .
Ficou acertado as datas de 6 e 7 de outubro de 1990 no Shoreline em Mountain view , e em Costa mesa no Pacific anfitheatre na região de San Francisco California e outro em Los angeles , o nome foi inspirado em um festival pagão de 67 com intuiuto de divulgar a cultura celta , cultura indígena e cultura grega
O nome GATHERING OF THE TRIBES [ a reunião das tribos ] cuja finalidade era reunir recursos financeiros para ajudar as seguintes instituições :
Fundação de amparo as tribos indígenas norte americanas , Sociedade de apoio aos viciados em heroína , Ian astbury precisava montar as pressas uma nova banda para tocar no festival e em no HEROIN TREATMENT BENEFIT um show em prol do tratamento de viciados em heroína , Sem musicos de apoio para tocar no festival , Ian astbury pede ajuda a seu padrinho STEVE JONES , que além de tocar no festival e ter tocado em varios shows de abertura para a SONIC TEMPLE TOUR , cedeu seus musicos para tocar com o The cult durante os 2 shows do GATHERING OF THE TRIBES . PETE KELLY foi o baterista e TERRY NAILS o baixista , que ja tinha tocado com os musicos do cult durante a gravação do album FIRE AND GASOLINE  , pronto estava formado o novo Cult para tocar nos festivais . Ian com tudo pronto para o festival , tem duas ingratas surpresas ,
O combinado com as bandas que participariam era que os cachês seriam bem abaixo do normal visto que a finalidade do festival seria beneficente e os ingressos teriam preços populares , A banda Inglesa Stone roses que era uma das principais atrações européias do festival avisa que so vai para o festival se pagarem foras as despesas mais 250 mil dólares de cachê ? Ian fica puto de raiva e corta os caras do line up , e em seguida um fax esnobe do empresário da banda GUNS AND ROSES dizendo que por aquele valor a banda não iria , afinal eles eram uma das bandas mais famosas do mundo e aquele cachê simbólico

´´barateava a integridade dos gunners ´´


Ian astbury mandou eles para o quinto dos infernos e se tornou inimigo de axl rose e seus parceiros outrora seus fãs e amigos .
Mesmo assim o festival foi um sucesso absoluto com mais de musica diversa que reunia rappers , rockers e cantores pop
Que durou mais de 10 horas de muita musica diversão e manifestação de apoio as causas , O Lenny kravitz infelismente não compareceu por causa de atraso em vôos que ele detesta e acabou recebendo o cachê mesmo assim , Robert Plant convidado não compareceu por estar divulgando seu álbum Manic nirvana , mas ambos mandaram apoio e dinheiro para causa indígena e uma media de 10 mil pessoas por show , reunindo mais de 40 mil ao total , Joan baez fez dueto com as Índigo girls , Cris Cornell fez bonito com o Soundgardem , Ice t que estavam polemizando devido a diversos problemas de violência nos shows , fez um concerto comportado , e Iggy pop se cortou com um copo quebrado em Lust for life como nos velhos tempos .

Além da associação da cultura indígena foram beneficiados e estiveram presentes :

[ Greenpeace, Anistia internacional, Gay-rights ,Direito dos Animais, associação muito querida de Ian astbury que é amante de animais , e uma associação chamda ROCK THE VOTE ]

O cult tocou no festival , suas canções famosas e algumas novidades mas sem nenhum logo que os identificassem como Cult dando idéia que a banda estava desativada .
A MTV dos eua , boicotou o festival por motivos futeis , e ainda por cima copiou descaradamente a idéia genial de Ian de misturar varios estilos em um só festival nos eua já usada no nosso ROCK IN RIO de 85, e tbm criou um festival semelhante chamado LOOLAPALOZA liderado pelo amigo de Ian astbury , PERRY FARREL que acabou levando a fama .

´´Nós ficamos muito infelizes com a tour e o álbum Sonic temple , que foram uma droga apesar do album ter vendido milhares de cópias ´´

´´Uma celebração de musica , unidade, consciencia e comunicação´´

define Ian sobre o festival



Apesar do sucesso e satisfação pessoal Ian astbury contabilizou um prejuízo de 50 mil dólares que acabou saindo do seu rico bolso, na mesma época Ian astbury e banda se apresentaram no festival HEROIN BENEFIT CONCERT com finalidade de recuperação de viciados , em uma raríssima foto desse concerto Ian e o baixista Mark morris aparecem se beijando , com garrafas de cerveja na mão . Após esses shows a banda entra novamente em um hiato e sai de férias ,

Ian astbury no fim de 1990 , meio perturbado com o fim do Cult , filosofa :

´´Cult vai acabar gravando outro disco, fora isso ? vou me casar com Bob Geldoff
[ bomtown rats e idealizador do LIVE AID] a aids e o racismo vão acabar , flores e arvores invadirão as cidades , o amor vai reinar e o mundo encontrará a salvação´´

´´ A utopia é como um posto de gasolina ´´

´´nunca diga nunca´´


No ano seguinte a banda resolve colocar em pratica as musicas novas compostas durante o hiato do Cult e no inicio de 91 a banda entra em estúdio para gravar um futuro disco do dia 23 a 25 de janeiro , com James kottak ainda na bateria e agora com TODD HOFFMAN [ex-fantasy seven ] banda solo do padrinho STEVE JONES do Sex pistols do contra baixo , o the cult grava de forma impecável 15 novas musicas em um registro conhecido como RED ZONE DEMOS HOLLYWOOD 91 , com uma performance perfeita e com uma roupagem nua e crua e as guitarra de billy duffy pra lá de perfeita.
Meses depois [ março , abril e maio de 91] Já com a produção de Richie zitto , durante o aniversário de Ian astbury a banda regrava em outro estúdio as musicas desse trabalho inclusive com uma faixa chamada [sweet salvation ian´s birthday mix ]que talvez é uma das canções com mais feeling que ele cantou no Cult , e todas de forma mais refinadas e já com overdubs e guitarras duplas e teclados o que não existia na versão de janeiro de 91, Eles fazem uma versão moderna e dançante de Northern man que já tinha sido gravada antes e foi composta na época do Gathering of the tribes que é o embrião criativo de THE WITCH , as versões de Sweet salvation , musica na qual Ian atribue sua salvação a Heather sua atual esposa e mãe de seus futuros filhos , as 2 versões ficaram belíssimas e com muito feeling , menos melosa que a definitiva do futuro álbum .




Em meados de 91 o cult resolve finalmente finalizar os trabalhos do novo álbum , eles se trancam no famoso e caro A&M music grinder studios de Hollywood e eles mesmo como co-produtores , convidam RICHARD ZITO para a produção , ele que tinha trabalhado com :
[Heart , White Lion , Bad english , produzido a trilha sonora do filme do Stalone Over the top , Trilha de Lost boys ,que traz Ray manzareck e o echo and bunnymen juntos , Cheap trick ,Alice Cooper ,Tina turner , Lionel richie e uma serie de famosos ]

Richie resolveu convidar uma equipe de músicos de apoio para que o cult gravasse seu melhor álbum em uma super produção , Jame kottak e dispensado do cult e contratado pelos Scorpions onde desenvolve uma sólida e promissora carreira ,

Para bateria inicial eles contratam LARRY ABBERMAN [ Stevie Ray vaughan , David Lee roth , John Taylor Duran Duran , a lenda do jazz Wynton marsalis , Foreigner e com o atual baixista do Rolling Stones Darryl Jones e uma serie de feras]

Larry grava o vídeo clipe de Wild hearted son single de divulgação do novo disco ,

Mas é substituído na gravação do álbum pelo baterista Mickey curry que gravara o álbum anterior do cult ,tudo sob a supervisão dos co-produtores Ian e Billy duffy , a banda contrata o multi-instrumentista

CHARLEY DRAYTON

natural do Brooklyn New York city , oriundo de uma família de músicos de jazz , e que já trabalhou com [ Rolling stones , Miles davis , Dyvinils que abria shows do cult , Xpensive Winos banda solo de Keith richard , Herbie hancock , Seal , Iggy pop , Neil Young , o espanhol Andrés calamaro e Janet Jackson e viúva de Kurt cobain Courtney love ] para o contra baixo e como músicos de apoio :

Alex acuña na percussão , Tommy funderburk ,Mona lisa e Yvone st James nos backing vocals , Suzie katayama no cello , richie zitto e Scott turston e Benmont tench nos teclados .

O disco abre com a faixa-título. Com um groove pra lá de Led Zeppelin, típica do disco anterior. O entrosamento entre os músicos é invejável no disco inteiro. Dois teclados duelam o tempo todo em uma riqueza sonora intrigante.
Wild Hearted Son é uma tentativa frustrada de ser a Fire Woman do álbum, em sua abertura há um belíssimo trabalho da AMERICAN INDIAN DANCE THEATRE, que apresenta a "Grass Dance".

Earth Mofo é pesada e lembra the ocean do led zeppelin .
A próxima música: IF, tem um início de piano belíssimo, e um feeling estonteante.
Billy Duffy tenta a todo modo mostrar para os fãs e críticos que aquela capa em que ele aparece empunhando uma Les Paul do disco anterior era uma premissa para este trabalho. White é uma canção belíssima, intensa, com Billy usando violões GUILD FLAT de 12 cordas, dando um clima mais leve que Sonic Temple em algumas faixas.
Em white o the cult atinge o seu mais alto grau de perfeição musical e uma balada
longa , linda e poderosa o titulo White , Ian astbury retirou do livro de 1959 de Lawrence lipton´s The holy barbarians .

A banda grava em uma seção de radio , musicas do CEREMONY ao vivo , e entre elas , o cult faz uma belíssima cover da banda
THE SENSATIONAL ALEX HARVEY BAND [ FAITH HEALER] seu maior hit.




Em Full Tilt a banda se apresenta, com os instrumentos duelando entre si enquanto Astbury diz frases de efeito. A balada Heart Of Soul onde Ian diz que sofreu demais com as bebedeiras nas visitas pelas cidades que gosta: Londres, Los Angeles e Paris. A introdução lembra I Remember You do Skid Row, o videoclip da mesma é boicotado pela MTV por aparecer Ian com coroa de espinhos com uma arma nas mãos e sangrando. Bangkok Rain também é pesada e bem executada pela banda. As baladas Indian e Sweet Salvation, com teclados e orgãos de igreja, uma homenagem à sua esposa na época, mãe de seus 2 filhos, que posteriormente se separariam. Wonderland fala de um famoso assassinato por tráfico de drogas, ocorrido em Hollywood na década de 70. É uma das mais importantes músicas do disco, com solos de guitarra e um groove instrumental digno de músicos do Led Zeppelin, que assim como Sonic Temple, era a referência mais direta de CEREMONY, que teve 2 singles com os respectivos videoclips: Heart Of Soul e Wild Hearted Son e uma série de músicas como lado B.

O disco é lançado mundialmente em setembro de 1991 , e trocando de músicos mais vezes que se troca de roupas , mais uma vez o cult comete o pecado e sai a captura de um baixista e baterista para a tour divulgação do novo disco do the cult :
CEREMONIAL STOMP TOUR 91-92 seguindo a indicação de Richie zitto , eles contratam o virtuosíssimo baixista texano KINLEY WOLFE
[Black oak Arkansas , Lord tracy , Kinley wolf aka barney ] que tbm já aparece nos clipes de divulgação do álbum e para bateria o garoto inglês MICHAEL LEE ,
Michael Gary Pearson 19 November 1969, Newcastle upon Tyne –

da desconhecida banda Little angels , mas que já tinha tocado na califórnia com um grupo trash metal Holosade , Michael gary person natural de NewCastle uk tinha apenas 22 anos qdo entrou para o The cult , banda que seria sua porta de entrada para os grandes nomes do rock mundial .
John Sinclair agora com direito de fazer parte da banda e aparecer no palco é reconvocado para os shows .


A banda THE DOORS resolvem contratar Oliver stone para fazer um filme sobre a banda e sobre o lendario JIM MORRISON falecido em 1971, O filme seria um sucesso inacreditável de publico e fez com que os DOORS se tornassem populares e até febre entre jovens e adolescentes de todo o mundo , inclusive no brasil.
Em 9 de setembro de 1991 , Ian astbury que tinha sido convidado a fazer o teste pra reviver o papel de JIM MORRISON no filme THE DOORS de OLIVER STONE , assim como seu amigo Matt dilon que tbm fez o teste, Ian agradeçeu o convite mas disse que não era ator e não conseguiria fazer o tal papel que acabou sendo feito por VAL KILMER ...
Ian astbury apresenta-se ao vivo em uma festa da MTV USA chamada : THE DOORS OLIVER STONE MTV PREMIERE onde pela primeira vez na sua carreira Ian canta ao lado dos seus idolos do THE DOORS, as imagens que tenho dessa apresentação não dão certeza de quem é a banda completa mas supõe-se que sejam : Robby krieger na guitarra , Ray manzareck no teclado , um desconhecido guitarrista de apoio, Billy idol tambem canta com ian astbury [inclusive tinha esse video no Youtube que foi retirado posteriormente],um vocalista cover sosia de Jim Morrison ,Provavelmente John desmore na bateria e um baixista que se parece com Lee rocker do STRAY CATS inclusive com um enorme baixo acustico no palco com logotipo enorme THE DOORS, e pelas pequenas e antigas imagens que tenho deve ter sido muito animado o pocket show que já em 91 projetava para um futuro inimaginavel a parceria de Ian astbury com seus idolos dos THE DOORS...

Ian inicia a CEREMONIAL STOMP TOUR ,A banda começa a sua tourne em 24 de outubro em Rotterdam na Holanda show que já vira um disco pirata muito legal gravado no The ahoy hall na holanda , Ian com uma calça de couro de cobra , magro já que tinha feito um longo tratamento de reabilitação e abstinência alcoólica , com uma camiseta preta e chapeu de cowboy branco e
billy duffy de cabelos mais curtos e jaqueta de couro sua Les paul dourada e a banda de apoio impecavel .

´´ Muito obrigado por virem ao primeiro show da Ceremonial stomp ´´
Ian astbury

Para pagar o cano , dado no the cult durante o festival gathering of the tribes o Rockeiro Lenny kravitz se candidata a artista de abertura dos shows do THE CULT , parceria positiva .Um problema terrível na carreira da banda ,

A capa do álbum e no vídeo de Wild hearted son , um garoto índio de 11 anos
ETERNITY CRAZY BEAR da triblo OGLALA SIOUX de DAKOTA DO SUL aparece sem autorização, a foto do garoto foi tirada em 1984 e no vídeo ela aparece sendo queimada ao lado de imagens de Marthin Luther king e John lennon , a tribo do referido índio já mais velho , alega que o FOGO é a condenação a sua cultura , e que queima-lo no vídeo é um ritual de azar e processa o THE CULT em 61 milhões de dólares através dos pais [Tom e Jennifer eternity crazy bear dubray] ; Segundo o advogado PAM LIAPAKIS o que a banda fez causou graves transtornos ao garoto agora por volta dos 10 anos.

´´O pai do índio Eternity disse a mim : eles condenaram meu filho a morte antes que ele tivesse uma chance pra vida ´´

Conta o advogado Liapakis tentando fazer drama .

além de um valor totalmente fora da realidade , o Cult acabou ganhando o processo baseado em que Ian astbury sempre foi um fervoroso protetor das causas indígenas, idealizador e líder do Gathering of the tribes , e associações testemunharam ao seu favor .

O álbum ceremony vende 1 milhão de cópias no Canadá , e 400 mil nos EUA .

O ex baixista Kid chaos lança seu segundo álbum [Nobody Said it Was Easy ] ,
produzido por rick rubin pelo selo Def american ,



durante um show do Cult no G-MEX CENTRE –MANCHESTER reino unido no dia 24 de novembro de 91, Ian astbury recebe a noticia que Freedy mercury do Queen tinha falecido de aids , ele para o show e diz

´´ vou dedicar a musica edie ciao baby ao cantor Freedy mercury , não sei se vão gostar da musica , mas o cara era um gênio ´´

Apresentações por toda Europa nos mais variados paises até que o the cult
marca shows pela primeira vez no Brasil depois de 2 cancelamentos , inicialmente seria vários shows pelo pais o que deixou a galera brasileira louca , mas acontece que o presidente Fernando Collor de melo , seqüestrou a poupança dos brasileiros e toda a grana circulante sumiu do mercado , o que deixou não so os produtores e fãs , mas tbm a banda surpresa , Ian mesmo assim fez questão de vir ao brasil conhecer pela primeira vez um pais do qual seu falecido pai tanto falava e que estivera por aqui inúmeras vezes a trabalho , Devido a crise brutal são cancelados todos os shows, exceto 1 em são Paulo no dia 5 de dezembro , Ian astbury fez questão de conhecer primeiro o Rio de janeiro a pedido dos amigos do The mission uk e do Steve Jones dos sex pistols , ficaram hospedados no hotel gloria no Flamengo com muita coisa na agenda para cumprir , Astbury agora tinha passado por um longo período de tratamento medico contra o alcoolismo e abuso de drogas , emagreceu vários quilos e estava esguio e cheio de gáz , totalmente apaixonado pela loira norte americana HEATHER que seria a mãe de seus 2 filhos , Ian a trouxe a tira-colo , de tão magra e esquisita muitos achavam que se tratasse de uma travesti , após o descanso da viagem e entrevistas coletivas para imprensa brasileira , onde Ian declara que as únicas coisas que conhece de musica brasileira é o sepultura e a Astrud Gilberto ex esposa de João Gilberto e famosa cantora de bossa-jazz.
Ian astbury e Billy duffy fazem questão de repetir o feito dos seus amigos britânicos e irem conhecer o lendário ladrão do trem pagador ,RONALD BIGGS que tinha composto letras para os SEX PISTOLS ,e que morava no Brasil , onde tinha se casado com uma brasileira e tido um filho Michael biggs que fez parte do grupo infantil Balão mágico , muito conhecido no Brasil ,
Ronald biggs já de idade sobrevivia fazendo churrascos com roda de samba em sua casa para turistas ingleses , e ficou felicíssimo em receber os rockeiros do the cult , devidamente recomendado pelos Pistols amigos da banda , Ian e o cult deu dicas ao garoto filho de Ronald que ele deveria seguir a carreira de rockeiro , o que foi prontamente feito pelo garoto.
O cult desembarca em São Paulo , e são recebidos pelo pessoal da MTV BRASIL , onde fazem programas de tv apresentando videoclipes de sua preferência com um ar visivelmente entediante , pedindo vídeos de Led Zeppelin , Deep purple , Black Sabbath , Doors , Hendrix , Janis Joplin , Blue cheer , Alice in chains , Lenny kravitz etc

São convidados a um jantar especial com o pessoal da MTV liderado pela milionária CAROL MALUF CIVITA herdeira do grupo abril , que tentando ser gentil com a banda durante o jantar , pergunta a Ian astbury , onde eles iriam após ?
[ qual cidade o cult se apresentaria após o brasil]
ele respondeu groceiramente

``daqui vou direto ao banheiro´´

criando uma clima terrível entre todos

Astbury da entevistas no backstage do show :

Dizendo que odeia tournes , que parou de beber , que além de rock se tornou um fã de Seal , lenny kravitz , Madonna e as bandas de Seattle além das suas bandas do coração
Ian diz que no momento ele e billy duffy não estão muito bem , e que ele esta felicíssimo de estar no Brasil , por que seu pai esteve no Brasil por varias vezes desde os anos 50 qdo vinha a trabalho como Marinheiro , diz que o pai chegou a assistir jogos com Pelé na vila Belmiro em santos , e que seu pai até foi preso uma vez no Brasil depois de uma farra com muita bebida no porto do rio de janeiro.



Vc acredita em deus pergunta a repórter ao Ian astbury :

´´ a humanidade precisa entrar em contato com os indios , eles tem a resposta , a minha religião é a natural , eu respeito todas as crenças , e não dou um centavo para aquele deus de barba da Bíblia e ainda por cima sentado´´

Após explicar ao repórter, e a sua esposa , que na Inglaterra se fala ´´Football´´ e não ´´ Soccer ´´ como nos eua , Ian diz qual é seu maior desejo no Brasil :

´´Gostaria de ver gente nua e feliz , dançando football ...´´



O show de são Paulo no Ginásio do ibirapuera foi um caos , hiper lotado a grade de proteção se rompeu e muitas pessoas foram pisoteadas , muitos ficaram de fora sem ingresso e para piorar a situação a banda teve parte do equipamento retido no chile ,
e a montagem as pressas fez com que o som do grupo estivesse péssimo durante o
show , a empresa ROCK IT CARGO que fazia o transporte pediu sinceras desculpas e se redimiu da culpa de ter atrasado o show e montagem de equipamentos , mesmo assim a banda fez um show memoravel com direiro a um solo dos musicos que levou são paulo ao delirio completo , em seguida eles tocam com o Stepenwolf no Derby rock festival na Argentina .

No encerramento da tour 91 em Toronto no Canadá no dia 31 de dezembro ,
JAMIE STEWART aparece como um simples mortal na platéia para prestigiar sua
ex-banda e interage de forma simples com os fãs do Cult que o recohecem , e durante o biz final
Lenny kravitz sobe ao palco com uma garrafa de champagne e sua guitarra e eles fazem o brinde de ANO NOVO , bebem e depois mandam ver uma estrondosa versão de Love removal machine .




3 dias depois a banda estava de volta aos palcos em mais uma etapa da tour canadense que continou por todo o ano de 92,

No dia 22 de fevereiro de 92 em DETROID USA o Cult participa do :
KICK OUT THE JAMS: A TRIBUTE TO ROB TYNER
STATE THEATER, DETROIT
Tyner era líder do MC5 precursora do punk rock dos EUA , o Cult toca wild flower ,
lil devil e earth mofo do novo disco e no fim do show fazem uma Jam coletiva com Kick out the Jam o grande sucesso do MC5 .

Cult foi bem recebido pela critica que classificou o álbum ceremony como uma mistura de Love com o Guns and roses Use your illusion , álbum duplo da banda GNROSES que sai um agradecimento ao The cult no encarte .

Em abril de 92 o cult recebe uma má noticia , morre aos 33 anos de overdose de heroína em Londres o primeiro baterista do cult NIGEL PRESTON[ex- Gun club , ex-baby snakes ] o criador dos loops de batera de She sells sanctuary o maior hit da história da banda .


No decorrer da tour de 92 o cult foi mudando o seu visual ,de cowboys americanos para grunges de Seattle , Ian e Billy cortam os cabelos radicalmente e passam a se vestir com tênis , camiseta cavadas e camisas xadrez a moda grunge e durante o show do Finsbury park em junho na Inglaterra , Ian da uma estranha declaração de que o rock
´´estaria morto´´ parafraseando seu ídolo Jim morrison e exaltando a musica eletrônica , Nesse show na Inglaterra eles fazem uma bela cover de Young man blues do The who .


"Southern Death Cult uma banda original? É porque não dávamos conta de nada. Só passávamos por um grupo experimental porque não entendíamos o que fazíamos".

Ian astbury sobre sua antiga banda em uma entrevista de 92

dia 8 de junho eles se apresentam no Pink pop na Holanda para um publico de 50 mil pessoas ao lado de Lou reed , pearl jam , L7, Soundgardem entre outros , Ian que tinha abandonado o álcool tinha agora uma nova paixão o XTC , que o fazia literalmente ferver e soltar fumaça mesmo tocando ao vivo na Holanda a quase 0 graus de temperatura .
Ian completamente chapado , não fala coisa com coisa durante o show, o cult faz um show louco cuja a faixa sun king acabou virando vídeo , durante esse show dava pra ver como o garoto Michael Lee e o virtuose Kinley Wolf estavam integrados a banda ,
billy duffy usa e abusa dos efeitos de sua lês Paul preta , órfã pelo fato do cult não ter um guitarrista base .
Durante o show do Pink pop , Astbury convida ao palco o baixista do PEARL JAM –
JEFF AMENT e juntos eles revivem Roadhouse blues dos Doors de maneira vergonhosa visto que Ian está tão chapado que não sabe a letra da musica ;
Nessa época a banda lança uma bela e ilustrada coletânea
[ PURE CULT for rockers , ravers , lovers and sinners ] com um apanhado geral da banda desde 84, algumas copias desse álbum vieram de brinde parte de um disco ao vivo gravado em 91 dia 27 de novembro o PURE CULT live ate Marquee –London onde eles tocam lados b como a belíssima zap city e musicas mais raras no set list , Robert plant estava presente no show , e no mês de setembro o jovem baterista Michael Lee deixa o cult pra fazer testes com a banda David coverdale & Jimmi page que gravariam um álbum, mas acabou sendo contratado pelo Robert Plant para fazer parte de sua banda solo e um novo álbum Fate of nations , e o sucesso foi tanto que em seguida Michael Lee foi convidado para integrar a banda dos liders do led zeppelin , Page & Plant onde eles fez grande sucesso e esteve em 2 ocasioes com eles no Brasil após ter vindo com o the cult em 91 .






Durante alguns shows informais em outubro de 92 , sem compromisso de tour , o cult já apresentava novas musicas pára seu próximo disco , e eles conseguiram um baterista para substituir Michael Lee , no San Francisco, California, Indian Treaty Council Benefit em 12 de outubro , o jovem norte americano :
SCOTT GARRETT
[ Dag nasty uma banda punk de washington dc formada em 85 , God lives under water , Pop´s cool love e Neverland juntamente com o guitarrista Patrick sugg]


é o novo baterista do the cult , Durante esse show com o novo baterista e o baixista Kinley wolf , billy duffy e Ian astbury fazem uma belíssima cover de
CORTEZ THE KILLER
clássico absoluto do canadense NEIL YOUNG [ que conta a tragédia imposta pelo conquistador espanhol Hernan Cortez , que teve o primeiro contato com os Astecas e foi recebido por Montezuma 2 [ nono imperador asteca ] e o assassinou tempos depois.
A musica que tem quase nove minutos , o feeling de Astbury e a guitarra sem igual de Billy duffy dão um show , pena não terem gravado essa canção em estúdio .

´´ Eu nunca toco guitarra no palco , mas hoje é uma ocasião especial pois canto uma musica sobre o massacre de um povo perdido[Astecas - civilizição pré-americana ] em uma canção de Neil Young .´´

´´O Cult vai embora agora por um longo tempo , vcs não nos verá tão cedo ´´

Ian astbury
antes de inicicar o show beneficente ao ar livre .



Dia 12 de dezembro eles tocam na radio KROCK para um show acústico de natal , ficam de férias do reveillon de 92 até maio de 93 onde o cult sai em uma longa tourné pela Europa e ásia , por paises nunca antes percorridos , Pois a banda foi novamente convidada pelo Mettalica para excursionar juntos , com o visual completamente oposto do ceremony , como novo logotipo e com uma banda reformulada o cult cai na estrada em 93. O excelente baixista Kinley wolf foi despedido , pois Ian disse que apesar de ótimo ele não se encaixaria ao som que o cult estava se propondo a fazer, Na verdade uma ´´ desculpa esfarrapada´´ , pra evitar que o ótimo baixista , tivesse vínculos com o THE CULT , já que era tão bom e querido pelos fãs .


´´Ele era um Van hallen do baixo , Eddie van hallen de Bolton lancashire ´´

Ian astbury sobre seu ex-baixista Kinley wolf

Com Scott Garret na bateria , eles convidam o amigo e parceiro
CRAIG ADAMS
(born 4 April 1962 in Otley, West Yorkshire) ex-Expeilaires , Sister of mercy , Sisterhood e The mission uk ,
para fazer parte da banda, Baixista que já era um velho conhecido e tinha ate feito algumas jams com eles em anos anteriores , a banda resolve que deveriam ter um guitarrista base e dispensar os teclados , John Sinclair volta correndo para banda do Rei do heavy metal OZZY , que o recebeu de braços abertos até hoje , e da banda solo de Steve Jones vem o guitarrista servio-croata

MICHAEL JOHN DIMKICH Norte americano de origem croata, Formado em Historia,Linguas e corredor de maratonas e biker profissional [ ex-So Cal , Steve jones]com um visual rockabilly e um jeito todo especial de tocar , Mike relembra tempos depois que ,só não gostava qdo fãs radicais do metallica lhe jogavam garrafas plásticas cheias de urina ?
durante a tour Metallica & The cult 93, Ian astbury relembra que jogavam de tudo neles durante a tour com o Metallica , urina , garrafas e até fezes .


A banda já toca nos show varias musicas do futuro álbum como : gone , be free e starchild um antigo riff da banda de 89 que foi reaproveitado ,para os shows da Inglaterra , Ian recebe um convite do seu desafeto Axl rose , pedindo desculpas e o convidando para excursionar com o Guns and roses , Ian aceita o convite e as bandas partem para o reino unido para vários shows juntamente com as bandas [Soul asylum e Blind melon ] cujo vocalista Shanon hoon grande amigo de Axl rose e de Ian astbury acaba morrendo de overdose de heroína tempos depois .

No Milton Keynes Bowl Inglaterra junto dos Guns and roses , eles tocam Gone e Starchild com um belíssimo e diferente solo de Billy duffy no arranjo , acompanhado do novato Mike dimikich na guitarra base e uma versão de wild flower empolgante com duas guitarras que não era tocada desde 87 , e uma versão pesadíssima e rápida de Earth mofo , tocam a nova musica The witch que já tinha saído na coletânea Pure Cult e agradece ao Guns and roses pelo convite da excursão e se despede do Ingleses , Irlandese , Galeses e Escoceses presentes ao som de Love removal machine

Paralelo a tour o cult é convidado a participar da trilha sonora do filme de animação COOL WORLD [ Bradd pitt e Kim bassinger ] juntamente com electronic , future sound of london ,David bowie , e a produção da faixa THE WITCH fica a cargo do Rick Rubin , produtor do disco eletric , seu assistente George drakoulias no baixo e Matt dike na bateria , Billy duffy na guitara .
A musica é um sinal que o The cult , mudou completamente , de banda de hard rock de arena , para banda de eletro-rock o que deixou a maioria dos fãs totalmente desorientados .


Billy duffy participa como guitarrista solo da faixa [hell´s back door ]
do primeiro álbum do produtor BOB ROCK de nome ROCK HEAD , além de Billy duffy :
Steven Jack lead vocals
Jamey Kosh bass, backing vocals
Chris Taylor drums baterista das gravações do Sonic temple
Bob Rock guitars, backing vocals
John Webster keyboards, tecladista de apoio do Sonic temple


Ian astbury participa juntamente com o guitarrista Jerry cantrell do Alice in chains do disco MAGIC & MADNESS da banda grebo CIRCUS OF POWER de 93
Na faixa [ Shine ] uma belíssima musica que remete a White do ceremony mostrando que Ian astbury faz diferença aonde coloca sua voz.



Ian envolvido até o pescoço com musica eletronica e convidado a participar do álbum do grupo eletrônico Messiah , o disco de nome 21st century Jesus traz Ian astbury em 5 faixas em samplers e vocais , Uma das musicas tem o sugestivo nome de [ Beyond good and evil ] titulo de um livro do filosofo alemão Nieztsche
.

A tour européia de 93 seria de maio a junho por uma infinidade de paises .

Durante os shows Cult & Guns and roses & Metallica como o da Holanda , era comum ver Matt sorum no backstage junto do cult o que sepultaria qualquer conversa de inimizade entre as bandas , As performances do cult estavam pesadíssimas até por que Mike dimkich acrescentou um peso extra a banda e musicas como ny city e earth mofo arrasavam o assoalho , em Berlin na Alemanha eles tocam Indian , com uma versão de guitarras , durante a passagem deles por Portugal na excursão com o Mettalica a banda resolve fazer 2 shows distintos ,
um mega em um estádio , e um intimista para apenas 300 pessoas no Clube gartejo em Lisboa e durante o show Ian joga o microfone sem querer e acerta a cabeça do Scott Garret que acaba sangrando violentamente e o show tem de ser interrompido , fato que acabou colocado na letra de opium , [the drummer head is bleeding.....] uma musica do seu futuro grupo Holy barbarians.
Shows pela grécia , turkia , Espanha em conjunto com Mettalica já com varias musicas do futuro álbum .
Em junho no famoso Brixton academy de Londres o cult faz um show especial para seus fãs ingleses com abertura da banda de rap islâmico FUN DA MENTAL de propriedade do paquistanês Aky nawaz quereshi , ex parceiro de Ian astbury no southern death cult no inicio da década de 80. alem de musicas novas como starchild , the witch , gone e be free o cult arrebenta com clássicos como sun king , american horse , earth mofo e cia
A banda encerra a tour e se junta ao produtor RICK RUBIN para colocar em estúdio as novas composições que surgiram no fim de 92 e durante 93 ;
a banda toma rumo ignorado e fica praticamente um ano desaparecida com cada um para seu canto , Mike dimkich aproveita o hiato para trabalhar em seu projeto
SUCKERPUNCH ele que já tinha tocado com os ex pistols Steve Jones e Paul cook os The professionals e com o Chanel tree e Steve Jones solo .

Os 4 musicos restantes vão trabalhar em 94 para tentar gravar o sucessor de Ceremony com Rick rubin que tinha feito um tão excelente trabalho em 87 e em The witch , Mas ao que parece Rick Rubin e o the cult não se entenderam bem dessa vez , gravaram juntos um especial para MTV EUROPA que acabou virando material para o primeiro dvd oficial da banda PURE CULT , mas o trabalho não vingou , E o disco com Rick Rubin não saiu e foi arquivado .



´´Rick Rubin estava muito desatento , parecia um viadinho [sic] não prestava atenção no que a banda pedia e ainda por cima so ficava ouvindo suas musicas preferidas no fone de ouvido ´´

´´Ele vive viajando no seu mundo , com um copo de suco de grapefruit e um sanduíche de atum na mão , ele nunca bebe , não fuma e não usa droga nenhuma , fazendo exercícios em um bicicleta esteira e escutando AC DC ´´

´´Ninguem adquiriu os direitos autorais sobre o blues elétrico ? certamente muitas bandas e fãs não gostam do Led Zeppelin , vc pode ouvir as raízes deles em gravações bem mais antigas que eles , nós não estamos imitando eles , apenas atualizando o que eles já faziam ´´ [ sobre o Led Zeppelin e o disco Electric ]

Ian astbury em entrevista pra NME em 96


Astbury tem seu primeiro filho fruto da casamento com a modelo e estilista de roupas HEATHER , na época estilista do Metallica , o nome do garoto é uma homenagem do pai ao que ele diz ser sua princesa e o rei
[ DUSTYN JAMES JOPLIN ASTBURY ] a princesa Janis joplin e o rei lagarto James douglas morrison .

O cult aproveita o hiato para lançar um cd em comemoração dos 10 anos de she sells sanctuary com varias versões diferentes e remixadas do grande hit da banda
Produtores como Youth da Madonna e Butch vig no Nirvana , J.t Tirghwell entre outros produzem 7 versões diferentes remixadas do grande hit do Cult , a versão de Butch vig é a melhor com a inclusão de um novo solo de guitarra fantástico de Billy duffy .

THE CULT SINGLES COLLECTION 1984-1994 contendo material inédito não lançado nos discos oficiais o que atiça a curiosidade dos fãs mais fogosos , sem falar que nessa época já se achavam bootlegs de boa qualidade da banda e shows em vídeo .
O cult resolve chamar Bob rock , responsável pelo maior sucesso comercial da banda para re-produzir o disco gravado por Rubin , eles vão para o Warehouse studios em Vancouver no Canadá no segundo semestre de 94 e gravam o novo disco com uma equipe de apoio;
Jim McGiueray na percussão de apoio , Bob rock nas guitarras , baixo e teclados , o brasileiro Mario caldato jr mixa a faixa coming down primeiro single da banda que tem o vídeo promocional feito pela equipe de George Lucas e seu filho, e tem a esposa do Ian como personagem principal
O mundo impregnado pelo som da era grunge de bandas como NIRVANA e cia, o U2 com o sucesso estrondoso de seu ACTHUNG BABY e ZOOROPA,
a musica eletronica despontando como universal e bandas pop como INXS no seu auge, antes da morte de MICHAEL HUTCHENSE.
Astbury resolve dar uma repaginada completa tanto na sonoridade como no visual e caminhos da banda; e eles gravam um disco de nome THE CULT, com um belo BODE PRETO na capa como se o Cult fosse taxado como a ovelha negra do rock mundial , com a produção de BOB ROCK que também toca guitarra e teclados de apoio, apoiado pelo tecladista SCOTT HUMPREY [Nine Inch Nails - Robie Zombie - Thomy Lee] impõe um clima psicodelico e viajante ao disco que horas lembra a fase anterior do cult , com pistas de modernidade e eletronica com nuances de THE DOORS e algo de BEATLES . Billy duffy toca baixo na faixa Naturally High onde Ian faz as guitarras impregnadas de Wah Wah para contar a letra que fala sobre a morte do ex baterista Nigel preston. O disco surprende a critica e fãs , por ser completamente diferente dos 3 discos anteriores, com musicas sem solo de guitarras, clima hard , mas com pitadas de grunge, pop e eletronico. Ian astbury resolve expor uma das mais negras passagens da sua vida na musica BLACK SUN, onde conta o abuso sexual que sofreu ainda criança no Canadá quando trabalhava em uma lanchonete.
A sonoridade das canções remetem a THE DOORS ,INXS , NIRVANA , U2 e não somente a Led Zeppelin e Ac Dc como faziam antes.
Na belissima Sacred Life, Astbury presta homenagens a Abbie hofman o pai do LSD, a Kurt Cobain, Andrew Wood, River Phoenix, que morre de overdose na porta do lendario Viper Room de hollywood.
Com violões, teclados, percussão e uma sonoridade bem diferente do the cult usual , Ian estava feliz nessa época pelo nascimento de seu filho.
ASTBURY pretende deixar uma marca conceitual no album THE CULT conhecido carinhosamente como BODE pelos fãs de carteirinha.
Coming down , Star e Be Free são os singles do disco, e faixas belíssimas como a Thedooriana JOY, que lembra demais Cold Turkey do lendário JOHN LENNON, ídolo e inspirador de Astbury; e a intrigante Universal You, escrita por Craig Adams fazem bonito. Faixas estranhas, mas belas, como Emperors New Horse e Saints Are Down que traz samplers de Buffy Saint Marie, fazendo Edith Piaf, soa como surpresa aos fãs hard rock do Cult
O encarte do album é todo feito a mão por IAN ASTBURY com direito a agradecimentos a sua esposa que aparece no clipe de coming down, declaração de amor ao Craig Adams, desenhos bizarros feitos por Ian e detalhes da ficha tecnica bem completos e curiosos. No single de Star a foto de 2 meninos ruivos de cabelo muito peculiar no caso os dois irmãos GARRET que mais tarde tocariam com Ian no Holy Barbarians.
Curiosamente o album THE CULT deixa de fora varias faixas que foram lançadas posteriormente com lados b: Splunge Relapse, down on me , Sacred High , In The Clouds, Breathing Out , Beautys On The Streets e
North: que traz JOHNNY MARR guitarrista do The Smiths como convidado, e o cult detona nas guitarras em uma canção que conta a vida no norte da Inglaterra durante a infância deles por lá , Billy conheceu Marr aos 13 anos na escola em Manchester e ensinou a ele seus primeiros acordes de guitarra , tempos depois fez parte de uma banda com Morrisey e indicou o amigo Johnny marr e Andy rourke pra que eles formassem uma banda, as faixas lados b , são sem duvida nenhuma melhores que as faixas que saíram no disco oficial .

O álbum conseguiu pouco sucesso, somente alcançando o 69º lugar nos EUA e 21º no Reino Unido. O cult disse na época que sabia que o álbum não venderia tãao bem com todos os FUCKS em "Gone", mas achava que o disco era provavelmente o álbum definitivo da banda. O single "Coming Down (Drug Tongue)" foi lançado logo no início da turnê para promover o disco, logo depois veio o single de "STAR", esta música nasceu em 1986 e se chamava "Tom Petty", foi gravada nas seções demo do "Sonic Temple" e ali foi batizada como "Starchild", sendo descartada pela banda durante os ensaios. Em 1993 a música foi revitalizada mais uma vez e foi finalmente completada para o lançamento em 1994 com o simples título de "STAR".
A turnê intitulada "Beauty's on the Streets" começou no inverno de 1994 e contaram com o guitarrista de apoio
JAMES STEVENSON 1959 UK [ ex-Chelsea , Generation X , Jene loves jesebel ]
Já que o guitarrista Mike dimkich estava envolvido com sua banda suckerpunch e não tinha como integrar a banda naquele momento.
Assim como aconteceu em Ceremony, apesar dos dois singles oficiais, outras músicas foram lançadas como single em determinados Países e de uma maneira limitada. "Sacred Life" foi lançada na Espanha e Holanda. "Be Free" foi lançada no Canadá e França. "Saints are Down" foi lançada na Grécia, mas nenhuma delas foram um sucesso comercial.
O disco foi um divisor de águas, sem dúvida teve algo mais na sua composição e teve algo de confessual por parte de Astbury como ele mesmo diz, produção impecável, novos músicos, foi relativamente bem visto pela critica, mas com comentários que o Cult tinha ´´atirado pra vários lados´´ tentando acertar o alvo, e ao que parece ele errou a pontaria, já que o disco foi um fracasso de vendas, o que deixou Astbury desapontadíssimo
O cult tem agenda lotada de outubro a dezembro de 94 por toda a Europa e no ano seguinte
Na estréia da banda em 23 de outubro de 1994 em uma boite com capacidade para 1200 pessoas o Comodore Balroom em Vancouver BC Canadá ,
O vocalista Steven Tyler aparece na casa pra prestigiar o The Cult e deixa Ian e todos muito orgulhosos , o melhor dos shows do Cult que já vi até hoje conta o fã Jon Taylor dono do site [cultcentral.com] profundo conhecedor da banda, encantado ao ouvir no show de estréia em seu pais : gone , star , be free , emperors new horse , Black Sun , coming down e sacred life entre os hits já conhecidos da banda , Já que o Cult nunca foi de tocar muitas musicas novas em um mesmo set list .
Em NY city em dezembro no Irving Plaza

´´Nós somos marginalizados , uma banda que eles não querem ´´
Diz Ian astbury divulgando seu novo disco Ovelha negra do rock segundo eles mesmo diziam nas entrevistas .

Durante o show de Portugal em Novembro , no Coliseu do porto o cult , toca a estranha e bela
Saint´s are down em 94
Em alguns shows Ian pede cigarros a platéia e improvisa uma canção chamada Ciggie time , e pela primeira vez no cult Billy toca em publico com uma guitarra Fender stratocaster em sacred life , Em dezembro em Brighton Inglaterra após a pausa para o cigarrinho e uma cerveja , já que Ian tinha voltado a beber , ele generosamente presenteia alguns fãs ingleses com latas de cerveja e diz :

´´Nós somos mesmo muito felizes por estar tocando pra vcs esta noite aqui´´
e mandam she sells sanctuary precedida de um sampler do filme Pulp fiction .
A banda toca a musica inédita IN THE CLOUDS que acabou na trilha sonora do ESPN e virou bônus track de uma coletânea no ano seguinte chamada HIGH OCTANE CULT juntamente com beautys on the streets . No ano de 95 eles estréiam a tour 95 na Nova Zelândia dia 19 de janeiro , o disco sai no Brasil e o cult anuncia uma mega tour pela américa latina com 4 shows no Brasil , Em 14 de fevereiro de 95 em um show em Vancouver , Bob rock se junta a banda e uma guitarra pra tocarem Love removal machine .
No show de Ventura theatre na Califórnia do dia 19 , Ian exibiu para um publico pequeno ,
seu filho bebê Dustyn James Joplin astbury .
Dia 7 de março em San Antonio no Texas , Dennis rodman astro do basquete vai ao show do Cult e fica pra festa após o show , No dia 12 de março de 95 , vestido com uma camiseta X-GIRL , Ian astbury diz que :
Era muito estranho ele tocar em Atlanta na Geórgia , por que foi lá que seu pai tinha morrido durante um show do cult , e anunciou que eles iriam fazer shows na America do sul e que eles gravaram 22 musicas para o novo álbum e provavelmente no fim do ano de 95 o Cult lançaria mais um álbum com as faixas restantes do THE CULT SELF-TITLED tbm conhecido como BLACK SHIPE ou carinhosamente de BODE pelos fãs brasileiros .

Durante o festival BIG DAY OUT nesses meses , a viuva do Kurt cobain COURTNEY LOVE , procura o cult pra dizer que ela aprendeu a tocar guitarra tentando dedilhar she sells sanctuary ,e depois de algum tempo de conversa , Billy duffy acaba ficando com a loira fogosa , o que provoca burburinho na imprensa local e nos ex nirvanas vivos como David groll .
A banda desembarca em março na Argentina para 2 shows fantásticos e até gravam In the clouds para o dvd pure cult , e o show deles vira um cd bootleg de nome CEREMONIA e vem ao Brasil pela segunda vez para shows lotados e sucesso de publico e critica com ingressos a 25 reais .
A mtv Brasil prepara uma recepção calorosa para banda com muitas entrevistas e aparições na tv , durante a coletiva no hotel maksoud Plaza a banda chegou a beira do ridículo de tão arrogante , fazendo pouco caso e zombando dos repórteres locais , Ian se recusa a segurar uma capa da revista rock brigade por ter o Iron maidem na capa , Forçando o Editor Acm , a recortar com tesoura e montar na hora uma capa com o cult , Na mtv Ian quase parte pra briga com Gastão Moreira por que discutiam sobre a banda HAWKWIND primeira banda de IAN LEMMY KILMISTER do Motorhead , durante os shows de são Paulo , Ian ao contrario da tour do ceremony estava tomando todas e aparecia em publico bebendo cerveja brasileira , todo animado quase acerta de novo o microfone na cabeça do baterista por esse estar cantando mais alto que ele, chaves de carro jogadas no palco , incêndio em veículos do lado de fora , e até Ian astbury resolve dar uma de baterista e toca THE DOORS em meio animação , Billy duffy dá um show a parte com sua Les Paul , Ian esteve bem acessível aos fãs durante essa vinda ao Brasil , talvez de tanta cerveja Brahma e Cerpa que ele tomou por aqui , no dia seguinte do show a MTV programa um futebol a pedido dos caras do cult que perdem de 10 X 1, gol marcado por Billy duffy de pênalti , para o time formado por integrantes do Titãs e viper-angra
Ian se torna amigo de Charles Gavin baterista dos titãs com seu grande conhecimento musical .
Eles tocam no rio de janeiro e ficam encantados com a platéia brasileira e o calor humano , e jogam a chave de um carro [fusca da wolkswagen] no palco e Ian para o show depois dos gritos de Samuel L Jackson em pulp fiction sampleados antes de she sells sanctury , e um rapaz sobe ao palco pra pegar suas chaves. Ao contrario da tour de 91 onde o Ian astbury , não estava bebendo nada , durante os shows de 95 ele estava bêbado , empunhando uma lata de cerveja Brahma durante os shows e Cerpa depois no Macksoud Plaza .
O jovem do Abc Ricardo Franscisco Silva [ ardoroso fã do cult ] , presente em todas as tours do cult no Brasil , esteve em perseguição da Van da banda , da saída do Olympia na Lapa até a Avenida Paulista , onde o Ian elogiou a persistência do rapaz e de sua namorada e foi o mais prestativo possível com eles.

´´Vc aqui de novo man , vc é mesmo fã do the Cult hein Ricardo ´´

´´ Eu realmente estava precisando de conselhos a tempos atrás, Eu me lembro de ter conhecido MICK JAGGER , era uma pessoa que eu admirava de verdade e estava ansioso para encontra-lo , pracisava de uma luz , de um sinal ? estava procurando algo que me engrandecesse , So que ele não estava nem um pouco interessado em mim , isso me fez me sentir realmente triste , isso me fez achar MICK JAGGER amargo como toda sua geração , Eu quis que todos eles se fodessem.
Qdo conheci ROBERT PLANT foi totalmente diferente, ele foi caloroso e sincero e teve muitas coisas legais para me dizer , eu realmente queria que pessoas como PLANT existissem aos montes ...´´
IAN ASTBURY durante sua terceira vinda ao Brasil

Com muito sarcasmo e mau-caratismo , eles desdenham dos jornalistas durante a coletiva no Brasil :

´´ Nossas influências são varias , mais eu destaco a DOLLY PARTON ´´

´´ Nosso novo single ? provavelmente uma cover do ROXETTE ´´

´´Sobre o BODE PRETO na capa ? eu adoro animais , tem haver com a banda mesmo , algo meio ´´maldito´´ sempre nos colocamos como a Ovelha negra do rock´´

´´ Fizemos shows aqui em 91 ? eu não me lembro...´´

THE CULT self-titled comentado faixa a faixa por Billy duffy e por Dawn astbury [Parente de Ian ] :

. GONE: ´´ Esta tem um feeling bem ao vivo no estúdio , autêntica , obscura , algo bem profano , então pode se dizer que é nossa canção maliciosa´´

. COMING DOWN drug tongue : ´´ Originalmente nos colocamos um loop de bateria para mantermos o ritmo , e depois regrupamos a musica com precussão de verdade , é o primeiro single , eu estava tentando criar um clima do tipo HAWKWIND encontra os SEX PISTOLS , mas o deus sabe o que eu criei ?´´

. REAL GRRL : ´´ é uma das minhas favoritas , ficou pronta bem facilmente , eu comecei a tocar um riff em um ensaio e a banda acompanhou assim que conseguiu pensar algo pra tocar ´´

. BLACK SUN : ´´Grande letra de Ian sobre abuso infantil , Ian ficou bem mais realista nesse disco , também tentou cantar de um jeito mais honesto , com menos tentativa de colocar harmonia em tudo e soar ´´doçe´´ , esta musica está Nua para mim´´

.NATURALLY HIGH : ´´ Uma canção mais antiga que estivemos para gravar , A idéia original de Ian era uma canção acústica com balanço , Eu acabei tocando o contra-baixo por queríamos que soasse como baixo acústico e Ian fez os wah-wahs e até que não se saiu tão mal...´´
´´Sobre Nigel preston o baterista do Cult que foi expulso da banda na época do Love devido ao seu problema com drogas pesadas ´´

. JOY de vivre : ´´Uma das ultimas musicas que escrevemos , era pra ficar no fim do disco mas achamos legal coloca-la no fim do lado A como consenso geral ´´
´´Sobre Carol Astbury a mãe de Ian e sobre sua beleza ´´

. STAR : ´´Novamente esta é uma canção antiga , oriunda de um riff chamado Starchild , da época do Sonic temple , fizemos um loop de bateria e tocamos em cima ´´

. SACRED LIFE : ´´ Eu realmente gosto dessa , E bem madura e traz uma referencia a Kurt Cobain : Kurt Cobain era tão jovem , é triste ver que o poeta se foi ..., mas vc vai ter que falar com meu parceiro sobre isso , eu sei que ele vai ser meio malhado por isso , mas eu não me mato com as letras dele.´´

. BE FREE : ´´Nosso rock curto e grosso , eu simplesmente tinha um riff de rythim and blues , e bob rock reinterpretou pra mim no estilo HENDRIX ´´

. UNIVERSAL YOU : ´´ Nosso baixista Craig Adams escreveu grande parte da letra que é uma nova inclinação para o The Cult , Rick Rubin nos disse que deveríamos ter um baixista que auxiliasse nas composições , com Craig o negocio esta caminhando bem ´´

. EMPEROR´S NEW HORSE : Um trocadilho com Emperors new clothes um dos livros preferidos de Jim morrison , ´´Um rock pra se divertir , provavelmente o único que rima : French simbolist poetry com the fucking BBC ...´´

. SAINT´S ARE DOWN : ´´ Uma canção atmosférica , longa e melancólica , eu realmente gosto da parte estranha onde tem um sampler da [ Buffie Saint Marie ], fazendo todo tipo de maluquice , se eu sei o que ela está dizendo ? não faço nem idéia ...´´

BUFFIE SAINTE MARIE
[ uma cantora de protesto canadense nascida em um aldeia indígena ] Multi instrumentista , Universiária ligada as causas indígenas e reilgiosas Fé bahai , Buffie se destacou ao lado de músicos como
Neil young , Leonard Cohen , Johnie Mitchel , suas composições fizeram sucesso interpretadas por gente do calibre de : Elvis Presley , chet Atkins , Neil diamond , Barbara Streisand , Cher , Donovan etc ,
teve envolvimento com drogas farmacêuticas , compôs a trilha sonora do filme SOLDIER BLUE , aparecia regularmente no seriado de TV VILA SESAMO , onde até amamentou seu primeiro filho de nome DAKOTA STARBLANKET WOLFCHILD que inspirou o apelido carinhoso de Ian astbury .









Mas apesar de tudo parecer estar as mil maravilhas com o The cult , Ian astbury recebe a noticia dos eua que o álbum estava sendo um fracasso de vendas e algumas criticas negativas pela imprensa o que deixou Ian astbury chateadissimo mesmo ele nunca tenha revelado isso , a banda resolve comemorar o fim da tour america do sul no restaurante Marius inn em Copacabana e Ian astbury sem avisar nada a ninguém , pede um dinheiro ao empresário e vai as pressas embora para os eua. No dia seguinte , alguém acorda o baixista Craig Adams dizendo que eles teriam de ir embora , e ele disse que teriam mais shows , e foi avisado que Ian abandonou o cult e a banda acabou , tendo que cancelar algumas futuras datas . Apesar de que tem uma lenda que a banda saiu na porrada nas areias em frente ao Copacabana palace .
A noticia é dada aqui primeiro o que nos deixou completamente entristecidos em saber do fim do cult , depois de uma recepçao positiva por nossa parte .

Ian astbury resolve dar um tempo de rock e vai fazer viagens pelo mundo por seus paises preferidos em temporadas como um turista e não como líder do cult e passa o ano de 95 viajando por Portugal ,
Espanha , Peru , Chile , Argentina vai a Cuba conhecer o regime de Fidel castro e a historia de CHE GUEVARA um dos seus novos idolos , Ian se encanta com a Ilha e com o povo simples e sofrido de CUBA , sua musica , seu desapego material , e seu carinho com o turista .

Billy Duffy , com raiva pela deserção de Ian sem aviso prévio , vai embora para Inglaterra onde começa a trabalhar em 2 projetos musicais diferentes :
Logo após o final do cult , Billy duffy na guitarra solo se junta ao seu amigo Miles hunt guitarra e voz , Pete howard ex baterista do The clash , Morgan nicolls –baixo no projeto intitulado VENT 414 e THE WONDER STUFF .

Onde chegaram a gravar algo em estudio e tocarem no reading festival 95 , e em alguns shows nos eua , em seguida Billy duffy da uma pausa ,
BILLY DUFFY chega a gravar em estúdio algumas demos com o Lars ulrich do Metallica nessa época , e no ano seguinte ele monta uma banda de nome ;


INTERSTATE

juntamente com o ex baterista do cult MARK BRZEZICKI , o baixista do cult
CRAIG ADAMS e o vocalista VINCENT ROCKER onde faziam covers do cult , Big country e the mission uk , a banda ficou na ativa até setembro de 96 , tocando informalmente em bares.
A estréia do Interstate e um show na Shaftasbury avenue em Londres onde tocam 2 musicas do cult.

Nessa época Billy duffy aparece ao vivo com Billy idol em Los Angeles e ny city e eles estudam uma parceria para shows e um possível álbum juntos .

Billy duffy tbm fica combinado de gravar algumas musicas como IGGY POP e
COREY CLARK [ warrior soul ] que havia aberto shows pro Metallica .

E o ex-parceiro Ian astbury passava todo o ano de 96 com sua nova banda
HOLY BARBARIANS .

titulo inspirado no livro de Lawrence liptons de 59 , Ian resolve montar e gravar no fim de 95 seu primeiro disco solo ,Remixado no North vine studios Hollywood california , parte gravado em sua terra natal Liverpool uk , em estúdios como Parr street studios e Jackaranda club , ambos lugares freqüentados pelos Beatles , Para a bateria ele mantem Scott garret no cult desde 92 ,Sean thompson nos teclados para o baixo no álbum Orlando simms , para a tour o irmão norte americano de Scott , Matt Garret , na guitarra em duvida entre Bernard buttler e Adrian oxall do sharkboy , ele acaba escolhendo um texano
PATRICK SUGG , que tinha trabalhado com o Wayne kramer dos MC5 e era membro da banda Lucyfer wong e companheiro de banda de Scott Garret no NEVERLAND onde gravaram disco juntos ; entre uma seção e outra de gravação Ian assistia os jogos de seu time do coração o EVERTON de LIVERPOOL , cidade quem dedica com amor o primeiro single da banda Spacie junkie vem com remixes de dolly bird e uma belíssima canção lado b de nome Hate you que poderia ser para seu ex-parceiro Billy duffy ?

em janeiro de 96 sai o álbum CREAM

A banda inicia a tour em Hollywood usa , no Bar deluxe em seguida a banda faz shows durante todo o ano em varios paises da europa e por toda américa do norte .
Em um show em Bristol uk , fleece and firkin , Um dos irmãos Galagher do Oásis sobe ao palco no bizz para um cover de helter skelter , Holy barbarians abrem os shows como uma intro de jazz , Ian astbury recita poemas de escritores Beatniks como HOWL de ALLAN GINSBERG , eles tocam todas as musicas do álbum , mais 2 do cult ,
the witch e wild flower sempre com a segunda guitarra tocada por astbury e mais um tema instrumental do filme O expresso da meia noite e a cover de helter skelter dos beatles , Astbury mesmo pai de família diz que viveu um período de adolecente tocando com os Barbarians , dormindo em ônibus , bebendo até a madrugada e levando uma vida boggie , sai o video promocional de spacie junkie onde Ian aparece com as madeixas loiras ;




´´Eu tive saudade de casa´´

´´ Poder ver o Everton jogar a cada duas semanas é muito positivo , aquelas ruas legais no centro de Liverpool , um monte de clubes bacanas como o Cream , Jackaranda e o Parr studios , minha família pertinho em Birkenhead, e aquele monte de pubs irlandeses onde se pode beber uma cerveja inigualável ´´

´´Patrick sugg contribuiu muito para as musicas do Holy barbarians , eu acho ele uma mistura de Bernard Buttler [Suede –Duffy ] com Jimmi Page ´´

´´Obviamente , eu realmente amo o Billy duffy , e me preocupo muito com ele , mas eu precisava exercitar minha voz fora do Cult , comercialmente eu não ligo para o que vai acontecer com os Holy barbarians , não montei essa banda pra ganhar dinheiro e sim pra me divertir , pra voltar a gravar na Inglaterra meu pais natal , de onde não gravamos mais nada desde o Peace em 86 , é muito excitante gravar em Liverpool , com toda atmosfera musical da cidade que foi palco dos Beatles , eu tive muitos problemas familiares ,me lembro do meu pai doente , minha relação naufragando , e isso me abalou profundamente por isso resolvi dar um tempo e sair do Cult ´´

´´Eu me lembro que qdo em 82 eu escrevi Spiritwalker no Southern death Cult e eles não quiseram gravar , eu fiquei chateado , essa canção que me inspirou a compor She sells sanctuary ...´´

Ian astbury em março de 96





Ian astbury faz uma participação em dueto com a cantora MIKI BENRYIE do LUSH e juntos cantam a musica CIAO ao vivo .



Produzido por MATT HIDE [produtor do primeiro álbum do PORNO FOR PYROS ]

o álbum CREAM surpreende os fãs , Astbury define sua nova banda como uma mistura de : Plastic ono band do seu ídolo de Liverpool , John lennon , Trip hop-techno-the cult –glam rock e Leonard Cohen ;

Durante o festival no reino unido PHOENIX FEST , Ian astbury e os Holy barbarians montaram um extand de divulgação da banda e barracas para dormirem , e um barraca em especial , Ian astbury mantinha varios isopores cheios de cerveja , para distribuir para imprensa e para ajudar na divulgação de sua nova e desconhecida banda .

A banda Holy barbarians além de Astbury como guitarrista base contava com a presença ao vivo do tecladista GREG KOUGHN que fazia com perfeição todos efeitos eletrônicos do álbum Cream , Dolly bird é o segundo single a ser lançado e a banda continua tocando pela finlândia , Suécia , Canadá , Usa , Inglaterra , Holanda , Em Valencia na Espanha Ian astbury aparece antes do show pra tomar cerveja com os fãs e o baixista Matt garret , habito nada usual no the Cult .


´´Eu ando escutando : Garbage, suede, pulp, chemical brothers, supergrass , Royal trux, status quo, kansas ,jetro tull , led zeppelin ,muito John lennon e hole´´

´´Meus cantores preferidos sempre foram John lennon , Jim morrison e Janis joplin , mas atualmente tenho gostado muito da Shirley manson do garbage e Courtney love ´´

´´Qdo tocamos a primeira vez nos EUA em 84 foi terrível , o nosso tour-mananger era um junkie , Nigel nosso baterista vivia chapado , tocávamos em clubes ruins , dormíamos em motéis baratos , quase nenhum dinheiro , foi bem ruim , bem , mas bem diferente de qdo fizemos Sonic temple ´´

´´O que me fez sair do Cult , foram vários fatores , a rotina , as criticas e restrições absurdas impostas para nós pela mídia , a pressão para mantermos o sucesso comercial que tivemos em 89 por exemplo , eu me sentia complascente , e foi um desastre , apesar deu considerar o The Cult –self titled o segundo melhor álbum depois do Love ´´

´´ Cara eu já fiz mais de 1000 shows desde os 19 anos no SDC , eu já fui : preso , tive ossos quebrados , desmaiei em palco , apanhei , fui eletrocutado , quase levei tiro , esfaqueado , já ri muito , já chorei muito já vivi de tudo , mas uma das piores coisas que eu vivi foi qdo meu pai morreu em fevereiro de 90 , e os meus parceiros de banda não me contaram sobre a morte do meu pai com medo de que eu não fizesse o show em Atlanta na Geórgia ´´

Ian astbury & Holy barbarians em novembro de 1996

Ian canta com o humorista britânico VIC REEVES durante um show da banda ...

Durante os shows finais dos Barbarians que acabariam no fim de novembro Ian astbury raspa a zero sua cabeça e dá canjas na bateria durante os shows de Turin na Itália e em Milão eles fazem seu ultimo show e acaba ai o primeiro e bem sucedido voo solo de Ian astbury , que no ano seguinte volta a conviver com sua família e fazer suas viagens ao redor do mundo cada vez mais ligado ao ZEN BUDISMO , é lançado nessa época o primeiro disco tributo ao the cult :


Horse Nation: A Tribute to the Life, Music, and Spirit of The Cult (1997) com bandas góticas e pouco conhecidas do grande publico , um album rarissimo de se achar .
Já em 1997 com fim da Banda INTERSTATE , Billy duffy é convidado por seu grande amigo MIKE PETERS
Michael Leslie Peters (born Chatsworth House, Prestatyn, Wales, 25 February 1959)
[líder , guitarrista e vocalista do THE ALARM ] , Peters era amigo de Billy desde qdo trabalharam juntos em uma loja de roupas em Londres , ponto de encontro de rockeiros da cena .
Para formarem uma nova banda , que deverá se chamar COLOURSOUND , a ideia de uma nova banda surge durante um jogo de futebol em agosto de 97 , entre varios amigos como Peters e Billy Duffy, Angus Deayton, Nick Hancock, Vinny Jones, Ian Rush, Kevin Radcliffe

Billy então aproveita o fim do Interstate e convida CRAIG ADAMS para o contrabaixo , E com o fim dos Holy barbarians , SCOTT GARRET assume a bateria

Fica acertado tbm que Billy participaria do primeiro álbum solo de
MIKE PETERS –RISE que é gravado antes da formação do COLORSOUND ,
excelente álbum solo que traz Billy nas faixas : so close e In circles como letrista e tocando guitarra nas faixas :White noise que traz uma roupagem moderna e uma guitarra afiadíssima carregada de wah wah , e em Burnout syndrome onde talvez ele tenha feito um dos solos de guitarra mais bonitos de sua carreira em uma faixa de 7 minutos , e a bela voz de Mike peters .
Para divulgação do álbum Mike peters usaria os seguintes músicos :

James Stevenson [Gene Loves Jezebel) on guitar que tinha sido guitarrista base do cult na tour do ultimo disco em 94 e 95, Craig Adams (The Mission/Sisters Of Mercy) on bass idem , and Johnny Donnelly (The Saw Doctors) on drums


O álbum rise é lançado no inicio de 98 , em janeiro e fevereiro antes de começarem a tour do Coloursound . O primeiro show é em 9 de janeiro no pais de Gales e a banda excursiona pela Europa e alguns shows pelos estados unidos , além de Scott Garret na bateria , a shows em que o baterista é Johnny donnely e em outros Steve grantley do Stiff little fingers .e se caso Billy duffy não pudesse tocar em algum show seria substituído pelo seu ex companheirod e cult o guitarrista James stevenson ,
Eles tocam em rádios e tv para promover sua nova banda e na divulgação a critica aponta a banda como :

´´ Um novo CULT com um vocalista ainda melhor ´´

Bob rock se oferece para produzir e remixar o álbum direto do hawai , e até Bruce dickinson vocalista do IRON MAIDEM oferece seu apoio através da sanctuary records



Perguntado na época se Billy duffy iria remontar o cult ? ele responde com irônia :

´´creio que sim e o novo disco vai se chamar BLOODY POPCORN [pipocas sangrentas]´´........

Billy duffy se reúne com seu parceiro das antigas JOHNNY MARR
(born John Martin Maher on 31 October 1963 in Ardwick, Manchester) ,

dos The smiths e juntos gravam uma versão moderna para o clássico
(THE GOOD ,THE BAD AND THE UGLY) de Ennio morricone para a trilha sonora de um álbum para revista inglesa NME [NEW MUSICAL EXPRESS] .


Na mesma época os companheiros de cult participam como abertura do álbum FOREVER MOOD TRIBUTE TO THE ROD STEWART
1.Dynamite
• Spike vocals
• Billy Duffy lead guitars
• Raven bass
• Matt Sorum drums and vocals
Antes do álbum oficial um ep com 4 musicas é lançado e os shows da banda são sucesso total de publico e critica e além das musicas da banda eles tocam musicas do cult e algumas do alarm , Além de Bob rock fica acertado que Mick Jones tbm se juntaria a produção do disco .
Durante a gravação do álbum no LONDON ASTORIA ,

Billy duffy tem uma surpresa qdo aparece IAN ASTBURY seu parceiro de Cult ,
acompanhado dos ex membros do THE ALARM e MARK TAYLOR tecladista que tocou no cult em 89 para prestigiar e apoiar o COLOURSOUND colocando um fim na tão comentada separação deles em 95 no Brasil .

o Cult aparece em um belo e diferente remix de Love removal machine na trilha sonora de SMALL SOLDIERS em uma versão modificada por RICK RUBIN que trabalhou com o cult no álbum anterior , [Love removal machine small soldiers mix ] e remixada por Mickey petraglia com um resultado muito positivo
 .

Billy duffy juntamente com Steve Jones , Duff mkagan e Matt sorum gravam a faixa ELECTED para o álbum HUMANARY STEW tribute to ALICE COOPER .



O Coloursound que tocou ao vivo durante todo ano encerra em dezembro suas atividades anuais em um show londrino.

Billy agora feito as pazes com Ian astbury são convidados a participarem dos shows do grupo de punk rock de boutique NEUROTIC OUTSIDERS formado pelos amigos do cult :
DUFF MKAGAN do guns and roses na guitarra e vocal , STEVE JONES na guitarra solo e vocal , MATT SORUM ex cult na bateria e vocal e JOHNNY TAYLOR Duran Duran no baixo , eles tinham lançado um ótimo disco com dedicação ao cult e estavam fazendo tour pelos eua e convidando amigos para tocarem com eles nos shows , Billy mesmo ainda estando preso ao Coloursound entra 99 aceitando o desafio . Durante todo o mês de abril de 99 , Billy duffy e Ian astbury apresentavam se no bizz , durante os shows do NEUROTIC OUTSIDERS , tocando wild flower , love removal machine e bodies cover dos sex pistols , a força dos 3 cults no palco , e o pedido da platéia fez com que Ian astbury e Billy duffy se tornassem parceiros de novo e o cult anuncia sua volta com uma grande tour pelos eua , THE CULT RISING TOUR .


Ian astbury comunica aos fãs que ele esta trabalhando a tempo no seu segundo album solo que deverá se chamar TRANSCEDENTAL YOUTH CULT em parceria com o ex-baixista do KILLING JOKE MARTYN ´´YOUTH´´ GLOVER como produtor e devera ter inspiração nas suas viagens ao Tibet –india –nepal e terá pitadas de eletrorock .

IAN precisa remontar a banda , BILLY DUFFY na guitarra solo , MATT SORUM nos backing vocals e na bateria de volta ao cult depois de 9 anos , MIKE DIMKICH na guitarra base de volta ao cult após 6 anos , e o baixista holandês MARTYN LE NOBLE Martyn LeNoble (Dutch: Martijn LeNoble) (born April 14, 1969, Vlaardingen, Netherlands)


[ ex-Porno for pyros banda de Perry farrell , ex-Thelonius monster Layne stayley do Alice in chains ]

e a banda estréia em 8 de junho no THE CASBAH SAN DIEGO com um show inacreditável , bem diferente de todas as tours anteriores , o cult com essa nova formação fazia questão de tocar de maneira mais parecida possível as musicas do álbuns , com um set list perfeito e abertura com intro de GUERRA NAS ESTRELAS e as bases de teclado pré-gravadas digitalmente para facilitar musicas como sun king, edie , fênix , ny city onde o vocal de iggy pop é reproduzido .


Nos shows no lendário VIPER ROOM de HOLLYWOOD onde morreu RIVER PHOENIX de overdose a presença de famosos para o show do cult é constante : Twiggy ramirez, Mark mgrath do Sugar Ray , Jerry cantrel guitarrista do Alice in chains , Randy castillo [motley crue , ozzy e metallica] ,Steve Jones etc e a bela loira Pamela Anderson estavam presentes .

Ian astbury de cabelos longos e encaracolados e roupas de couro de cobra a parecidíssimo com JIM MORRISON se apresenta com o cult para o TIBETAN FREEDOM CONCERT dias depois com um show transmitido pela tv , e mostrando ao mundo o novo the cult , completamente renovado e livre do ranço grunge-pop-eletronico que o levou ao fim anos atrás ,
era o cult das calças de couro , guitarras distorcidas e muito rock n roll .


com abertura da banda NEW AMERICAN SHAME o cult vai lotando todas as casas que ele passa com sucesso absoluto de publico e critica , alguns shows pelo Canadá , o novo line up do cult é sem duvida o melhor até então , O baixista Martyn le noble executa um solo em fênix , tão bem feito qto o original de jamie stewart no álbum love , coisa que poucos conseguiruam fazer igual .O cult teria um ano muito frutífero em 99 ,

Ian astbury é convidado para gravar um vídeo promocional e uma musica no álbum CALIFORNIA da banda ZEN MAFIA , um paródia do clássico Sweet home Alabama dos Lynyrd skynyrd .

Victor Murgatroyd and Chris Johnson convidam Mark racco para a produção do video em que Ian astbury apareçe ao final dirigindo um MUSTANG de cor escura que ultrapassa um JAGUAR conversível com os musicos da banda e belas mulheres, Mark Racco tbm trabalhava com o cult na produção do video de Painted of my heart que estava sendo gravado na época . Além de Ian astbury , a sua namorada oriental RACHEL tbm apareçe no fim do video caminhando com a banda ao lado de Ian , Rachel esta de chapéu preto no video :


Em 4 de julho de 99 em um show beneficente para o TIBETAN FREEDOM no famoso HOUSE OF BLUES-HOLLYWOOD

Ian astbury para promover seu segundo álbum solo que estava sendo concluído ,
juntamente com o guitarrista e produtor CRIS GOSS
Christopher Allen Goss, born September 21, 1959, is an American record producer and musician.

[másters of reality-kyuss –queens of stone age e uma serie de músicos famosos ]
toca violão , violino e guitarra junto de Ian astbury durante 6 musicas , Edie ciao baby e brother fights e you are there dos barbarians e 3 musicas novas do seu segundo disco solo por lançar com a produção de CRIS GOSS , entre as novas EL CHE WILD LIKE A HORSE dedicada ao seu novo filho CHE ASTBURY , loirinho garoto irmão de DUSTIN JAMES JOPLIN ASTBURY ambos filhos da modelo e estilista HEATHER sua exposa que mora nos eua .

No segundo semestre o cult sinaliza já ter material suficiente para gravar o sucessor do problemático The cult self titled de 94. O sucesso da banda é tanto que o cult fecha 10 dias seguidos de shows no HOUSE OF BLUES HOLLYWOD todo dia com vários famosos do cinema e da musica entre os presentes : Mattew machogany , Puff dady , Ray manzareck , Gina gershon , Gilby clarke , Iggy pop , Liv tyler , o baterista Mick fleetwood do Fleetwood mac e Michael Douglas entre outros .

Em um dos shows no house of blues Astbury faz piadinhas com a plateia como :

´´Hey pessoal isso aqui não show do Bon jovi ? com aqueles cabelos e letras horriveis ´´

Minutos depois Ian joga o pandeiro pra cima e que cai e faz sangrar sua cabeça . No ultimo dos shows do house of blues , os fãs jogam uma boneca inflável no palco , Ian não so a recebe como dança com ela durante o refrão de uma musica do cult .







NICOLAS CAGE que tinha ganhado um Oscar com o maravilhoso e intrigante filme DESPEDIDA EM LAS VEGAS após o show do cult no House of blues , diz a banda que esta gravando um super filme de Jerry bruckheimer com a ANGELINA JOLIE sobre um ladrão de carros de luxo que é obrigado a voltar ao crime , e que gostaria muito de ter o cult como autor da trilha sonora ; Ian astbury e a banda aceita o desafio com o maior prazer e começam os trabalhos de produção com MICHAEL BEINHORN
[ Marylin manson,Ozzy,Soundgardem,Herbie hancok, Red hot , Hole , Sucker punch etc ]

eles vão gravar uma musica originalmente composta para o AEROSMITH pela
DIANE WARREN letrista de sucesso , para o filme Armaggedon , mas arquivada e que deveria ser retrabalhada pelo cult . Michael além de futuro produtor tbm se torna empresário do cult
Alguns shows do house of blues com qualidade de oficial caem na mão dos fãs como os boots de maior qualidade na história da banda .


A banda COLOURSOUND de billy duffy faz shows paralelos em janeiro , maio e outubro de 99
E aproveitando o sucesso do álbum oficial , eles lançam um BOX contendo 3 cds com :

Sobras de estúdio , faixas ao vivo , versões demo e ainda uma seção acústica das musicas da banda , que acaba fazendo shows tbm acústicos mais simples . Durante o show em Orlando no house of blues , Ian astbury conta que esteve recentemente a passeio no RIO DE JANEIRO .

Ian astbury participa de mais um projeto paralelo chamado THE WONDERGIRLS [ uma piada com um grupo feminino musical coreano ] o projeto é para a trilha sonora do CELEBRITY DEATHMATCH da MTV :Scott Weilland [ líder dos Stone temple pilots e Astbury se juntaram ao baixista Martyn le noble do cult , Jay gordon do Orgy nos teclados e voz, weilland tbm nos teclados e voz , Ryan shuck na guitarra , Astbury na percussão , voz , gaita e guitarra , ken adrews guitarra e voz e shanon leto na bateria alem de mark mgrath do sugar ray vocais esse projeto gravou uma cover de :
LETS GO ALL THE WAY e e a inédita DROPS THAT BABY tbm em video clipe


O ultimo show do cult é no reveillon de 99-na virada do século no HARLEY DAVIDSON CAFÉ em LAS VEGAS NEVADA show inacreditável que o Ian astbury dedica edie ciao baby a seus ´´priests´´ : Sid vicious , Jimi hendrix e Johnn lennon. O cult volta aos palcos no fim de janeiro de 2000 pela primeira vez durante o festival de cinema SUNDANCE FILM FESTIVAL e apresentam uma nova canção LIBERTINE provando sem dificuldade que o cult podia sem fazer hits tão bons agora qto seus mais consagrados . Dois fãs do Cult contam que ficaram na fila durante horas para poder comprar os ingressos para esse show , qdo chega a vez deles , um cara diz que aquilo não seria um show , mas uma festa privada da VH1 , e que não havia ingressos a venda , e dá 2 convites para que eles possam entrar na festa e ver o show do Cult , minutos depois os fãs se dispuseram a pagar a bebida do cara que os presenteara com as entradas e o rapaz disse a eles que não precisavam preocupar por que durante o show do Cult as bebidas eram totalmente de graça .

No mês seguinte no EL REY THEATRE o cult se envolve e uma JAM SESSION com :

Ian astbury , billy duffy , Martyn lê noble , Linda perry for non blonde , Twiggy Ramirez e ginger fish do marylin manson, Bill ward batera do black sabbath , Eric e. do hole, Dany saber do black grape, zander do other star people , kenny aronof , Ginger fish do coal chanber , Marylin manson , drag queens , performers , rob zombie , Ice t , Ângelo moore do fishbone ash

e juntos reviveram clássicos do black sabbath , led zeppelin , the cult e zz top . os shows vão de janeiro a julho paralelos a gravação do novo disco ,

Matt sorum se desentende com MICHAEL BEIHORN que insistia em colocar bateria eletrônica no disco ? um ´´drumkiller´´ segundo ele ,
Matt explica pro Ian ou ele , ou eu ? Astbury despede o produtor e passa a trabalhar com MICK JONES guitarrista e líder do FOREIGNER .

Mas antes eles lançam em meados de 2000
Um single PAINTED OF MY HEART musica tema do filme GONE IN THE SIXTY SECOND, com Angelina Jolie , Nicolas Cage , Robert duval e Giovani ribisi , a balada de Diane warren na performance do the cult é sucesso nas radios de todo o mundo e nas telas do cinema .

Os músicos do THE CULT : BILLY DUFFY , MARTYN LE NOBLE e MATT SORUM participam da faixa MAKE ME RIGHT da banda ECONOLINE CRUSH , que abre alguns shows do cult .


Fazem uma mini tour pela AFRICA DO SUL em conjunto com Lenny kravitz , retoram aos eua ..

Ian astbury é convidado para gravar e participar do disco solo do guitarrista TONY IOMMI um dos lideres da lendaria banda de heavy metal BLACK SABBATH , Astbury grava 5 faixas para o disco junto de musicos como Brian may do queen, Billy idol , Matt cameron do soundgardem e peal jam e um batera que tinha feito testes para o cult um tal JOHN TEMPESTA . a faixa FLAME ON que sai no album de IOMMI alem de muito poderosa é a senha para os fãs descobrirem com seria o novo disco do cult . que billy diz em entrevistas que o cult soaria como se fosse uma versão do CREAM de ERIC CLAPTON no seculo 21



. Ian astbury fala sobre o brit pop


´´ Gosto de radiohead , stereophopics , lo fidelity all stars e do Oásis ,Liam e Noel tocam o que gostam e não estão ai pra nada ´´



The cult de gravadora nova , fez com que a antiga BEGGARS BANQUET lançasse no mercado , mesmo sem o consentimento total do cult , o maior presente para os fãs de toda a carreira da banda o intitulado : RARE CULT BOX SET limited edition , ao todo 8 cds contendo mais de 110 musicas nunca antes lançadas oficialmente , e ainda um vasto material informativo com fichas técnicas , resenhas e fotos inéditas sobre a história da banda , além de um cd extra que veio de bônus na caixa principal contendo faixas remixadas e o cd
THE BEST OF RARE CULT com faixas não incluídas no Box , o conteudo é indescritível aqui , peça de coleecionador obrigatório aos fãs , todas as faixas até então inéditas são comentadas e com a ficha técnica e trazem raridades de todas as etapas do grupo .


Tempo depois a gravador Beggars banquet lançou mais uma surpresa , Outro Box contendo 5 cds de musicas inéditas rarisimas , remixes e lados b chamado RARE CULT the DEMO SESSIONS contendo entre outras coisas material de estúdio com MATT SORUM e JAMIE STEWART entre varias raridades...
Em 19 de junho de 2000 , Ian astbury se apresenta pela primeira vez com os integrantes do THE DOORS
para promoverem o trabalho CINEMATRIX do guitarrita Robbie krieger

Robert Alan Krieger (born January 8, 1946) e seu parceiro e lider dos The doors Ray manzareck

Raymond Daniel Manczarek, Jr., (born 12 February 1939),


no lendário WHISKY A GO GO onde Jim morrison e os doors fizeram tantos shows juntos eles tocam ROAD HOUSE OF BLUES e LIGHT MY FIRE ao vivo pela primeira vez .

Em uma entrevista RAY MANZARECK disse que os fãs pedem a todo instante a volta do DOORS e que ele tem varios nomes para vocalista como CRYSSIE HINDE , BILLY IDOL, IGGY POP , EDDIE VEDER , mas é IAN ASTBURY o seu preferido por que além do cantor Inglês ter dedicado parte da sua vida exaltando os Doors ele é parecido fisicamente com Jim morrison e tem uma voz de mesmo timbre...


´´ Não quero ser injusto com outros grupos , mas adoro o THE CULT , a banda tem alma energia e sentimento , é a força de Ian astbury , ele tem um pouco de Jim morrison até são parecidos fisicamente´´
RAY MANZARECK
[ tecladista fundador do THE DOORS]

Ray manzareck tinha participado da gravação da banda de Liverpool , Echo and bunnymen , do amigo e xará do líder do cult , Ian mcullock , No disco The game , Ray grava algumas faixas e ainda fazem 2 covers do Doors para trilha sonora do filme THE LOST BOYS a tempos atrás...







Em junho de 2000 Ian astbury lança seu segundo disco solo :

Chris goss comanda o projeto pop-eletro-rock SPIRIT LIGHT SPEED lançado em 2000
[ terceiro e definitivo nome do album do lider do cult]
Goss grava os teclados , guitarras , baixo , sintetizdores, backing vocals e violão , Ian astbury o vocal , as guitarras e a percussão , Novi Novog, Stefanie Fifie - metais, violinos e cordas e dj witchman a programação , em uma das faixas o baterista ex-cult-holy barbarians-coloursound Scott garret toca bateria de verdade ja que do album foi sintetizada por Ian astbury que tbm é baterista e pelos 2 programadores .

O trabalho solo de Ian é totalmente diferente de tudo que ele já fez no THE CULT , musicas viajantes ,climaticas , psicodelicas que misturavam eletronico com pop e musica lounge , com guitarrinhas e percussão com uma pitadinha de rock... nomes de musicas que Ian já tinha gravado , mas que foram reaproveitadas agora com uma roupagem eletronica
10 faixas climaticas , dentre uma regravação de the witch , infelismente sem o solo hendrixiano gravado por Billy duffy ,
Em metaphisical pistols , Ian astbury solta sua voz e meio a samplers e uma usina sonora de efeitos , parecida com Angel art que gravara com Dj witchman , high time amplifier é a faixa de trabalho e saiu em versão single em varias versões e com uma demo da otima tyger , penultima do album ; a faixa mais rock n roll do disco e justamente a que o baterista do cult participa it´s over e em seguida Astbury faz uma homenagem musical ao seu filho mais novo Che astbury que havia nascido a pouco ,
El che/wild like a horse é uma das melhores do disco , em seguida vem a emblematica Tyger [ cigarros , garotas demoniacas , café , heroina ....tão brilhante como um tigre] , Ian na época conta que durante sua excursão a INDIA-TIBET-NEPAL todos os alertavam do perigo do encontro com tigres na região e todos os cuidados foram tomados por Ian , mas ele quase deixou seus filhos sem pai e os fãs do cult orfãos ,ao encontrar na asia um outro animal não menos feroz , mas tão perigoso uma especie enorme de BOI denominado GAURO INDIANO e não o temido tigre de bengala . O disco termina com uma inusitada versão hindu-budista instrumental denominada SHAMBALA [RFL]
´´ Shambalah é a capital de Agarta [ paraíso perdido imaginário ], um vasto império escondido nas profundezas terrestres que, de acordo com fontes ocultistas e várias escolas de mistério, seria composto por milhares de habitantes distribuidos por inúmeras cidades. ´´

Fãs dos discos hard rock do cult certamente torceram o nariz para esse projeto eletronico de Astbury , mas vale pelo registro de canções onde Ian coloca todo seu feeling e sua bela voz , em it´s over bate a vontade de ter Billy duffy no estudio , e fica a grande certeza de que o lugar de Astbury não é em um estudio cercado de sintetizadores e computadores e sim em um palco ladeado por uma bateria , um baixo fender jazz bass e Les pauls e white falcons plugadas e eletricas...



No show do dia 7 de agosto em Los angeles retornando aos palcos desde março do mesmo ano , Ian astbury aparece com a cabeça raspada totalmente .

Em agosto de 2000 o concerto do MAXIM MOTEL é transmitido ao vivo via web para os fãs e os shows do cult trazem surpresa no set list Nirvana , horse nation , o lado b raro ZAP CITY , spiritwalker e além da balada nova PAINTED OF MY HEART estourada nas rádios de todo o mundo o cult toca a nova BREATHE mostrando como seria o sucessor do the cult de 94.





O cult recebe um telefonema do Brasil , pedindo que eles viessem tocar no aniversario de 15 anos da radio 89fm em são Paulo no dia 15 de novembro , eles aceitam e marcam um minitour pela américa do sul ,


os shows do cult depois são abertos pelo FUEL banda do BAIXISTA BRETT SCALLIONS e o cult excursiona com JIMMI PAGE & BLACK CROWES durante algumas datas , em 21 de outubro ultimo show do ano nos eua o cult toca com Foo fighters e Deftones , David groll daria um trabalhinho para o cult no ano seguinte .

Dia 26 de setembro Ian astbury e Billy duffy participam da gravação do DVD do THE DOORS com a participação de uma serie cantores e musicos , Ian canta Alabama song e back door man e Billy duffy e Ian wild child ao vivo com os 3 musicos vivos do The doors ,
para o CD tributo THE MUSIC OF THE DOORS STONED IMACULATE ,
Ian astbury canta Touch me com os THE DOORS originais , Phil Chen no baixo e músicos de estúdios nos metais Bruce e Walter Fowler , Lawrence kilmas no sax , Clarence e Robert nos back drums e steel drums e Robert greenridge e Vincent Charles na percussão , com um solo de Metais , teclados , percussão e guitarra belíssimo bem maior e mais criativo que na versão original até culminar na famosa frase de propaganda do limpador de cozinha que não é dito nessa versão ´´stronger than dirt´´ ,

e o Cult faz uma cover magnífica e pesadíssima de Wild child com Matt sorum na bateria e Danny saber no baixo e teclados , Scott breadman na percussão e Ray manzareck nos teclados, os Teclados duelam de maneira belíssima enqto que a bateria de Matt sorum bate pesada como toneladas de aço , o vocal com overdubs é poderoso e a guitarra de Billy duffy está afiada como navalha , o baixo de Danny saber galopante e a musica tem 1 tonelada a mais de peso que a original dos DOORS , até terminar com a exclamação de Jim Morrison na voz de Ian astbury ´´ Do you remember when we were in africa? ´´


Martyn le noble ao que parece se envolve com heroina e substituido pelo baixista
CHRIS WYSE Clifton Park- Queens - New York city
[ ex-Xodus , East wall , Mr strange e tinha feito testes com Steve Vai ]
Wyse estreia em 21 de outubro em Chula vista california ,

Em uma revista espanhola Ian disse que Martyn le noble teria uma filha e que a menina pediu para que o pai estivesse perto dela e não em tournês , Depois de uma pré-produção do novo album com o guitarrista MICK JONES –FOREIGNER como produtor ,

o cult resolve que o novo disco do cult deveria ser produzido pelo badalado BOB ROCK [ conhecido da banda por ter produzido 2 discos anteriores a esse]

que ja era parceiro do cult e eles resolve gravar em MAUI no HAWAI o novo disco

Devido ao intenso sucesso de Painted of my heart nas radios de todo mundo o cult e convidado pela maior radio rock do brasil na época para tocar na festa de 15 anos da radio a paulistana 89FM até então a RADIO ROCK ja que a musica do filme era a dias o primeiro lugar na radio , Camargo Junior diretor comercial da radio 89 e filho de um dos mais poderosos empresários de mídia da cidade de são Paulo , já conhecia o cult , Por que fanático por futebol e torcedor do são Paulo , já tinha visto em Hollywood um jogo do time de futebol profissional do STEVE JONES do qual ASTBURY & DUFFY fazem parte , além de uma serie de famosos como intergrantes do def lepard, ugly kid joe , ex jogadores famosos como Lalas e atuais como David beckham e gente de cinema como Jason statan e o irmão da Caterina zeta Jones que é jogador ,fazem parte do time .

o cult aceita o convite e marca alguns show pela america latina , em novembro de 2000 o cult
desembarca no Brasil , após dois shows em Buenos Aires onde ele homenageia Maradona , e cita a banda anarco-punk franco espanhola MANO NEGRA de MANU CHAO , com algumas traduções ao vivo feitas pelo guitarrista Mike dimkich que fala espanhol fluente ,entre outras línguas ,


e faz um show memoravel no brasil com chris wyse no baixo , dimkich na guitarra base e matt sorum de volta a batera , de onde ele nunca deveria ter saido os shows na america latina , Com um visual completamente diferente do habitual Ian astbury faz 2 show memoráveis na Argentina que acabam virando vídeo e cd pirata de boa qualidade o show em Curitiba no Fórum foi um dos melhores e mais originais shows do cult que vi na minha vida , e o show do rio de janeiro dos melhores possíveis , suas apresentações são sucesso absoluto e no show de são paulo o cult chega a tocar para quase 40 mil pessoas sem duvida nenhuma seu maior publico na época e mesmo assim Astbury se mostra apático e distante , o show terminou com Ian recitando versos de The end dos Doors no fim do show , ele dizendo que nos veria no ano seguinte , o que não aconteceu e de que certa forma não podemos confiar em que Ian astbury diz , e terminam o show de são Paulo com lotação máxima e com a execução de musicas do grupo típico cubano BUENA VISTA SOCIAL CLUB tocado mecanicamente nos PAs .


Durante a passagem deles pelo Brasil , esse que vos escreve foi convidado pela radio 89fm para ajudar na divulgação do cult para a festa , e além de varios ingressos vips e fui convidado no dia seguinte do show de sao paulo e jogar uma partida de futebol e um posterior churrasco com os integrantes do the cult e outros famosos nacionais e internacionais como Mark ramone. convite devidamente aceito. Eu , juntamente com uma galera de desconhecidos e alguns famosos fizeram uma bela partida de futebol com os integrantes do cult , seu empresário, integrantes de bandas brasileiras e o pessoal da 89 fm , o filho da prefeita de São Paulo SUPLA , não só jogou um belo futebol , como tbm acabou se tornando amigo dos caras do cult , sua camiseta da harley davidson chamou a atenção de Billy duffy e começaram a convesar de motos e de Nova York, Ian astbury acabou fazendo amizade instantânea com Supla e até disse que qdo cruzarem em NY CITY estaria a disposição do SUPLA para gravar algo com a banda o Billy idol brasileiro...


A Banda dá uma serie de entrevistas na vinda pelo Brasil pela 3 vez , agora totalmente diferentes das outras vezes , menos arrogantes e tratando com educação os repórteres , algumas entrevistas embalados por grossos baseadors e chocolates fornecidos pela produção ;


Ian na sua 3 passagem pelo Brasil :


´´Eu adoro o Brasil , é um dos melhores paises que já visitei , as pessoas são realmente calorosas ´´

´´Me sinto um babaca ignorante , por não conhecer absolutamente nada de musica brasileira´´
´´Em uma das minhas mil viagens pelo mundo eu li o livro ALQUIMISTA do PAULO COELHO qdo estive no NEPAL , um ótimo lugar para se ler este livro´´

Vale lembrar que desde a ultima passagem pelo Brasil , Ian astbury e os caras do Cult são grandes consumidores de cânhamo , Aliás agora que Ian é um praticante do ZEN BUDISMO , e que o cânhamo tem um papel tão sagrado no budismo como tem pros Rastafáris , religião de Bob Marley , Ian passa o tempo todo com seu TASBI [ colar de contas do sufismo islâmico-budista], Ian e o pessoal do Cult não dispensa de maneira nenhuma um bom baseado , tanto nessa tour qto em 95 onde eles botaram pra quebrar .



Religião e maconha

A folha de maconha também está presente em algumas religiões. No hinduísmo, conta-se que a maconha era um dos alimentos mais apreciados pelo deus Shiva. Budistas dizem que Buda consumiu apenas sementes de maconha por várias semanas, tendo, graças às sementes, atingido sua "iluminação". Seitas como os rastafaris e os sufis (corrente filosófica oriunda do islã) também consideram a maconha uma planta de cunho religioso, em virtude dos seus efeitos, que auxiliam na contemplação e expansão de idéias.

Agora o the cult faz parte da maior e mais poderosa gravadora de rock do planeta terra a ATLANTIC RECORDS detentora de nomes como LED ZEPPELIN e que ao menos o que pensavamos o cult teria por parte da gravadora todas as oportunidades do mundo de se tornar uma banda do naipe de aerosmith - kiss - iron maidem etc em termos de vendas e publico ,

Ian astbury ainda em 2000 esta presente em mais um projeto paralelo :

DJ WITCHMAN [projeto de JOSH HOMME] . Ian astbury gravou uma participaçao no seu novo disco ;

Astbury participa da faixa ANGEL ART e de suas versões remix . Sem duvida o melhor trabalho eletronico de Astbury .


Falece aos 80 anos a Senhora BETTIE DUFFY aos 80 anos , mãe de Billy duffy , seu pai continua vivo e indo aos jogos do Manchester city com o filho guitarrista , uma dedicatória a mãe seria incluída nos créditos do álbum novo da banda

IAN ASTBURY se envolve em mais um projeto paralelo : ZILCH

uma banda japonesa de rock industrial que se forma em 96 e vai até 2002 e além dos membros originais japoneses , uma leva de rockeiros e rappers e músicos fazem parte :
• hide – vocals, guitar a garota japonesa se suicidou em 98
• Ray McVeigh – guitar
• Paul Raven – bass, backing vocals
• Joey Castillo – drums
• I.N.A. – programming
Músicos convidados :
• Ian Astbury – vocals
• MC Shabba D – vocals
• Chuck biscuits – drums
• Kool Keith - vocals
• Ol' Dirty Bastard – vocals
• Sen Dog – vocals
• Mellow Man Ace - vocals
• Jaz Coleman - vocals
• James Hall - vocals
• Steve Jones – guitar
• Jerry Cantrell - guitar
• Geordie Walker - guitar
• Dave Kushner – guitar
• Charlie Clouser - Synth, Programming
• Brian Robertson - guitar
• Todd Youth – guitars
• Duff McKagan – bass
• Sean Yseult - bass
• Matt Walker - drums
• Chris Vrenna - drums
• J – bass
• DJ Swamp - dj
Além de Billy duffy e Scott Garret que tocam a faixa PYROMANIA [gravada com letras em japonês e com billy duffy fazendo um solo diabólico e Scott bem mais pesado que no álbum the cult de 94 ] no álbum solo do baixista J , Que se torna sócio japonês da griffe de roupas que Ian astbury mantem [ BATHING APE e NEVER KILL APE ] Ian astbury grava 5 faixas com o ZILCH , que mistura rock pesado , com eletrônico , industrial e psicodelia , mas com muita personalidade que acabariam marcando o futuro disco do cult , as faixas são dificílimas de se achar , até por que os discos nunca saíram no grande mercado e até na Internet são raridades disputadas a tapa pelos fãs , Make motherfuckers wake up e Ape messiah são clássicas , O batera do cult Scott Garret acabou excursionando com a banda no Japão em alguns shows .



O cult volta ao HAWAI e conclue seu novo album com BOB ROCK que tinha sido responsavel pelo album mais bem sucedido da banda o mega platinado SONIC TEMPLE que vendeu cerca de 8 milhões de copias em todo mundo e primeiro lugar no eua , billy duffy avisa em entrevista que o novo álbum do cult será ´´TRASHY´´e bem pesado, algo parecido com o CREAM so que bem mais pesado e moderno.

Ian muito ligado ao budismo e a filosofia na época resolve denominar o disco com um dos grandes obras do escritor e filosofo alemão NIEZSTCHE , considerado um dos mais inteligentes anti-religiosos filosofos do mundo ALÉM DO BEM E DO MAL e o livro usado para nome ao novo disco do cult BG& EVIL
Apesar de concluído a banda inicia a tourne de divulgação em 17 de março de 2001 , Mas o álbum so sai oficialmente em junho de 2001 gravado em :
Maui, Hawaii and Village Recorders, Los Angeles, Califórnia produzido por BOB ROCK
E nas versões japonesa e australiana trazem a faixa bonus LIBERTINE

Primeiro show nos eua Austin Texas no mês de março , abrem com In the clouds e banda toca 3 faixas novas ;War , the saint e breathe , apesar do cult ter trocado de baixista no ano anterior , quem aparece em 2001 para nova tour é o baixista holandês MARTYN LE NOBLE , confirmando mais uma vez o péssimo habito do cult de trocar incessantemente de line up , o que é extremamente desgastante para a banda e um ato muito criticado pelos fãs e imprensa especializada .
Bandas como U2 e THE POLICE por exemplo ,

são extremamente bem sucedidas por manterem seus integrantes


E no mês seguinte e 3 de maio em Nashville no Tenessee , já com rise, war, breathe e the saint do novo disco , agora com um novo baixista no the cult o Britânico BILLY MORRISON , ou seja a banda tem em menos de 6 meses 3 baixistas diferentes . Mais uma vez não se sabe a razão que fez Martyn lê noble deixar o cult , rumores dizem que ele seria convidado para integrar o novo JANES ADICTION e participar do disco Song Yet To Be Sung (2001) Virgin de Perry farrel
Ian astbury disse a uma revista espanhola que Martyn le noble , tinha uma filha e que ele queria ficar próxima a ela.

Dias antes o guitarrista Billy duffy resolve ligar para Inglaterra para um amigo da banda que teve problemas com drogas na juventude e foi ligado as bandas Getting in the fear e into a circle derivadas da ex-banda do ian astbury SDC
BILLY MORRISON nascido no Reino unido [ ex-Into a circle , Stimulator]

que na época divulgava seu album da banda STIMULATOR e gravava musicas com seu famosissimo amigo o idolo POP , ROBBIE WILLIANS . Billy morrison levou um susto com o telefonema do cult e mesmo sendo um convite para baixista e não guitarrista sua função ? ele aceitou na hora e partiu de vez para o mundo de hollywood disposto a rodar o mundo com o cult divulgando seu novo disco BG & EVIL fazendo parte de uma consagrada banda .

O tema de abertura dos shows é Duel of the fates STAR WARS em Atlanta geórgia o cult faz um trechinho de for those about to rock do ac dc durante um stop . Em Dallas no edge fest a banda da uma entrevista coletiva em show de radio , O festival RIVER RAVE FOXBORO BOSTON vira bootleg do cult e eles tocam junto de vários nomes como Black crowes , Green day , Marylin manson e os britânicos do COLDPLAY entre outros . A banda FUEL liderada pelo Baixista e vocalista BRETT SCALLION passa abrir os shows do cult .

Dia 1 de junho no Canadá a banda faz um show curto com 9 musicas e dá uma entrevista para o canal MUSIC PLUS para produção do primeiro documentário oficial da banda , com a participação de varias pessoas ligadas ao Cult , como Tim green primeiro empresário , Brian astbury roadie e irmão de Ian , Jamie Stewart ex baixista do Cult que agora vive no Canadá , Jhonny marr dos Smiths antigo parceiro de Billy duffy entre outros .

Para comemoração oficial do lançamento do novo album do cult
BEYOND GOOD AND EVIL 2001 , a banda marca uma data especial no dia 5 de junho no lendário WISK A GO GO HOLLYWOOD , horas antes na TOWER RECORDS da avenida SUNSET STRIP a banda tem uma tarde de autógrafos e divulgação , e a noite o cult faria o mais importante show do ano em um show cheio de fãs e celebridades ,

´´olá campers , esse é o novo território do cult ´´

´´Hoje é um grande dia para nós do The Cult , tem sido 2 anos de sangue , suor e lagrimas , muito obrigado a todos por virem ´´

diz Ian no inicio do show ,

um SET LIST especial cheio de hits e 4 musicas novas e com a banda tocando impecável , Matt sorum batendo pesadíssimo em musicas do seu primeiro disco oficial no THE CULT , e o novato Billy morrison cumpre muito bem seu papel no cult não devendo nada aos baixistas anteriores, na platéia do famoso clube celebridades , muitas :

Nicolas cage , Willen Dafoe , Scott Ian –antrax, Steve Jones ,Gina gershon e Mel c das spicie girls , Juliette Lewis ,Billy gibbons zz top, Marylin manson , Ray manzareck e Robbie krieger doors , Bob rock , Rachel hunter modelo neozelandesa belíssima ,Rosana arquette , Slash ,Billy idol , o baixista e baterista do Stray cats , Taylor hanson da banda Hanson , P.O.D, Scott weilland e o empresário e biografo de Jim morrison DANNY SUGGERMAN entre outros .

No mesmo dia do lançamento do novo álbum do Cult é lançado tbm o disco :


Fire Woman: A Tribute to The Cult (2001) com um time digamos de segunda linha com musicos que passaram pelas bandas : Aerosmith , Guns and roses , Ozzy osbourne , faith no more , Ratt , Enuff zenuff, Quiet riot , Rainbow , love and hate etc , a melhor faixa fica por conta do trabalho inacreditável do guitarrista JAKE E LEE em american horse .

No dia 8 de junho eles aparecem no TONIGHT SHOW AT JAY LENO na NBC TV , em Burbank Califórnia onde tocam ao vivo de maneira bem convincente a faixa RISE , Ian com oculos escuros , gorro negro na cabeça , jaqueta preta de couro e a camiseta vermelha com uma pantera negra que até hoje não descobri o real significado e fitas coloridas enroladas na cintura , Matt sorum de camiseta preta e cabelos curtos todo tatuado e bem diferente da sua silhueta no Guns and roses , tocando de maneira inacreditável se posicionando como o melhor baterista que o Cult já teve , Mike dimkich discreto mas honesto , Billy Morrison vestindo uma camiseta CHAOS griffe ligada a Ian astbury e Billy duffy de camisa negra , óculos e sua indefectível LES PAUL dourada , a banda estava perfeita durante a apresentação , nesse mesmo dia Jay leno tbm entrevistaria a super star BRITNEY SPEARS , que acaba conhecendo os integrantes do THE CULT , tiram fotos , conversam e fica acertado o seguinte :

Britney Spears que estava lançando um novo filme , colocaria o The Cult na trilha sonora , e em retribuição o Cult gravaria futuramente uma musica com referencias a ela , justamente a musica RISE tocada aquele dia toca no filme CROSSROADS –AMIGAS PARA SEMPRE 2002
3 amigas de infância planejam viajar de carro do sul dos EUA rumo a Califórnia pra celebrar a antiga amizade , durante uma carona com o Bem em um carro conversivel , elas pedem pra ele tirar RISE do radio por ser muito pesada...


Em santa bárbara Ian astbury reclama com a molecada de tanta marijuana rolando e no fim do show BILLY GIBBONS do zz top se junta ao cult em love removal machine .

De maio até agosto a banda faz shows pelos eua e depois partem para o Japão onde tocam no sumer sonic e Ian astbury faz um show surpresa com a banda ZILCH , projeto pararelo do qual
Ian astbury , Billy duffy e Scott garret fizeram parte .


O cult se apresenta em algumas radios dos eua executando versões acústicas de rise e she sells sanctuary e em seguida eles vão para Europa e tocam em festivais como no Reading , Pressentindo talvez o mais terrível atentado terrorista do mundo [ 11 de setembro de 2001 ny city ] o cult cancela todos os shows a partir do fim de agosto até 4 de outubro de 2001 onde eles gravam o primeiro dvd oficial ao vivo da banda , durante o mês de outubro , já tocando ao vivo 5 musicas do novo disco no set list eles excursionam mais uma vez com o AEROSMITH , e banda encerra as atividades em 19 de dezembro em chicago .
Ian astbury decide fazer um tratamento para abandonar ou reduzir os danos causados pelo cigarro ,, evitar ao Maximo o álcool e passa a ser semi-vegetariano e tomar sucos anti-oxidantes durante a tour do Bg & evil .

RESENHA do álbum BEYOND GOOD AND EVIL 2001

Um album com cores de capa que lembravam sonic temple , a organização das musicas idem , super bem produzido , curto , extremamente pesado e com guitarras que delineiam todas as faixas...Um cult que ao contrario do disco anterior resolveu a voltar ao seu passado eletrico , guitarras distorcidas...cheias de wah wah , a bateria de matt sorum pesada e certeira , os vocais de Ian marcantes e com o seu indefectivel pandeirinho como sua marca registrada e no baixo dividem o trabalho os musicos CHRIS WYSE e MARTYN LE NOBLE cada um com metade do album , alternando se a cada faixa ,
musicas pesadas, diretas com temas como guerra , cancer e poder , o disco é sem duvida o mais pesado já gravado pelo the cult , sem teclados ou firulas e um cult praticamente HEAVY METAL com uma roupagem moderna e sem o ranço de imitar led zeppelin , doors e ac dc tão comuns em outros discos do cult a unica balada do disco é uma homenagem belissima a cantora alemã e ex-modelo NICO , que integrava a troupe de ANDY WARHOL e que foi amiga ou inimiga ? da modelo EDIE SEDGWICK e ambas foram amantes do lendario JIM MORRISON , , e canção do cult em sua homenagem é tão bela e intrigante qto edie ciao baby produzida por bob rock em 89.
apesar da musica não ser tão melosa e com intenção de ser hit da radio como a maioria das bandas de rock fazem para alavancar as vendas do album vide Scorpions, aerosmith , guns and roses etc

Durante um seção de finalização e remasterização do álbum BG& EVIL de 2001 em Hollywood , Ian astbury tem outra grata surpresa, como a que teve qdo Robert Plant invadiu o estúdio deles em 86 para elogia-los , dessa vez , vestido com uma camiseta do SONIC TEMPLE quem aparece é PAUL MCARTNEY [ baixista e vocalista dos BEATLES ] em carne e osso para cumprimentar a banda e trocar algumas idéias , Ian em entrevista lamenta não estar com uma câmera no dia .

Breathe , rise, the saint , nico, shape the sky e a bela true belivers já eram indicativo que , ao contrario do disco anterior o cult dessa vez acertou o alvo e na mosca , além da super produção baseada na simplicidade o cult incluiu no BG& EVIL aquela que seria sem duvida sua melhor faixa bonus track LIBERTINE , a prova cabal de que o THE CULT seria capaz de produzir hits tão bons ou melhores que seus grandes hits de love , electric e sonic temple
Uma grande mancada da banda , foi não ter deixado participar das gravações o guitarrista base Mike dimikich que tocava com a banda desde 93 portanto quase 10 anos depois ...
No encarte do Novo disco Ian , Matt sorum e Billy agradecem a Ray manzareck , Alan mgee, primal scream , Steve Jones , sua família , Danny saber , Chis goss, Tim Green , Carl stubner , Danny suggerman , bob rock , ao Pai Bill duffy , Lanny cordola , Mike dimikich entre outros
E um agradecimento especial ao lendário AHMET ERTEGUN
[ fundador da Atlantic records , de origem turca e amante de jazz e que foi responsável por nomes importantíssimos como Ray Charles, Aretha Franklin , wylson pickett , Led Zeppelin , Rolling Stones , Chic e até o AC DC]


Beyond good and evil é um acerto indiscutivel de todos o disco não tem faixas ruins e mostra um the cult revigorado , poderoso, criativo e com muita bala pra atirar ainda em faixas como shape the sky

My bridges burn é o recado de agradecimento ao STEVE JONES dos SEX PISTOLS , por tudo de bom e importante que ele fez para o the cult .

a banda demonstra um groove inacreditável , e destila seu poder de fogo com guitarras poderosas , baixo matador , vocais perfeitos de Ian astbury sempre acompanhado do seu tamborin paquistanês que é sua marca registrada e com uma batida de batera inacreditável de Matt sorum , agora mais magro , mais forte , mais rico e maduro após sua saida do guns .
Mesmo o cult fazendo um som extremamente pesado e poderoso , é muito facil indentificar as nuances góticas de dreamtime e do inicio da banda como em american ghotic e ashes and gosts...
A faixa take the power é dedicada a marylin manson , amigo de astbury .
A faixa RISE é escolhida para ser o video clipe de trabalho e como de costume Ian novamente pela 3 vez coloca sua esposa a oriental Rachel para aparecer no video nas cenas de lutas orientais com lanças .
O feeling estava de volta nas guitarras de Billy duffy e a economia de solos e firulas que acometeram o bode , não tem lugar no novo disco , Duffy deixa bem claro que ele é um guitar hero e isso fica nitido em solos belissimos como o de TRUE BELIVERS , album pronto e já nas bancas o cult volta para alguns shows nos eua , hora com Martyn le noble , hora com o jovem Chris wyse. Mas como a banda precisa de estratégia para sair em tour divulgação , mas uma vez a banda comete o terrivel e condenado ato de trocar de musicos que tanto macula e atrapalha a imagem do the cult ,
Ao contrario do anterior a critica mundial foi favoravel ao novo album do cult , fãs novos e alguns já esquecidos devido aos irritantes hiatos da banda voltaram a fazer parte , a excursão mundial e vasta e vai a lugares como japão
Ian astbury com roupas pra lá de esquisitas choca seus antigos fãs acostumados com aquele tradicional visual de calças de couro e cabelo solto, os shows da banda são impecaveis , tanto Matt sorum , qto billy morrison estão perfeitos nos seus lugares e a banda executa as musicas novas e antigas com muita perfeição e esmero a banda excursiona muitas vezes com os 2 filhos de ian astbury a tira colo durante o ano de 2001 , mas 2 acontecimentos iriam abalar de certa forma o sucesso do cult :

. Internet era um vasto campo para troca de arquivos de mp3 , e portanto todas as bandas do mundo que estavam acostumadas a vender muitos discos tem um golpe fatal , o cult fica entristecido em saber que mesmo com otima repercussão o BG & EVIL vende pouco mais de 300 mil cópias
musicas do cult como War , Bridges burn e Fire woman e varias outras entram na lista de musicas proibidas de tocar em radio nos eua por causa da grande comoção provocada pelos atentados...

O cult resolve lançar com uma versão mas digamos ´´amansada´´ a bela canção TRUE BELIVERS essa sim liberada para as radios . Após o fim da tour BEYOND GOOD AND EVIL , o cult rompe com o produtor CARL STUBNER , que teria problemas com o pessoal do Motley crue , especialmente com Tommy lee e devido ao péssimo apoio dado pela ATLANTIC RECORDS ao THE CULT , e um serio desentendimento entre as partes fizeram a banda romper com a gravadora que imediatamente deixou o cult na mão ....

BILLY DUFFY na época fez um apelo aos fãs para que fizessem contato direto com a gravadora , pelo fato que além deles possuirem todas as demos das gravações anteriores do album em questão o cult teria arquivado com eles cerca de 20 musicas inéditas que deveria ser lançadas como lados b posteriormente ...

uma dessas musicas até seria chamada de : TRAGAM ME A CABEÇA DO DAVID GROHL

. Bring Me The Head Of Dave Grohl

visto que esse musico fez duras criticas ao novo disco do cult que ele o classificou como overproduzido e que esse tipo de som o faria dar um tiro na cabeça ...

Infelismente ao que parece a ATLANTIC RECORDS não vai liberar absolutamente nada do cult que está em seu poder e considera a banda ´´persona non grata´´ na lista deles e quem foi realmente prejudicado são os fãs que nada tem a ver com a briga .

Sai o álbum [ FIRE WOMAN tribute to the cult ]

com participação de musicos menos famosos do Aerosmith , Guns and roses, Ozzy , Deep purple , faith no more , enuff zennuf, ratt , dangerous toys , badlands, love hate , quiet riot etc

Billy duffy sobre as criticas de que o BG & EVIL saiu muito pesado :

´´As pessoas estão surpresas com isso ? não sei o que eles esperavam ,
um álbum de FOLK ? eu e Ian queríamos um album brutal ,pesado e descomplicado..´´

Ian astbury :

´´Eu acredito em ETs , mas não tenho evidencias de que eles existam ´´

´´Jogar futebol e fazer gols é hoje meu ideal de Felicidade , o Everton –liverpool é meu time do coração ´´
´´meu maior medo e ter uma doença incurável que me deixe invalido e sofrendo com dores até a morte´´
´´ seu tivesse apenas mais 1 dia de vida , provavelmente passaria com minha mulher e meus 2 filhos ´´
´´acredito em vida após a morte ´´

´´eu vi vários jogos do Brasil na copa de 94 e Bebeto é o meu preferido naquela copa´´

Em uma entrevista a uma revista espanhola o cult declara :

´´ Eu liguei para o SLASH dia desses para conforta-lo , por que ele teve um problema no coração ´´

´´ O guns and roses está destroçado , apesar de slash e duff serem pessoas que gosto muito , Eu estive com Axl rose recentemente , nossa como ele engordou ´´

´´Apesar de termos excursionados varias vezes com o Aerosmith , não conversei muito com o Steven tyler do aerosmith , mais com os músicos da banda que até tocaram com a gente , mas eu admiro demais o trabalho deles´´



Com a sensação de dever cumprido , Ian astbury paralelo ao The cult se junta aos lendarios musicos do THE DOORS , para uma tour mundial de renascimento da grande banda , o que lhe causaria não só profundas boas lembranças e satisfação pessoal , como tbm imensa dor de cabeça e maus momentos.

Em janeiro de 2002 durante o GATHERING TEN no PAIS DE GALES UK , MIKE PETERS que passa por problemas da saúde com câncer , faz uma mega apresentação junto com os companheiros do CULT , THE ALARM , SPEAR OF DESTINY , JENES LOVES JESEBEL entre outros , e em um show histórico BILLY DUFFY toca clássicos do COLOURSOUND da sua antiga banda THEATRE OF HATE e do CULT .

sinalizando um possível novo projeto paralelo com seus amigos ingleses.
Com o fim da divulgação do álbum BG & EVIL do cult , BILLY MORRISON que era biografo via web do cult em 2001 , resolve montar uma nova banda o CAMP FREEDY , por onde passariam grandes músicos todos seus amigos e seria uma banda de covers , além de MATT SORUM , DANNY SABER
[Los angeles –california 1966 ] multinstrumentista e produtor [ex-Black grape , madonna , seal, david bowie , u2 , stones , ozzy etc ]

que tocou com eles no THE DOORS TRIBUTE [ STONED IMMACULATE –THE MUSIC OF THE DOORS ] , BILLY DUFFY e uma serie e famosos como SLASH , DAVE NAVARRO , ROBBIE WILLIANS , SEBASTIAN BACH, RONNIE WOOD , MACY GRAY , PERRY FARREL , DUFF MKAGAN, MARC FORDS dos STROKES ,BRETT SCALLIONS NIKKA COSTA , MELISSA AUF DER MAR , SEN DOG etc ,fazendo versões de bandas famosas e do cult tbm por shows exporadicos de junho a outubro de 2002 .

IAN ASTBURY está oficialmente contratado como vocalista dos THE DOORS e estréia no HOUSE OF BLUES de HOLLYWOOD durante o programa JIM LADD´S LIVING ROOM , Ian astbury nos vocais , Ray manzareck nos teclados e vocais , Robbie Krieger nas guitarras , Ângelo barbera no baixo e Stewart copeland [THE POLICE] na bateria , já que o original baterista que tinha tocado com eles no tributo e no ano anterior alegou sofrer de uma séria doença de ouvido TINITUS , o que depois se descobriu ser uma desculpa para processar a banda . Juntos a banda pela primeira vez toca juntos 4 musicas e dão entrevistas STEWART COPELAND revela que antes do CURVED AIR e do consagrado THE POLICE , ele tinha uma banda cover do THE DOORS qdo era garoto e morava no oriente médio , devido a carreira de diplomata do pai .
Los angeles SPEEDWAY é o primeiro show de fato da nova banda e junho de 2002 durante uma festa promovida pelo centenário da harley davidson , Além de IAN ASTBURY o poeta e rockeiro JOHN DOE da banda punk X participa do show na musica AWAKE/GHOSTS SONGS , dias depois a banda apresenta-se no Canadá com muita recepção dos fãs e critica .



A banda de hard rock norte americana GREAT WHITE liderada por JACK RUSSEL vocal e pelo guitarrista MARK KENDALL , gravaram um disco de covers muito legal cuja primeira faixa é
LOVE REMOVAL MACHINE e tempos depois a banda se envolveria em uma tragédia durante um show em Rhode island , onde houve um incêndio com dezenas de queimados e mortos e inclusive a morte do guitarrista base da banda.






Em setembro de 2002 o cult aparece em uma radio para uma entrevista e anuncia de surpresa uma mini-tour de 15 a 21 de outubro na região da califórnia em 5 cidades diferentes , deixando os fãs curiosíssimos pois achavam que mais uma vez o cult tinha acabado como de costume .
Ian sem banda pra tocar , resolve recontratar seus ex músicos SCOTT GARRET e CRAIG ADAMS que atuavam agora como musicos oficiais do THE MISSION UK , para tocar com eles , mais , MIKE DIMIKICH que se tornara membro definitivo da banda ... Os dois Missions tiveram antes 2 vezes no Brasil com a banda deles , inclusive Craig Adams costumava fazer covers de wild flower nos shows do mission , Scott Garret aliás devido a um problema com passaporte vencido ,teve que ser substituído de ultima hora pelo baterista BACALHAU [rumbora-ultraje a rigor] em um show do mission no Brasil , Bacalhau que conheceu os caras do cult durante um churrasco e futebol no Brasil em novembro de 2000.
O the cult faz 6 shows inacreditáveis , com um set list totalmente diferente e surpreendente , inclusive com parte acústica e moya clássico de SDC, detalhe curioso e que Matt sorum , milionário com sua carreira de musico , nem se importou em recolher seu kit de bateria YAMAHA que usava no cult , e Scott Garret ao se utilizar deles nos shows soa muito mais pesado que na época em que tocou no cult , além de que Scott estava totalmente diferente visualmente agora , com cabelos curtos , musculoso e com e tatooagens , bem parecido com Matt sorum , um dos shows vira bootleg , em um dos shows um fã joga um copo com bebida e gelo em Ian durante she sells sanctuary , mas ele leva na boa , e no show do dia 20 no Wiltern theatre Ian cita que Billy duffy esta feliz com sua filha de 1 ano nascida na época da gravação de BG & EVIL e tbm zuou DAVID GROLL do Nirvana que disse que o novo disco do Cult dava vontade de pegar uma arma e atirar contra a própria cabeça . Em White , Astbury pede desculpas por errar a letra por ter esquecido seus óculos de leitura...


Após os shows Ian astbury despede os 2 musicos Craig & Scott , e anuncia que o cult seria colocado em um ´´freezer´´ mas que não iria terminar com a banda para que ele e billy possam prosseguir com seus projetos paralelos . Em janeiro de 2003 , Billy duffy , Billy morrison e Matt sorum fazem um show em Nova York com o Camp freedy cheio de participações e covers .

Em janeiro de 2003 os DOORS se apresentam no TONIGHT SHOW with JAY LENO na tv dos eua
E se lançam em uma extensa tourne de promoção da volta da banda em seguida eles fazem um mega show no casino de LAS VEGAS PALMS RESORT , apresentação aclamada pela critica .


Mas a banda é pega de surpresa com uma situação desagradável , logo após esse show , o baterista Stewart copeland sofre um acidente de bicicleta e desloca parte do braço , impossibilitando de tocar com eles ,
com shows até o fim do ano os novos doors , mais que depressa contratam TY DENNIS baterista da banda de Robbie krieger , para substitui-lo , já aparecem de novo no programa CARLSON DAILLY TONIGHT SHOW com TY DENNIS na bateria


STEWART COPELAND enfurecido diz que vai processar os novos DOORS , por terem substituído ele sem autorização , já que ele deu muita credibilidade ao projeto devido ao seu sucesso no THE POLICE etc etc exige 1 milhão de dólares de indenização , e disse que Ian astbury era meio que ´´VAL KILMER´´ etc . A banda apesar de estar felicíssima com a recepção dos novos Doors , e ainda por cima com lotação esgotada em todas apresentações recebe esse golpe duro ...

Dia 13 de março 2003 no 100 club de LONDRES ,

Ian astbury se apresenta no show tributo ao MC5 , que é gravado para um DVD , onde ele faz uma versão de KICK OUT THE JAMS nos vocais , juntamente com os integrantes vivos da banda e Lemmy kilmister do Motorhead .


O ex baixista do Cult lança seu 3 album , Stephen Harris agora residente em NY city , faz um álbum autobiográfico , com uma roupagem brit pop e com a parceria de Francis dunnery que foi parceiro de Robert plant e de Michael Lee do Cult [ Songs from the Mission of Hope]

Nos shows seguintes Ray anuncia que eles estão em parceria com nomes ligados ao doors , como JIM CARROL , JOHN DOE , IAN ASTBURY , DANNY SUGERMAN , MICHAL MC LURE , ROBBIE KRIEGER , HENRY ROLLINS etc e estão gravando material inédito para um futuro disco de musicas inéditas e tocam COP´S TALK nos shows .
Mais um baterista da trabalho aos DOORS , mas agora o original . JOHN DESMORE que antes tinha tocado por 3 vezes juntos com eles e com IAN ASTBURY , anuncia que esta processando a banda por uso indevido de imagem , e pelo nome THE DOORS , que não deveria ser usado , já que a banda não era os DOORS , além de JOHN , que já era conhecido por ser encrenqueiro desde a década de 60 na banda original , a família de PAMELA COURSOUN esposa de JIM MORRISON , e a família de JIM MORRISON tbm entram junto do processo de JOHN DESMORE , exigindo a retirada do nome THE DOORS da banda e mais milhões de dólares de indenização ....Prevendo problemas a banda se rebatiza de : THE DOORS 21st CENTURY e resolve fazer uma tour comemorativa e gravar um DVD onde seria tocado na integra o álbum LA WOMAN com um baixista no palco , o ultimo desejo de JIM MORRISON falado pelo telefone de Paris em 71 para RAY MANZARECK , e a banda cumpre a promessa de Jim ;

Para aliviar a pressão , expontaneamente STEWART COPELAND retira dos tribunais a sua causa contra eles, pede desculpas ao IAN ASTBURY , elogia o cantor e ainda por cima recomenda que todos vão ver a nova banda por que é realmente muito boa , em seguida STEWART COPELAND recebe junto do THE POLICE o lugar no ROCK AND ROLL HALL OF FAME, e resolvem remontar o trio , e anos depois se tornam a banda de rock mais rentável do mundo superando Stones , Madonna ou U2.

a banda faz uma extensa tour pelos eua e pela Europa onde vão até Paris fazer uma homenagem póstuma a JIM MORRISON no cemitério PERE LACHAISE em respeito ao seu aniversario de 60 anos, e esse que vos escreve assisti os shows do THE DOORS em LISBOA PORTUGAL e BENIDORM na ESPANHA ambos literalmente indescritíveis de tanta perfeição...

durante os shows que vi na Europa , Ian astbury encarnava realmente Jim morrison , até as roupas que ele usava no show era repetidas e sujas , imitando JIM que era famoso por usar uma calça jeans ou de couro por mais de semanas seguidas....

´´ Eu qdo bebo Red Bull com Whisk , isso é como um veneno para mim ´´

Ian astbury no pavilhão atlântico LISBOA - PORTUGAL 2003

Paralelo aos DOORS , BILLY DUFFY entra na ativa novamente com sua nova banda :

mais que depressa resolveu se juntar a um grupo de amigos e montaram a
banda semi-acustica DEAD MEN WALKING formadas por ex-integrantes de bandas famosas como :

• Mike Peters - (The Alarm / Coloursound) (Singer/rhythm guitar)
• Kirk Brandon - (Theatre Of Hate / Spear of Destiny ) (Lead guitar)
• Slim Jim Phantom - (The Stray Cats) (Drummer)
• Captain Sensible - (The Damned ) (Bass Guitar)
• Mick Jones - (The Clash / Carbon/Silicon [6])
• Derek Forbes - (Simple Minds [7] / A Few Good Men [8]/ Spear of Destiny)
• Billy Duffy - (The Cult / Theatre of Hate)
• Lemmy - (Motörhead)
• Pete Wylie - Wah! [9]
• Glen Matlock - (Sex Pistols)
• Bruce Watson - (Big Country)



, que juntos mandam ver musicas de suas ex-bandas e excursionam pelo reino unido em suas regiões natais , com shows concorridos e animados e gravam dvd e cds ao vivo com qualidade perfeita ao longo da tour alguns musicos foram substituidos ,
E fazem show de julho a outubro de 2003, Os the doors depois de terem gravado um álbum triplo edição limitada no REVEILLON no KODAK THEATRE em HOLLYWOOD , voltam a ativa com agenda lotadissima no mês de abril de 2004 e agora em excursão pela europa e AMERICA LATINA . Camp freedy faz shows esporádicos com Billy duffy durante todo o ano de 2004. após sua saída do Dead men walking ,
Matt sorum lança seu primeiro álbum solo HOLLYWOOD ZEN com participação de seus ex companheiros de guns and roses Slash & Duff

Chris Wyse faz teste para substituir Jason newsted no Metallica , e apesar de não conseguir a vaga acaba aparecendo no DVD documentário SOME KIND OF MONSTER sobre a banda norte americana de trash metal que sempre esteve presente na história do The Cult .
Em 14 de setembro Ian astbury faz um show particular durante um evento em New York city o Buddhist Punk Fashion Show no MARITIME BALROOM CLUB
Ian astbury anuncia que paralelo ao doors e ao cult que está na geladeira , ele tem material suficiente para gravar seu 3 album solo , e apresenta com sua banda que provavelmente será a que gravaria o novo álbum . Ian astbury nos vocais e percussão , Danny saber no baixo , Charley drayton do ceremony agora na bateria , e o excelente guitarrista JOHN SQUIRE (born John Thomas Squire on 24 November 1962, Broadheath, Greater Manchesterdos STONE ROSES ,

banda que tinha dado o ´´cano´´ nele no gathering of the tribes , juntos eles fazem covers do cult e dos doors... Ian astbury estaria trabalhando com o produtor dos strokes GORDON RAPHAEL e com TRENT REZNOR , e JAMES LAVELLE da dupla eletrônica britanica UNKLE em Londres , o disco deverá se chamar WARRIORS OF A MYSTIC PLAINS o disco que será segundo ian uma mistura de punk –rock n roll e eletro deverá sair no outono de 2005 , e sobre o cult , ele disse que não tem planos no momento .

Gordon raphael disse que foi apresentado para o ian por Alam mcgee
[ produtor de Oasis , Jesus and Mary chain , felt , Primal scream etc] ,
e que era fã de Ian e do cult , desde qdo era moleque em seattle e viu 2 videos do cult tocando no clube local THE VOGUE e que tem certeza que Kurt cobain se inspirou no LOVE para dar nome a sua banda já que vivera essa época com eles na cena , Ian astbury era o único cabeludo que colocava respeito em Seattle , 2 dias depois que se conhecerema Ian apareceu no estúdio pra gravarem juntos algum material com membros de sua banda e com o guitarrista C33 roadie dos Doors , e a faixa [ Jeezus ] é sensacional e algo tão poderoso como derreter aço , e ele fará os sintetizadores .
Os the doors desembarcam em outubro no Brasil para uma tour que varrerá do méxico até o fim da américa do sul , Com shows completamente lotados como os de São Paulo onde o Credicard hall ficou completamente Lotado e o Doors fez um dos melhores shows da tour, A banda deu entrevistas para rede globo , Convidou a bateria de escolas de samba de são Paulo e rio para tocar com eles durante break on trough que originalmente teria sido inspirada em Bossa nova na década de 60 nas áreas de Venice beach na califórnia onde Jim e dos Doors ouviam discos de Bossa nova e viajavam sonhando estar em Copacabana. Espetáculo completo os shows deles por aqui , após o evento , Nossas amigas groupies são convidadas pelo Doors a uma festa Halloween preparada para eles , Simone the witch uma amiga e fã , Bate um longo papo com Ian astbury que diz estar extremamente feliz por estar no Brasil com os DOORS seu antigo sonho , Mas muito triste por 2 motivos :
Os doors durante o show de são Paulo receberam a noticia que tinham perdido a audiência judicial e a partir dali , estavam terminantemente proibidos de fazer qualquer menção ao nome THE DOORS ...
Uma facada no peito deles....e que Ian se separou da sua mulher Rachel , Ian astbury super acessível comenta com The witch sobre seus projetos de GRIFE DE ROUPAS , desenhadas por ele e confeccionadas no JAPÃO [NEVER KILL APE e LAMF ] após o show do rio de janeiro , As roupas usadas por Ian durante os show do The Doors são criação de sua griffe , principalmente a jaqueta de couro preta com um raio branco com uma estrela na ponta
Ian astbury resolve passar uma semana de férias em BUZIOS paradisíaca praia do rio de janeiro com sua nova namorada brasileira , uma jornalista da globo-sede brooklyn que conhecera em são Paulo , noticia lançada na coluna de Mônica bergamo , que tbm noticiou :
´´Não quero álcool no camarim , pois eu sou do AA´´ ironia macabra
´´Quero apenas um tapete oriental e algumas toalhas´´
´´ Admiro o Gilberto Gil , ele é um cara bacana´´
durante o show dos Doors , Ian dedicou duas musicas ao ministo do Lula , ele chamava de GIL GILBERTO...
dois meses depois eles fazem um show de reveillon em ANAHEIN USA .
BILLY DUFFY resolve se juntar ao excelente guitarrista norte americano JERRY CANTREL dos ALICE IN CHAINS e formam juntos a banda de covers CARDBOARD VAMPYRES o que se tornaria moda no circuito do rock em LA , o baixista CHRIS WYSE que fez parte do THE CULT foi escalado para tocar com eles, juntamente com o baterista JOSH HOUSER TODD e o ex-vocalista do RATT e MOTLEY CRUE , JOHN CORABI e a banda excursiona pelos eua fazendo covers de grandes bandas como :
[ sabbath-ac dc-motorhead-mettalica-cult-stooges-alice in chains-the who etc ],
CARDBOARD VAMPYRES é sucesso absoluto por reunir dois guitar heros de primeira um ingles e outro norte ameicano a banda faz show de abril a novembro de 2004
Em 2005 , mais um extenso ano de shows para Ian astbury e os Doors , que agoram estão proibidos de se chamarem Doors , E agora depois de D21C a banda passrá a se chamar RIDERS ON THE STORM cujo logotipo foi desenhado por Ian astbury em conjunto com o artista gráfico KOSTAS SEREMITIS que mais tarde tbm faria o logo do CULT .
Nos shows de 2005 os doors apresentam mais musicas inéditas compostas por eles e Ian como [ STREETS OF CROCODILE e EAGLE IN THE WHIRPOOL ] deixando os fãs ansiosos por um disco com a banda , Devido ao pavor de avião do baixista Ângelo barbera , ele é definitivamente substituído pelo PHIL CHEN
[ex-rod stewart-jeff beck-pete townshend-john forgety-lita Ford-jim capaldi-brian may-eurythmics e até Bob marley]
Em 21 de julho de 2005 em Vancouver Canadá , O the doors , faz um show em conjunto com Patt travers e a lendária banda VANILLA FUDGE e após o fim do shows o THE DOORS e o VANILLA FUDGE fizeram uma Jam session , bandas que já cruzavam na década de 60 , as bandas fizeram covers de :

Season of the witch [ clássico do blues imortalizada pelos Vanilla , Donovan e blues brothers]
One [ U2 na voz de Ian astbury e acompanhada dos musicos do Vanilla Fudge ]
Riders on the storm [ com as duas bandas no palco e o lendário Carmine appice na bateria]
Os Doors tocam em Honolulu no hawai e encerram a tour em dezembro de 2005 no Canadá , já desgastados devido aos processos judiciais vencidos por John desmore .
Ian astbury aparece um show do DAVID BOWIE , em retribuição a um que Bowie viu dos THE DOORS com ele no vocal , e tiram fotos juntos no backstage e trocam elogios . Ian reforça para David Bowie que ele é seu maior ídolo vivo atualmente .
Em 2005 , Billy duffy continua tocando exporadicamente com o camp freedy durante todos os meses do ano e de junho a setembro com Chris wyse nos cardboard vampyres inclusive com shows no hawai. E aparece no gatherin 13 no pais de Gales com o coloursound.
Em novembro de 2005 , Ozzy osbourne lança o álbum UNDERCOVER com o baixista do cult CHRIS WYSE . e ainda Chris wyse grava PRINCES OF DARKNESS uma compilação de musicas , a versão de Simpathy for the devil é fantástica e wyse não deixa barato.

Lez Warner que tinha processado o Cult em 88 , e fez parte do Hellfire club com Paul raven do Killing joke , em NY fez parte da Motorbabys e excelente Queen V , seguindo a idéia de seu amigo STEVEN ADLER do GUNS AND ROSES , Lez faz o mesmo e monta uma banda cover do Cult [ PHOENIX TRIBUTE TO THE CULT ] até com web site pra divulgação , Posteriormente sem sucesso na carreira ele criaria a banda THE CELTIC ROCKERS cover de bandas inglesas e se apresentão fixo no NYCITY CASINO em LAS Vegas .
Ian astbury resolve que é hora de reativar sua banda e desligar o freezer do cult e começa os planos de remontar a banda , Os músicos de 2002 são cogitados , assim como Tomy Lee do Motley crue para bateria , mas quem fica com a vaga de baterista e o novayorkino
JOHN TEMPESTA
(born September 26, 1964 in Bronx New York City [ ex-testamente-robie zombie-helmet-zakk wylde] Um legitimo baterista de trash metal que já tinha feitos testes em 93 para o cult e tocado com Ian no projeto do toni iommi , Mike dimikich volta para a guitarra base e Chris wyse companheiro de Billy duffy nos cardboards novamente para o baixo e a banda anuncia uma extensa tour mundial em 2005 e que os shows serão gravados em cd e vendidos aos fãs após o concerto pela INSTANT LIVE , uma forma da banda faturar extra e presentear os fãs com cds com áudio de qualidade oficial . A banda agora faz parte da gravadora ROADRUNNER .
A banda nova estréia na tv no programa Late late show with Craig fergusson usa , no dia 24 de fevereiro de 2006 com Wild flower e Love removal machine ao vivo impecáveis , Ian astbury reforça uma de suas manias , após o solo de wild flower e o stop da guitarra de Billy duffy e da banda , Ian astbury sempre encaixa o nome de algum personagem inspirador dele como :
Edie , Jean genie de David Bowie , Jean Paul Sartre ou Charles Baudelaire ou as vezes a fusão dos dois , Gisnberg e até xingamentos , detalhe : um homenageado a cada tournê .
no show do Fillmore em san Francisco James hettfield , Lars ulrich e o pessoal do Mettalica vão prestigiar o novo Cult,e questionados por um fã o que tinham achado do show do Cult os
metallicas soltam : ´´Hey cara isso ai é rock n roll ´´
Banda revigoradissima com um set list bacana e com wonderland do ceremony tocada ao vivo e dedicada a DANNY SUGGERMAN amigo de Ian e produtor e biografo dos doors que acabara de falecer ., Um grande fã brasileiro amigo nosso , RODRIGO HELTIR viaja aos eua para ver 2 shows do cult no Cabazon –Key club Califórnia e outro no Hard rock de Las vegas em marco de 2006 ,trazendo em primeira mão as novidades sobre os shows da banda , Chis wyse ao perceber a camiseta do DEATH CULT do fã brasileiro , o presenteou com uma palheta personalizada , Rodrigo ao reconhecer o fã CHUCK SEVEN EAGLES com uma pintura indígena no rosto ,pediu para tirar uma foto com ele e ele recusou , atitude imbecil por parte do índio da tribo PIMA , conhecidos nos EUA desde 1500 , são hoje lucrativos produtores de algodão , o Jovem chuck seven Eagles tem autorização do The Cult para filmar e gravar quaisquer shows do Cult desde os primórdios da banda nos estados unidos , Chuck é velho conhecido dos fãs do Cult e aparece varias vezes no DVD music whitout a fear 2001,Rodrigo heltir é artista plástico e desenhista e profundo conhecedor e colecionador do cult , principalmente sobre os primórdios da banda , Grande parte dos meus conhecimentos eu devo a ele , companheiros de troca de material e de shows da banda no Brasil .
Em 7 de março em LA no Hernry Fonda theatre , quem aparece pra prestigiar a banda é o baterista MATT SORUM . Em 1 de maio a banda aparece na TV no programa Jimmy kimel live em Hollywood com um set curto e promocional pra Pontiac cars .


Em 28 de outubro em Dallas Texas um rico advogado local Michael shore contrata o THE CULT para tocar em uma festa privada no Gypsy tea room .
Morre o vocalista KEVIN DUBROW do QUIET RIOT após o show do the cult em new orleans ,
o cult excursiona pelos mais diversos paises com um performance impecável e com um line up que não fica a dever a nenhuma formação em 13 de novembro de 2006 no IRVING PLAZA de nova york cidade de JOHN TEMPESTA a banda grava seu primeiro DVD ao vivo oficial e em dezembro de 2006 o cult faz mais uma tour pela américa latina com vários shows impecáveis pelo Brasil , como o de são paulo que além de ter sido perfeito eu recebo uma baqueta das mãos do baterista John tempesta . A banda atual é perfeita ao vivo , John tempesta mesmo não tendo o vigor de outros bateristas que passaram pelo cult é muito bom e esforçado , Chris wyse é perfeito e alem de virtuoso coloca efeitos de distorção muito construtivos, Duffy perfeito e mike dimkich tímido porem correto fazem tudo dar certo para o vocalista Ian astbury.
Mesmo o Cult não estando no auge da sua carreira essa tour pelo Brasil foi a mais bem executada e profissional , talvez pela batuta do empresário TOM VITORINO , a forma da banda de tocar as musicas é bem original , totalmente diferente de 91 por exemplo onde as musicas soavam totalmente diferente do álbum devido a uma só guitarra .
Os maiores jornais do Brasil [FOLHA-ESTADÃO-GLOBO] principalmente a FOLHA faz uma matéria gigante sobre o THE CULT , comparando a a banda a monstros sagrados como LED ZEPPELIN , DEEP PURPLE e reconhecendo todo o talento da banda...
Mesmo desanimado com os DOORS , Ian astbury excursiona com eles no mês de abril e em dezembro de 2006 agora sob a alcunha de RIDERS ON THE STORM
Em abril Billy duffy toca com o camp freedy em ny city novamente , Mas agora , Billy morrison resolve montar mais uma banda de nome CIRCUS DIABLO juntamente com MATT SORUM na bateria , BILLY DUFFY guitarra solo , BRETT SCALLIONS baixo e vocal e BILLY MORRISON guitarra e vocal e a banda excursiona em 2006 em agosto e setembro e lançam um excelente disco homonimo onde Billy duffy faz um trabalho de guitarra impressionante e por vezes melhor que no the cult , juntamente com Matt sorum perfeito na bateria , os vocais de billy morrison uma mistura de Scott weilland com Layne stayley , o disco sairia em 2007 com vídeos e single lançados antes , Billy duffy e Billy morrison tocam para tv uma cover de hells bells em formato acústico , os musicos da banda poderão ser substituídos de acordo com a necessidade :
• Billy Morrison - vocals, rhythm guitar (2006-present)
• Rob Patterson - lead guitar (2007-present)
• Patrick Cornell - bass (2007-present)
• Charles Ruggiero - drums (2007-present)
• Billy Duffy - lead guitar (2006-2007)
• Brett Scallions - bass (2006-2007)
• Ricky Warwick - rhythm guitar (2006-2007)
• Matt Sorum - drums (2006)
• Jeremy Colson - drums (2007)

Billy duffy e Billy morrison trabalham na trilha sonora de um filme de suspense SYN JIN SMITH , cogita-se que Billy idol , Iron maidem , Robert plant & Jimm page , Korn entre outros participaram da trilha sonora e Billy duffy prepara uma versão modificada de Love removal machine para o filme.
Billy duffy fará uma ponta no filme como artista
Em janeiro de 2007 , IAN ASTBURY faz seus últimos shows no THE DOORS-RIDERS ON THE STORM e resolve abandonar a banda , alegando que deve se dedicar integralmente ao the cult que deverá lançar o novo disco , Mas a desculpa não convence , e muitos dizem que Ian na verdade teve algum rompimento com seus chefes do doors e que ele estaria receoso de ter que dividir com os DOORS , o dinheiro que eles deveriam pagar a JOHN DESMORE pelo ganho de causa .
Ian sai da banda , mesmo sabendo que eles teriam mais quase 2 anos de shows já marcados e vendidos para cumprir . E As pressas o RIDERS ON THE STORM coloca como vocalista o jovem loiro BRETT SCALLIONS [Vocalista, baixista e líder do THE FUEL ] que já tinha excursionado com o cult , tocado em jams sessions e ainda participado do camp freedy e circus diablo com Billy duffy e outros ex-cults.
"Me diverti demais dividindo o palco com Ray Manzarek e Robby Krieger. Aprendi muito com eles e com certeza consegui expandir minhas habilidades como performer. Foi uma decisão difícil de se tomar, mas me sentiria como se estivesse travando todo mundo se não saísse agora. Muito amor e respeito para todos os fãs. Obrigado por tudo que compartilharam comigo..."
"Eu decidi sair e dar mais importância à minhas próprias músicas"

Ian astbury tentando explicar sua sua saída dos THE DOORS [Riders on the storm ]



"Nós temos algumas idéias no forno, amadurecendo. Cada álbum tem vida própria e este, por enquanto, ainda está muito verde para ser lançado, já que ainda está em estágio de formação. Ele ainda está bem cru e meio que desconjuntado, o que, aliás, eu gosto. O Ian (Astbury, vocalista) não está mais cantando com o The Doors e eu acho que isso, de algum modo, aguçou nele o interesse de gravar com o The Cult".
"Nós fizemos uns 70 e poucos shows no ano passado. Eu, pessoalmente, não curto aqueles anfiteatros. Eu gosto de teatros. Mas aí é que está o dilema: se você conquistou o direito de dormir no ônibus da turnê, ainda assim você vai querer dormir em uma van? Se a sua música chegou a um número suficiente de pessoas, o que lhe dá direito a certas regalias, isso é uma coisa boa. De vez em quando você tem que curtir os confortos que você conquistou."
"Eu sempre achei que o The Cult fosse algo passageiro. Nós éramos uma 'grande banda de nível médio', mas estávamos felizes com aquilo. Quando nos tornamos grandes por alguns anos não foi muito legal. Nós aproveitamos o máximo e metemos o pé em tudo, mas, olhando em retrospectiva, eu diria que o Ian não curtiu aquilo. Nós ainda temos aquela pegada punk-rock em nossos corações e a conservamos no melhor estilo."
Billy duffy em entrevista ChartAttack.com em inicio de 2007


A banda inglesa KEANE , um sucesso brit-pop do reino unido faz uma bela cover de She sells sanctuary , um dos integrantes do Keane Tim Rice oxley líder da banda , foi convidado a integrar o COLDPLAY a convite de Chris Martin em inicio de carreira , mas recusou ,


´´apesar do Coldplay não ser rock n roll ? eles são minha paixão secreta ´´
Ian astbury durante um show do Cult em 2006 em Cleveland Ohio

Em fevereiro o Cult grava o novo disco , Parte gravado no Britannia row studios em Londres, parte em los Angeles e parte em Buenos Aires-Argentina , durante a vinda deles por aqui
Billy duffy manda avisar que o novo disco será uma mistura de LOVE com EXILE ON MAIN STREETS , e que eles vão excursionar com os DOORS e possivelmente com os ROLLING STONES.
Em fevereiro de 2007 no FONTANA SPEEDWAY da califórnia o cult retorna com a extensa tour 2007 de divulgação do novo álbum que ainda seria lançado a seguir , e tocam em uma serie de paises distintos , inclusive na SERVIA pais de MIKE DIMKICH .
Na Europa o The cult abre shows para o THE WHO , em um show na holanda eles fazem cover do FREE ALL RIGHT NOW e Billy duffy confessa que caso Paul rodgers tenha vontade de remontar o FREE ele se canditata a guitarrista no lugar de Paul kossof.

 Em outubro de 2007 o cult lança seu novo disco :
Com a produção de YOUTH (born 27 December 1960 in africa]
[MARTIN GLOVER ] ex baixista do KILLING JOKE , Youth ja tinha trabalhado em remixes do cult em 93 nas varias versões de she sells sanctuary , e tbm com nomes como Madona , the verve, guns and roses , Paul mcartney etc , o album gravado parte na argentina e parte nos eua é o album mais curto do the cult com cerca de 40 minutos , a capa sem duvida nenhuma a pior da historia da banda sem nenhuma criatividade , encarte paupérrimo e com poquissimas informaçoes nem letras , o titulo BORN INTO THIS ;
mas com uma sonoridade muito interessante , e que não foi surpresa desagradavel para os fãs , ja que o cult agora estava demonstrando sua sonoridade propria e não mais somente clichês de led ,doors e ac dc , a faixa titulo abre o disco com um baixo galopante de wyse , e os backing vocals são o mais puro rollling stones o que na verdade não deixa de ser uma boa surpresa...a banda soa pesada , mas sem o ranço overmetal do disco anterior , John tempesta bate comedido para um baterista de trash metal , mas da um toque todo pessoal ao som do the cult de 2007, a guitarra de billy soa economica mas certeira , citizens remete aos tempos psicodelicos do album peace e love trooper o pandeiro de ian chacoalha com o vigor de sempre , diamonds tem uma intro moderna mas sem a chatisse dos toques eletronicos que permeavam o cult e o baixo de wyse deixa claro que ele é o cara e que a saudade de Jamie stewart ficou para traz....o duelo entre baixo , bateria e guitarra nessa faixa e desafiador...e lembra os tempos góticos do sdc , mas com uma pegada bem moderna , Dirty little rock star é a faixa de trabalho da banda e mais uma vez o baixo de wyse sobrepassa todos os musicos da banda, e IAN se mostra em plena forma , guitarras , pandeiros , otimos backing vocals fazem dessa faixa a mais popular do disco e os efeitos do baixo são marcantes ,
CULT cumpre a promessa feita pra Britney Spears durante o programa Tonight show Jay lenno em 2001, a musica DIRTY LITTLE ROCK STAR é dedicada a ela e as garotas Lindsay lohan e Paris Hilton , ambas sempre envolvidas em escândalos do showbizz movidas a bebida e drogas ,

em seguida todo o clima rock n roll do novo disco do cult desaba como se jogassem um balde de agua fria , com uma balada acustica , permeada de um orgão que parece ter sido tirado das seções do album BODE , Ian agora apaixonado pela canadense APOLLA ECHINO escreve holy mountain e tenta soar como o peculiar cantor norte americano JOHNNY CASH , ao invés dos já tão imitados por ele PLANT , JIM , BOWIE , IGGY etc , sem duvida essa faixa deveria ter ficado de fora do play e ter sido lançada como lado b , mas bem rapidamente ela acaba e vem a maior porrada sonora do disco a pesadissima e grooveada I Assassin , onde Tempesta desce o braço e a banda num entrosamento fantastico faz um som tipicamente THE CULT

além dos musicos da banda Youth grava efeitos de baixo e teclados que dão um toque moderno e amenizam o peso da banda para evitar que eles soem muito pesado como no disco anterior o baterista e musico eletronico DAVID NOCK tbm participa das gravações e da percussão , mike dimkich é citado nos creditos mas não participa mais uma vez do album em uma completa falta de respeito . Em iluminated vemos um the cult em forma surpreendentemente boa e poderosa, os vocais de Ian estão perfeitos , e o instrumental idem e o wah wah corre solto no solo de Billy duffy , mesmo alguns fãs achando que billy duffy poderia ter sido menos economico nos seus riffs e solos nesse disco ja que ele é mesmo um guitar hero , em tyger in the sun o cult demonstra um pouco de tudo que ele fez de bom em sua carreira numa canção poderosa , bela e sedutora que sem duvida merecia um videoclipe e deveria ser a faixa titulo , mas o cult sempre comete erros como esse , savages nos remete aos tempos do primordial DREAMTIME , mas com um peso atual e poderoso do cult atual e a banda encerra o album com uma canção que para mim é a melhor do album e que é o cult dos bons tempos de electric com um backing vocal magnifico e guitarras de derreter aço....baixo cheio de pedais de efeito e distorção , e um dos solos mais bacanas do disco .


Como o album saiu muito curto , muitos fãs que conseguiram baixa-lo da internet bem antes mesmo dele sair no mercado ja que o cult estava sem gravadora após ter rompido com a atlantic , tiveram a certeza de que esse disco era na verdade uma regravação do disco solo que Ian tinha feito no ano anterior qdo cantava nos DOORS o apócrifo WARRIORS OF A MYSTIC PLAINS , e o disco que para muitos foi um grande acerto do cult , para outros fãs deixou a dever ...e a banda logo tratou de lançar uma versão especial do disco , para disfarcar talvez a horrivel capa original , ian astbury colocou o logotipo oficial do THE CULT que é um LOBO BRANCO desenhado a mão por ele em parceria com KOSTAS SEREMITIS artista gráfico ; com dois ossos cruzados em baixo e o nome da nova edição seria BORN INTO THIS SAVAGE EDITION . o album mais caro trazia de brinde uma edição extra com 5 musicas extras

2 versões demo de i assassin e sound of destruction muito legais e simples , uma versão extendida de savages pra lá de cult , e duas belissimas inéditas que com certeza deveriam estar no disco oficial STAND ALONE que lembrava o cult de outrora com vocais épicos e com um piano parecido com os do love que fazem grande falta nos shows ao vivo da banda , o refrão final ian faz um overdub muito bonito delineado pelo seu pandeiro e o piano e a faixa WAR PONY DESTROYER deixa claro que é uma marca registrada do cult deixar a melhor musica de fora do disco , com um groove fantastico o cult se mostra perfeito , a bateria de tempesta está perfeita , a guitarra de billy abusa do wah wah como se fosse hendrix....o baixo cavalga perfeito , ian grita seus Yeahs e babys como nos velhos tempos , o pandeiro chacoalha o tempo todo e o refrão e detruidor como o titulo da musica o teclado discretissimo dá um charme extra a esse petardo em uma perfeição digna dos tempos de LOVE ou SONIC TEMPLE : se cult copiou o disco solo de IAN pode ser provavel que sim , mas ele acertou o alvo novamente o que já é um grande feito .


O baixista e o guitarrista base do cult , mantem suas bandas paralelas ao trabalho do cult .
Chris wyse é líder da OWL , onde ele toca baixo e é vocalista , Dan dismore bateria e Jason achilles mezilis na guitarra e vocal de apoio , a banda faz shows esporádicos e trabalha para o lançamento de um disco que será gravado no DRAC STUDIOS de propriedade do ex-cult MATT SORUM

, Stephen Harris , o garoto Kid chaos da tour electric , manda avisar que esta concluindo seus estudos na ESCOLA DE MEDICINA MONT SINAI NY CITY e vai se formar Médico em breve e conta com a presença dos seus ex-parceiros na sua formatura .
Enqto que Mike dimkich toca covers de rock com sua banda
MIKE DIMKICH & THE LOOTERS .

Em 4 de outubro de 2007 em uma festa da Revista ROLLING STONE hot issue party em Hollywood Califórnia que aparece pra cumprimentar a banda é JULIETTE LEWIS , que além de ser uma atriz famosa e talentosa do cinema , tem uma banda de rock JULIETTE AND THE LICKS , foi indicada ao Oscar pelo excelente filme Cabo do medo e atuações perfeitas como em Gilbert grape com Leonardo di caprio e Johnny Deep, Kalifornia com Brad Pitt , Drink no inferno com George Clooney etc
Juliette Lewis tinha conhecido o Cult , qdo a banda apareceu pra divulgação do filme DIARIO DE UM ADOLESCENTE de 95 com Leonardo di caprio , com STAR na trilha sonora , o filme foi dirigido e inspirado no livro BASKETTBALL DIARIES do poeta e escritor JIM CARROLL [ Jim era contemporâneo de Jim Morrison e sempre trabalhou ao lado dos The doors , inclusive compôs algumas musicas que seriam lançadas pelo THE DOORS 21ST CENTURY se Ian astbury estivesse continuado na banda e que infelismente não se concretizou , e com certeza absoluta seria um album no mínimo interessante levando com conta a qualidade técnica da banda ], JULIETE LEWIS diz que o Cult é uma das bandas que ela mais gosta e serviu de inspiração pra sua banda de rock , e que Ian astbury é um dos melhores cantores de rock pra ela e que she sells sanctuary é um dos hits nota 10 .
Em 18 de novembro em Columbus Ohio antes do show no Newport music hall , o cult faz um pocket show acustico na radio 101 big room onde tocam Dirty little rock star , holy mountain e raín e forma bem interessante com os 5 no palco.
IAN ASTBURY participa mais uma vez de um projeto eletrônico , em julho de 2007 sai o álbum WAR STORIES do grupo eletrônico UNKLE [ James lavelle, Ian astbury , Dj shadow , Gavin Clark Josh hoome e Cris goss que tinham trabalhado com o Ian no disco Spirit light speed ]
Ian astbury canta em [BURN MY SHADOWS e WHEN THE THINGS EXPLODE] e apareçe algumas vezes ao vivo com o grupo UNKLE como no COACHELA FESTIVAL . Astbury tbm aparece nos vários remixes do álbum war stories do Unkle , onde além de vocal ele toca o baixo .


Durante um show no BOGART´S NIGHT CLUB-CINCINATTI USA ,, Ian astbury solta uma declaração que causaria polemica ,
´´Vejo vcs no ano que vem , pois abriremos a tour de uma banda que tem L e Z no nome´´
divagando sobre a possível e comentada volta do LED ZEPPELIN....BILLY DUFFY declara que se PAUL RODGERS que faz um tremendo sucesso no lugar de FREEDIE MERCURY no QUEEN , tiver interesse em remontar o FREE , ele se candidataria no lugar do falecido PAUL KOSSOF [um dos seus ídolos além de Mick ronson,Jimmi page, jimi hendrix, jeff beck, steve jones,etc]
´´De acordo com a MTV, Astbury falou ao público: "Voltaremos ano que vem, pois abriremos para uma banda que vocês já devem ter ouvido falar... o nome começa com um 'L' e tem um 'Z' no meio." Depois de um fã gritar "LED ZEPPELIN", Astbury confirmou com a cabeça e levantou seu braço.´´
"O único motivo de ter dito isso é porque li sobre o seu concerto de reunião", disse Astbury. "Não pensei em nada além disso".



Em entrevista em outubro de 2007 Para um jornal canadense Ian astbury diz :
´´Eu tenho estudado para ser ator , e adoraria fazer um filme cujo tema tenha a ver com Paris de 1870, Napoleão bonaparte e sobre a poesia simbolista francesa e sobre Edith piaf ´´
´´Eu enterrei 6 dos meus melhores amigos , Michael hutchense do INXS foi um deles´´
Indagado pelo jornalista :
´´Não uso mais drogas ´´
´´Bebo raramente so qdo tem uma festa realmente boa , prefiro produzir camisetas da minha grife pra angariar fundos para DARFUR no SUDÃO que vive um inferno´´
´´nós estamos construindo um website simples pra angariar fundos para a causa , se chama darfurpurple.com ´´
De um chat Ian astbury faz suas declarações diretos de Oklahoma city em Nov 2007 .
´´ Beyond good and evil , se tornou um pesadelo vivo pra gente , nos decidimos dirigir por uma estrada que obviamente não era o caminho certo , mas todo mundo pode errar nas escolhas ,todo mundo se acha perito no assunto etc , se soubéssemos com certeza o resultado futuro , teríamos apostado no cavalo premiado ´´
´´Born into this gravamos em 36 dias enqto que o Bg&evil gastamos mais de 10 meses...´´
´´Bom que todo mundo saiba que nós nunca tivemos em Hiatos de verdade , e nos períodos que o Cult esteve parado , nós sempre estávamos fazendo e criando musicas´´
´´Wikipedia é um droga , não se pode confiar naquilo como fonte correta ´´
´´Qdo eu estive na Índia eu fiquei impressionado ao ver o povo pobre , pobreza de verdade mesmo , desnutridos , andando em meio ao lixo e suas próprias fezes , ao lado de animais mortos , eles são de uma cor viva e não falam Inglês , e vivem a vida inteira sem nunca ter saído de suas aldeias , e que mais me impressionou que apesar de tudo isso , Eles são FELIZES , nunca vi no mundo um povo com um sorriso tão sincero como lá , a humildade humana está na Índia ,e veja só agora estamos em Oklahoma city , cercado de carros belíssimos como Mustangs, Suvs de luxo e Mercedes com esse que eu vim pra cá , mas não me sinto bem ? acabei viajando no assunto , me desculpe ....´´
´´O Metallica é uma das bandas que menos tem haver com a gente que nós já excursionamos , musicalmente não temos nada em comum com eles , somos grandes amigos do pessoal da banda , eu gosto de uma ou outra musica deles , Eu sou inglês , gosto mesmo é do DAVID BOWIE , ele é um cara amável , talentoso meu artista favorito de todos os tempos´´
´´Foi fabuloso excursionar com o THE WHO recentemente , eles fazem pessoas com menos de 60 anos ter inveja do tanto que são bons´´
´´Cantar com os Doors foi maravilhoso, foi uma aula com mestres , como se eu fizesse um curso na mais graduada das universidades da terra , mas meu ciclo acabou e achei melhor voltar pra minha banda de origem ´´
´´Amaria trabalhar com eles novamente se um dia isso acontecer, eu sai por que tinha muitos projetos de vida paralelo ao doors , o Cult , minhas viagens a índia e Nepal , viajo muito ao Japão onde tenho um Grife de roupas , trabalhei com TRENT REZNOR do Nine inch nails , trabalhei com o UNKLE onde gravei duas musicas , trabalhei com Gordo raphael e precisava levar o Cult adiante´´
´´Sou fã do YOUTH desde que ele tocava no KILLING JOKE , já tínhamos trabalhados com ele no remix de she sells em 93 ,
Ele prodiziu com muita perfeição o álbum novo em menos de 60 dias estava tudo pronto , bem diferente de antes que levávamos até um ano pra fazer um disco ´´
´´Odeio tournês , odeio andar de ônibus , estou sendo sincero , gosto do show em si , conhecer algo cultural nas cidades , ir a lojas de departamentos , observar a musica que rola , fazer caminhadas e correr , e até ver show de outras bandas e artistas´´

O cult encerra sua tour em dezembro de 2007 no house of blues de Anahein california usa com poucas musicas do álbum novo no set list .
Em 19 de Janeiro de 2008 Billy duffy e Chris wyse aparecem em um show do Camp freedy .
O cult retorna sua excursão em fevereiro de 2008 pelo reino unido com vários shows e tendo como banda da abertura o THEATRE OF HATE que agora tem CRAIG ADAMS na sua formação além de membros originais , Billy duffy se junta a banda em DO YOU BELIEVE IN WESTWORLD

Em maio de 2008 , Ian astbury escreve um artigo sobre sua visão da China e a opressão aos TIBETANOS , fala sobre as olimpíadas de Pequim , da presença ocidental na china-tibet-nepal tão rigorosa e opressora com os budistas tibetanos , onde se acha até Marlboro pra comprar , sua intima ligação com o zen budismo , suas expedições aos montes sagrados , everests , anapurnas , a grande mãe chomolunga e o holy mountain , tudo ao lado do seu novo e verdadeiro amor Apolla echino , o artigo completo saiu no blog da revista SPIN como o titulo de
The Buddhist Way
Posted Fri May 9, 2008 11:56am PDT by Ian Astbury in The Spin Blog
Billy duffy finalmente recebe da cia de guitarras GIBSON USA um modelo exclusivo que leva seu nome GIBSON´S BILLYDUFFY LES PAUL model de cor dourada . O cult ganha uma parede especial no HARD ROCK CAFÉ de LAS VEGAS onde esta exposto varios objetos e fotos da banda Como uma Grestch White falcon e uma jacketa de couro de billy duffy e bateria do cult como o logo da banda
Billy duffy , apresenta-se em alguns shows ao lado do ex-companheiro Matt sorum , com o vocalista ex-Montrose e ex-Van Hallen [SAMMY HAGAR ] tocando Rock candy do Montrose entre outras , Haggar estaria chateado com seus companheiros do van hallen e além de que o baixista original MICHAEL ANTONY , tbm saira brigado do Van hallen , os 4 musicos planejam gravar juntos para o novo álbum solo de Sammy Hagar que sairia meses depois , Hagar era um velho amigo de Matt sorum e dos caras do Cult , Sorum já havia tocado junto com ele outras vezes e após sua saida do Guns and roses e seu enriquecimento Sorum comprou de Sammy hagar uma casa de praia no litoral do México-califórnia , lugar ideal pra pratica de esportes náuticos , que alías Matt se envolveu em um sério acidente de Jet Sky no local a tempos atrás.

Dias depois o cult faz um show especial no 100 club Em londres onde tocam dreamtime e 83rd dream , durante o stop para bebidas nos shows do cult a musica [ Tyger in the sun ] é tocada nos alto falantes , em Vancouver eles tocam 5 musicas do novo álbum , no segundo semestre o cult anuncia que fará no Brasil sua maior excursão com vários shows em 6 cidades , que apesar da banda estar muito bem musicalmente o vocalista Ian astbury estava distante e sem garra , talvez por que ele teria que se submeter a um cirurgia na bacia em breve . Durante o show do Rio de janeiro no Circo voador ele não disse uma palavra com o publico , devido a má divulgação por parte da banda , que nem videoclipe promocional tem , os shows não são tão cheios qto das vezes anteriores...e a banda fica visivelmente chateada.
Depois de um ep com algumas faixas demo , Chris wyse lança seu álbum oficial da banda
OWL power trio do qual é líder , o álbum é interessantíssimo e com uma sonoridade que lembra The cult , Stone temple pilots , Alice in chains e Audioslave é ponto positivo pra Wyse . Além de solos de baixo pra lá de poderosos e bem executados , o groove dos músicos é perfeito e musicas como Preacher man , more on drugs , alive são nota dez , 14 faixas ao todo.
Chris wyse conta que os grandes incentivadores para lançar a banda e o álbum do OWL, foram Billy duffy e Jerry cantrell , seus parceiros de Cardboard Vampyres e que ele decidiu ser baixista qdo escutou a primeira vez o álbum The number of the beast do Iron maidem , cantava junto com Bruce , mas era Steve harris seu grande ídolo.
Dia 18 de novembro , Sammy Hagar lança seu Novo álbum solo :
COSMIC UNIVERSAL FASHION , um belo disco de hard rock que além de Billy gibbons do zz top , tem Rick Rubin entre outros e a melhor faixa do disco é um rock sem defeitos , Com sammy Hagar nos vocais e na guitarra base , Michael Antony no contra-baixo , Matt sorum na bateria , e Billy duffy indefectível na guitarra na faixa LOUD , que é a musica de trabalho e o vídeo promocional , onde Billy e Matt saem de uma Mercedes negra e os ex-van hallens em um camaro vermelho conversível , e o vídeo tbm além da banda ao vivo , garotos mais jovens fazem o mesmo parodiando a banda como se fossem eles jovens , a musica é uma mistura de The Cult & Van hallen , de forma mais rock n roll possível , a musica vai crescendo lineada por um baixo poderoso , uma bateria pesada , duas guitarras a todo tempo escoltadas por um pandeirinho a-la Ian astbury , que remete a Fire woman na hora , Billy duffy faz um solo na sua Gretsch White falcon carregada de wah wah , com solo duplo , digno de uma salva de palmas , deixando uma vontade extrema que o novo disco do Cult chegue ao menos perto dessa gravação .

Em 24 de Novembro de 2008 o cult recebe a noticia que seu ex baterista MICHAEL LEE tinha morrido em decorrência de uma grave doença epiléptica
Michael Gary Pearson, veio do Little angels para o cult , qdo se tornou famoso e depois foi tocar com nomes famosos como : Robert plant, Jimmi page. Echo and bunnymen , Thin lizzy e com Ian gillan ].

Em novembro em San Antonio no Texas o cult encerra a tour BORN INTO THIS .
Em 2009 o cult anuncia uma nova tour , por todo o ano e a gravação de um novo álbum sucessor do BIT , e uma tournê especial pelos 25 anos de aniversário da banda que deverá se chamar LOVE LIVE TOUR , onde além de uma serie de inovações de luz e efeitos , o cult deverá tocar o álbum love na integra , além dos hits da banda e prováveis musicas novas . Em janeiro no Park city de Utah usa o cult estréia o ano sem novidades no set list , Maio em Las Vegas idem
Ian astbury envolvido em novos projetos , Teatro e cinema em apoio a sua namorada a atriz e professora de Yoga , a canadense APOLLA ECHINO que faz parte de um grupo chamado SAVAGE in LIMBO , Ian e Apolla trabalham juntos no curta metragem ´´we defy ´´ and´´ruins´´ parte de um documentário idealizado por Ian chamado : CONQUISTA e com o subtítulo VIOLÊNCIA SEXUAL e GENOCIDIO INDIGENA AMERICANO ,
e Astbury monta um projeto musical acústico bem simples para tocar nos shows de sua namorada , o SOFT REVOLT , Ian e o um guitarrista acústico Yul vazques , fazem versões próprias de musicas de :
the cult , Ian astbury solo , unkle, beatles , David bowie, radiohead, patti Smith, Blonde redhead , led zeppelin, black sabbath etc e faz apresentações no club BOWERY ELECTRIC de ny city.
Em entrevista Ian afirma que o Cult vendeu algo em torno de 20 milhões de discos ao longo de sua carreira .
A estréia é em 9 de maio de 2009 no BOWERY BALROOM ny city , A idéia surgiu qdo estava com sua mulher APOLLA ECHINO em VANCOUVER e ele tocou com alguns membros de uma banda local de HARD DRUGS , informalmente em um bar e ai ele resolveu montar esse projeto Soft revolt que na verdade é uma dupla .

Ian astbury trabalha em um projeto de cinema junto com Mona lavelle , esposa do seu parceiro James Lavelle UNKLE , e LUPE FIASCO cantor de rap , o trabalho tem a haver com cultura de rua do Japão
Vários shows do cult estão agendados durante todo o ano , e o antigo produtor STEVE BROWN [ ex-LOVE , PEACE ] foi convidado a produzir a nova tour LOVE LIVE 2009
Fãs da banda cadastrados no fã club oficial terão direito de comprar ingressos vips para ver o show do cult em PARIS no clube LE BATACLAN , com passe livre no backstage e champagne francês a vontade na tour 2009 dia 2 de outubro
E por 77 dolares vc poderá fazer parte do MAGIC BUS em 11 de julho em ATLANTIC CITY uma super AFTER PARTY com a banda após alguns shows dentro de um ônibus adaptado com bebidas , banheiro , sala pra fumantes e dvd do cult rolando no telão e a presença da banda .

Dia 27 de junho de 2009 , CHIS WYSE grava em North Hollywood um DVD para IMV instructional guitar , juntamente com ACE FREHLEY ex-guitarrista do KISS ,e com seu companheiro Matt sorum na bateria , George Lynch do Dokken na outra guitarra e JOHN 5 [ Rob zombie -marylin manson] na guitarra .
Ian ataca de de DJ em 1 de julho de 2009 tocando suas musicas preferidas no SIRIUS radio online via web e 10 dias depois Ian toca novamente no SOFT REVOLT , seu companheiro de banda é o ator e guitarrista YUL VASQUEZ
E fazem ao vivo cover de Gimme shelter dos Rolling Stones , e Astbury manda ver ao vivo uma bela versão de El che /wild like a horse e she sells sanctuary em homenagem ao seu caçula Che astbury e ao ídolo revolucionário Ernesto Che Guevara ao vivo no clube de Manhattan ny city


´´Minhas raízes são o punk rock do Crass , Ramones , The clash e Sex pistols , mas o Led zeppelin sempre me fascinou , o sucesso deles , os excessos deles , o dinheiro deles , a separação deles , aquilo sempre me fascinou , qdo eu comecei , dizer que se gostava do Led Zeppelin era um TABOO , qdo eu tinha 22 , 23 anos e escutei o disco ´´ In Trough the out Door ´´ era algo mais progressivo que muita coisa pós moderna que surgia ´´
´´ Quando eu ouvi aquela música com orelhas realmente abertas, eu fui movido assim por aquele som , pela profundidade daquilo que eles faziam , a extensão daquilo , me confundiu , por que havia ódio da minha geração punk ,para com o Led Zeppelin. Eu entendi que eles eram ícones, símbolo de uma geração anterior a minha , eles eram os homens jovens e eles tinham ganho aquela riqueza que tinha sido empurrada neles e eles lidaram com isto da melhor que eles puderam. John Bonham não foi culpado pela tragédia do Led Zeppelin ´´
´´Eles eram muito mais ultrajantes e radicais que muitos punks ´´

´´Jimi Page é um dos músicos mais talentosos de todos os tempos assim como Paganini ´´ [ um dos maiores violinistas do mundo do século 18 , Niccolo Paganini era tão virtuoso que o acusaram de ter feito um pacto com o demônio , muitos acham que a maneira dele de tocar , era devido a uma síndrome que ele sofria e alterava suas mãos e dedos –sindrome de marfan.]
´´Page foi muito superior a leva de guitarristas rápidos que surgiram após Eddie van hallen dos quais não me interesso´´
´´Qdo eu imagino um bom guitarrista Van hallen não é o meu ideal , prefiro muito mais a simplicidade de Robbie Krieger por exemplo , ele realmente improvisava , como se fosse um guitarrista de punk rock como foi Pete townshend ou Ron ashton´´
´´Apesar deu estar envolvido com theatro , poesia e até curtas de cinema , a musica sempre foi minha verdadeira paixão , meu primeiro amor , desde que comprei por volta dos 10 anos o compacto LIFE ON MARS ? do DAVID BOWIE ´´
´´O rock ´n ´roll atual está um lixo , quase morto , todo mundo sugou e poucos devolveram algo de bom como fez o Cult , é muito egoismo na cena , as pessoas que se lançam no mundo do rock não tem um envolvimento de verdade é falso é uma caricatura , um travesti´´
´´´´ Os albuns hoje são um formato morto ´´
´´Sobre o álbum novo do cult , não haverá álbum novo , o formato de album já era , íTunes destruíram os discos , é fato que ninguém compra mais discos , um formato ultrapassado , se realmente tivermos uma ou mais musicas que realmente for legal , faremos o registro ´´
´´Passar 6 meses ou mais em um estudio , trabalhando , discutindo , tentando ajustar um formato , corrigindo e criando musicas pra no fim não ser reconpensado financeiramente pelo seu suado trabalho é uma idéia ultrapassada´´
´´UNKLE, RADIOHEAD e ARCAD FIRE tem sido exceção a regra no mundo atual da musica e sua forma de divulgação , eu adoro ouvi-los e os apoio´´
´´Acho que é uma Disneyficação da industria da musica com os videogames :guitar hero , rock band e afins , não vejo isso com bons olhos ´´
´´ Admiro muito Bob Dylan , é um homem de ouro da musica , estabeleceu seu legado e faz e produz o que ele quer sem se preocupar com a industria comercial ou com que os fãs esperam dele , ele é um deus e tem corpo de trabalho´´
´´O atual line-up do Cult é fantástico , muito direcionado , muito muscular ´´
´´ eu tive um sério problema no quadril e fiz uma cirurgia no lado esquerdo e passei por uma cirurgia reconstrutiva e fiquei quase 8 meses sem me exercitar , faz pouco tempo que abandonei uma muleta , eu fiz uma reabilitação e em breve estarei me movendo da forma como eu gosto ´´
´´Hoje tenho 47 anos e definitivamente não tenho a ilusão de sindrome de Peter pan , Não quero nem posso me comparar qdo colocava calças compridas e apertadas aos 17 anos , mas estou muito bem pra 47 anos ok ´´
´´O Cult vem trabalhando como uma unidade de guerrilha, e deve vir uma surpresa boa por ai ´´
´´No novo disco nós escolhemos o que estamos fazendo , da nossa maneira , sem interferências externas ´´
´´Ainda não concluímos completamente o disco novo , temos um corpo de trabalho ,que soa muito bem aos meus ouvidos ,o Cult é uma banda de palco e isso é o que somos definitivamente´´

IAN ASTBURY em entrevista pouco antes do show do dia 4 de julho no Texas .

O Cult é banda principal em um show no Texas no El paso downtown street fest em 4 de julho de 2009 ,Com ingressos a 15 doláres antecipados ou 25 na porta , com as bandas Lacuna oil , Drive A , e Over the Rainbow com integrantes do Rainbow e o filho de Richie blackmore na guitarra ,

OWL banda do baixista Chris wyse , se apresenta dia 22 de julho de 89 no Amityville gig tonight em ny city , cidade natal do baixista atual do The Cult .

BILLY DUFFY faz guitarra solo em duas faixas do album da banda JINRAIL , Billy toca nas faixas [La la la la e Beautiful things do album NEW ANGELS-2009 , A banda fará alguns shows de abertura da tour LOVE LIVE 2009 ]

Dia 19 de agosto de 2009 em SAN DIEGO CALIFORNIA no HOUSE OF BLUES local o The cult faz a sua estreia da nova excursão LOVE LIVE TOUR 2009, com a execução na integra de seu album mais querido pelos fãs e critica LOVE de 85 o set list do primero show é :

Nirvana
Big Neon Glitter
Love
Brother Wolf, Sister Moon
Rain
Phoenix
Hollow Man
Revolution
Sanctuary
Black Angel

5 mins break

Electric Ocean
Wild Flower
Illuminated
Rise
Dirty Little Rockstar
Fire Woman
Love Removal Machine

Após alguns shows pelos eua , lotados e com um publico exaltado e feliz pela execução completa do album love o cult , fez um show com a inclusão de uma mudança a musica SUN KING , tocada de forma magistral e poderosissima.
Durante um show no Massey Hall em toronto , Ian astbury buscou da plateia um garoto de menos de 10 anos da platéia , colocou o loirinho agitado em seu ombro e cantou SUN KING com o refrão reforçado pelos vocais do menino que balançava os braços insistentemente no mais estilo HEAVY BANGER METAL , não da pra escutar bem , mas qdo Ian pergunta o nome dele antes de devolve-lo a plateia ele diz algo como Ethan...os fãs da banda mais cult do rock n roll vão ao completo delirio.

Nesse mesmo show Ian astbury recita trechos da belissima musica de NEIL YOUNG que ele mesmo fez cover no fim de 92 -CORTEZ THE KILLER , camuflada no finalzinho de Brother wolf and sister moon.

Ian cita o nome completo do pai e que ele descanse em paz , ao som de uma musica oriental bem bonita após black angel.

No dia 11 de setembro de 2009 , em Plena Nova york homenageada de forma ´´caótica´´ por Iggy pop & The cult na faixa homonomina do SONIC TEMPLE , o cult faz um show para poucas pessoas em uma casa underground de nome TERMINAL 5 , onde ele obviamente comenta algo sobre o 11 de setembro de 2001 , e cita uma frases provocativas, em alguns shows da LOVE LIVE TOUR 2009 :

´´disseram que somos fakes ? , mas não, temos as cicatrizes para mostrar".

O fã Сталкер Graach Ahim , que faz parte da nossa comunidade do Cult , fez uma bela resenha sobre o show do Terminal 5 em ny city.


´´Isto aqui é uma sauna´´

Ian astbury no show em Portugal [pais frio e chuvoso a maior parte do ano] durante um belissimo show da LOVE LIVE TOUR EUROPE 2009


No show do Cult na Alemanha o fã Michael levou o filho de 10 anos de idade que acabou recebendo o pandeiro de Ian astbury de lembrança durante o show...
Toronto Massey hall provavelmente sairá em DVD

No show do dia 10 de outubro no lendário ROYAL ALBERT HALL LONDON UK o cult fez um show especial , memorável , e no final da apresentação ele coloca no palco nada mais nada menos que os musicos originais do album LOVE :

MARK BREZIZCK [ ex-procol harum , big country etc na bateria ]
JAMIE STEWART [ ex-adrian smith untochables e cult , e atual executivo de telefonia canadense ] pra tocar ao vivo com eles uma versão de she sells sanctuary acompanhados do indefectivel Michael john dimkich na guitarra base .



´´Deixem de levar COCAINA e ALCOOL , e tragam LSD e Cogumelos no lugar ok ´´

Ian robert astbury durante o show da
LOVE LIVE EUROPE TOUR 2009
Em Edingurg-Scotland 2009

O cult excursiona durante todo o ano de 2010, com inicio em fevereiro de 2010 em Orange county na california ,e depois em show pela australia ,Nova zelandia , japão , europa etc
Executando o album Love na integra ou as vezes com repertorio normal
Em um show na Australia , Astbury com visual a la Jim morrison , recita trechos de La woman e the end durante as musicas do cult .
A banda BLACK RYDER faz a abertura da maioria dos shows do cult de 2010.
Em agosto de 2010 no famoso SONISPHERE em KNEBWORTH PARK na Inglaterra o cult executa a nova musica do seu disco novo EVERYMAN AND WOMAN IS A STAR , pela primeira vez , já com um set list enxuto e sem as musicas do love na integra.

Na holanda , Ian astbury como de costume , tira um sarro com alguma banda famosa como Bon jovi , Guns and roses e dessa vez ele zuou o U2 dizendo que o Cult faz um rock n roll muito mais legitimo que o POPDANCE ELTRONICO que os irlandeses vem fazendo nos seus ultimos discos [ que diga se de passagem o cult imitou tbm...]
No festival Sonisphere na Finlandia em 7 de agosto de 2010, o cult ´´rasga seda´´ para o Alice in chains se seu novo vocalista que substitue o finado Layne stayley,e o Alice devolve os elogios no show seguinte dizendo que o Cult é uma das melhores bandas de rock da história...
Um mês depois já nos estados unidos o cult inclue ny city no set list , uma versão ainda melhor de white com mais guitarras do que em 2006 e outra canção do novo disco do cult que faz parte do projeto CAPSULE [ lançamento de poucas musicas , algum video curto e uma musica ao vivo , lançado em etapas ] e nao em um disco inteiro completo, o Cult surprende a todos os fãs com uma canção belissima chamada EMBERS , cheia de feeling e originalidade com Billy duffy fazendo um trabalho maravilhoso e tocando pela primeira vez ao vivo , ao menos que se tem conhecimento , uma guitarra FENDER TELECASTER
Ian astbury abre o album de musicas ineditas do guitarrista Britanico SLASH , lançado em 2010 o disco SLASH conta com a participação de varios cantores famosos , e Ian faz bonito na musica GHOSTS que ainda tem a participação de IZZY STRADLIN guitarrista original do GUNS AND ROSES banda que excursionou como abertura para o THE CULT em 87.
Ian astbury tbm lança um projeto com a banda japonesa BORIS , com alguns shows ao vivo , entrevistas em radio e tv e um EP de nome BXI 2010 o disco tem 3 musicas ineditas compostas por Ian astbury , uma cover de RAIN do cult e nos shows ao vivo , Ian ainda canta The end dos THE DOORS ,E participa de jam session com o projeto japones SUNN O.
Ian participa de um projeto musical com o rapper de chicago LUPE FIASCO de nome JAPANESE CARTOON de sonoridade muito interessante e ao que consta Ian toca bateria no tal projeto.
The Cult frontman Ian Astbury on drums and backing vocals, Japanese Cartoon band members Graham Burris (Bass), Chris Gelbuda (guitar) & Matt Nelson (Keyboards) are also notable band members of The Matthew Santos Band.
Astbury fazendo misterio de como será sua participação diz:

"É um trabalho em andamento com base em uma afeição mútua da cultura de rua japonesa."


O Cult lança em 2010 duas CAPSULAS One e two , com 4 musicas ineditas que foram gravadas em 2009 e 2010 [ Everyman and woman is a star , siberia , embers e Until the light take us]

.Everyman and woman is a star
[um hit com uma guitarra suja e baixo cheio de efeito que lembra em muito a batida e já massiva The witch , e tbm lembra do som do disco The cult de 94 , uma musica feita pra tocar no radio , na minha opinião Billy duffy deixa a desejar por não fazer um solo de guitarra de maior grandeza na musica.]
.Siberia
[Um baixo impecável de Chris wyse , deixando claro que ele é um baixista que sem duvida merece o lugar de Jamie stewart e de todos os excelentes baixistas que passaram pela banda , Siberia tem uma batida tribal que remete aos primordios do cult, a musica é climatica e densa , muito boa , pode ser implicancia minha , mas ainda acho que Billy duffy precisva carregar mais nos seus solos , simples como ele fez no album do Circus diablo sua banda paralela]
.Embers
[O cult demonstra claramente que ainda pode ser considerado uma das melhores bandas de rock classico na ativa do mundo , Embers é maravilhosa com uma coesão musical perfeita , Wyse alem de um baixo marcante faz os vocais de apoio bem legais , Tempesta mesmo em uma canção balada mostra que está perfeito no seu segundo album com o cult e Billy duffy faz um solo maravilhoso e pela primeira vez com uma Fender telecaster...]
.Until the like take us
[ Com um inicio bem parecido com os tempos do DREAMTIME e a sujeira e o clima DARK denso de SIBERIA , essa canção é bem ao estilo The cult e a bateria de Tempesta é marcante e no final o refrão titulo é grudento e termina com uma ´´save us´´ apoteótico.]

Um comentário:

  1. Amigo, grande trabalho. Rico em detalhes, citações e curiosidades. Adorei tudo que eu li. Parabéns!

    Monalyza

    ResponderExcluir